Categorias
Resenha dos Jogos

Análise da R03 do Paulista

Por Danilo Cersosino

A 3ª
rodada do campeonato Paulista terminou nesta quinta-feira sem grandes
erros da arbitragem que afetassem o resultado final das partidas. Nem
mesmo a choradeira do time do Jardim Leonor tem sentido, posto que o
gol anulado estava realmente impedido e o gol de empate do Ituano foi
perfeitamente legal – em especial a falha do Rogério Ceni.

De
todo modo, é impossível não abordar de novo o assunto do momento: A
temporada de caça ao Valdívia. A pancadaria em cima do nosso 10 ontem
em Marília foi tão grande que até a imprensa concordou que o chileno
apanhou muito! Foi preciso que lhe sangrassem a cara para que grande
parte da mídia olhasse com mais critério para a “marcação” feita pelos
adversários em cima do Mago.

Além das pancadas e o do excesso de
faltas contra o chileno, chama a atenção o número de atos hostis dentro
de campo, como boladas covardes com o jogador caído quando o jogo
estava parado, cotoveladas, pé alto, etc… na minha opinião esse tipo
de atitude contra Valdívia é fruto da má vontade da arbitragem, que
caiu na conversa da imprensa de que o chileno é violento(!!), cai-cai,
etc, quando na verdade o jogador é uma vítima da violência em campo.

A ressaltar também o cartão amarelo ridículo dado ao jogador no final do jogo.

A
diferença agora é que o experiente Luxemburgo adotou um discurso
corretíssimo ao final da partida, cobrando o comando da arbitragem.

E
você leitor? O que achou da arbitragem do último jogo? E a postura
adotada pelo Vanderlei Luxemburgo, você concorda com ela? Deixe seu
comentário sobre o tema.