Categorias
Notícias

Palestra sai em busca de craques

Sob o título acima o jornalista Daniel Akstein Batista escreve uma matéria de página inteira no Jornal O Estado de São Paulo desse domingo, 25 de maio.

A matéria fala sobre o projeto Green Talent, concebido pelo Gerente de Futebol Toninho Cecílio, que visa turbinar as categorias de base do Palmeiras.

De maneira geral o projeto envolve:

– Busca de jovens promessas pelo interior do Brasil e da América do Sul;
– Padronização e formalização de procedimentos internos às categorias de base;
– Contratação de profissionais especializados para tratar dos jovens (assistente social, acompanhamento odontológico, curso de inglês);
– Investimento na infra-estrutura.

A matéria trata de forma mais profunda sobre a busca de jovens pelo interior do Brasil. É idéia do Toninho contratar ex-jogadores do Palmeiras como olheiros – goleiro João Marcos, zagueiro Daniel, o ponta Jorginho Putinatti – para buscar atletas.

TEMA COMPLEXO

O tema “categorias de base” deve ser tratado num clube de futebol – guardadas as devidas proporções – como a área de Pequisa & Desenvolvimento nas grandes corporações industriais. Nessas áreas estão os “produtos” inovadores que manterão ou levarão as empresas à liderança de seus mercados.

Da mesma forma no futebol. Digamos que o presente esteja nas mãos de Luxemburgo, Valdívia e outros. O futuro está lá, nas categorias de base. Escondidos no nosso CT de Guarulhos. E é aí que o Palmeiras deve trabalhar para depender menos de parcerias e ser mais auto-suficiente na geração de craques.

Toninho Cecílio está trabalhando no “soft” das categorias de base. Nos processos, procedimentos, na sistematização das categorias de base. E isso é um trabalho descomunal. Tive o privilégio de ver o projeto no detalhe. Lembram-se do caso Ilsinho? Não acontecerá mais!

Parece pouco para quem está de fora. Para quem olha com a perspectiva interna, é bastante.

Além disso Cecílio está trabalhando na integração dos processos e implantação de tecnologia.

Falta se trabalhar no “hard”, ou seja, o cimento e tijolo. Leia, incrementar a infra-estrutura disponível no CT de Guarulhos. Atualmente está em discussão um projeto baseado na lei de incentivo ao esporte para se revitalizar o espaço para as catetorias de base.

Mas como eu disse o tema é complexo. Vamos tentar tratar esse tema com mais profundidade nos próximos posts. Mas o que estamos vendo já é um avanço… vamos acompanhar.

E como aqui criticamos a mídia, dessa vez vamos elogiar. O jornalista Daniel Akstein Batista levou três dias fazendo a matéria e acompanhando os departamentos junto com Toninho. Foi exaustivo, como um jornalista deve ser. E esse feed back é do próprio pessoal do Palmeiras. Parabéns ao jornalista pela matéria que pode ser lida na íntegra no jornal O Estado de São Paulo desse domingo, 25 de maio, caderno de Esportes, página E5.

Sudações Alviverdes!