Categorias
Notícias

Encontro com Traffic e Luxemburgo

Nesta 3a feira reuniram-se num elegante prédio residencial na região do Morumbi alguns sócios do Eternos Palestrinos com representantes da Traffic e nada mais nada menos que o técnico Vanderlei Luxemburgo.

Eu estive lá e tive o prazer de ouvir a ambos. Algumas informações e/ou constatações:

Julio Maris, Presidente da Traffic falou:


  • A Traffic trabalha com mais de 200 jogadores. Tem participação do Hernanes (Sã0 Paulo) ao Elias (ex-Ponte). Mas o único que tem contrato “guarda-chuva” (ou seja, com regras de investimento e participação) é o Palmeiras;

  • Nenhum outro clube da cidade de São Paulo terá o mesmo modelo. Outros clubes, em outras capitais podem ter algo replicado, mas depende do modelo de gestão;

  • O interesse do Palmeiras não é só porque J. Hawilla é Palmeirense. A primeira reunião entre Cipullo e Belluzzo foram fundamentais para eles (Traffic) verem que a gestão era séria e competente;

  • O modelo de parceria Traffic-Palmeiras envolve trazer o jogador e depois comercializá-lo com lucro. Isso todos sabem. Parte desse resultado é do Palmeiras (20%). Parte da Traffic (também 20%) que ainda ganha um % na administração do fundo (padrão de mercado). E o resto do lucro é distribuído como dividendos do Fundo aos seus cotistas;

  • E mandou o seguinte recado ao Palmeirense: “calma, estamos trabalhando para deixar o Palmeiras muito forte. Nesse exato momento temos 3 jovens ‘camisa 10’ guardados para o Palmeiras“.
Aí foi a vez do Luxemburgo falar. Algumas constatações:


  • No Santos Luxemburgo reduziu em dois anos a Folha de Pagamento pela metade. No final de 2007 pediu investimentos na ordem de R$ 6 milhões para trazer jogadores que tornassem o Santos forte. Não foi atendido;

  • Quando soube do interesse do Palmeiras, quis voltar pela relação desenvolvida com Gilberto Cipullo no passado e pela identificação que tem com o Palmeiras (palavras dele, sem negar que no Rio de Janeiro torce pro Flamego);

  • Luxemburgo elogiou a Gilberto Cipullo. E não só está muito feliz no Palmeiras mas disse claramente: veio porque viu um projeto vitorioso e de longo prazo; e um técnico como ele tem que ser campeão da Libertadores. E quer ser campeão no Palmeiras;

  • O projeto é de longo prazo. O Paulista é apenas parte do processo; Luxemburgo vê dois projetos críticos para 2010: a reformulação do CT para as categorias de base e a Arena. E disse que tecnicamente o time vai acompanhar esse desenvolvimento;

  • E para finalizar em grande estilo, palavras dele: “com essas pessoas [ leiam Cipullo, Belluzzo e equipe ] em 3 a 5 anos o Palmeiras será o maior clube da América do Sul!“.

Quando os discursos acabaram – Cyrillo falou da Arena, Cipullo do futuro – todos estavam saindo. Aí Julio Maris, Presidente da Traffic mas sem crachá é torcedor do Fluminense, retornou e pediu a todos:


“Amanhã [ quarta-feira ] peço a todos aqui que canalizem sua energia para a vitória do Fluminense.”


Um pedido assim de um parceiro tão importante do Palmeiras, quem é que vai negar? Toda a energia ao Fluminense!


Saudações!