Categorias
Resenha dos Jogos

Análise da R10

Por Danilo Cersosimo

Ao contrário dos jogos do final de
semana, quando vimos alguns lances violentos não serem punidos e muitas
reclamações contra a arbitragem – especialmente a do Muricy Ramalho com
dedo em riste na cara do árbitro após o jogo, os jogos desta
quarta-feira tiveram poucos lances polêmicos e nenhuma reclamação mais
aguda contra a arbitragem.

No jogo que nos interessa ficou um
debate sobre uma possível irregularidade do goleiro do Rio Claro na
defesa do pênalti – este teria se postado atrás da linha do gol ao
invés de postar-se sobre a linha do gol. Lance similar ocorreu no jogo
Santos vs Barueri algumas rodadas atrás. Naquela ocasião o árbitro
detectou o posicionamento irregular do goleiro do Barueri e apitou
antes que Tabata fizesse o gol. Deu o que falar.

Minha opinião?
Acho tudo isso uma grande besteira! É impressionante como o futebol e
seus dirigentes têm a capacidade de criar polêmicas nas coisas mais
simples. A regra DEVERIA SER CLARA: se o goleiro
adiantar e pegar, manda voltar e pronto! Esse negócio de se ficou
atrás, do lado, na ponta do pé, etc é muito chato!

Gostaria de
ver tamanha ênfase no cumprimento da regra que impede o goleiro de se
adiantar! Se assim fosse o Rogério Ceni teria que abandonar a carreira,
já que quando defende um pênalti sempre se adianta!

Voltando ao
pênalti do jogo de ontem: está certo que o Valdivia foi mergulhando…
Mas foi pênalti. De qualquer modo, na minha visão não seria uma
aberração se o árbitro não marcasse. Você concorda caro leitor?

Gostei
da atuação do jovem árbitro Milton Etsuo Ballerini. De um modo geral
deixou o jogo correr, não ficou marcando faltinhas, encontrôes, etc,
tendo aplicado 5 cartões amarelos aos jogadores do Rio Claro e 2
amarelos aos jogadores do Palmeiras, para Léo Lima e Valdívia, ambos
por faltas que pararam ataques do adversário. O cartão amarelo do
chileno foi fruto da alta combatividade do jogador na marcação e nos
desarmes, como os dados da Footstats mostram no post do pós-jogo de
quarta-feira à noite.