Categorias
Notícias

Palmeiras 2×1 Inter: primeira vitória

É aquela velha história, valeram os três pontos!



Poderíamos ter ganho por mais gols de diferença, mas ganhamos em casa e de um adversário direto ao título! Isso é que importa!



Até o Denílson fez gol! Justo ele que tem um problema “estrutural” com o gol!



Números do jogo:




Posse de bola: 65,88%

Passes: 420 (94% certos)

Finalizações: 18 (6 certas)

Desarmes: 33 (31 certos)

Cruzamentos: 30 (6 certos)


Destaques do jogo:


Realmente, já faz tempo que o Inter é um time que bate muito! No Brasileirão do ano passado fez muito mais faltas do que o Grêmio e teve um número maior de cartões que o Grêmio… isso por si só já diz tudo!


Uma das coisas que me irrita na arbritragem brasileira é que além de marcar um número excessivo de faltas, ela tende a ser condescendente com faltas violentas! Aquele Edinho pegou o Valdívia, por trás, sem ao menos tentar acertar a bola! Isso deveria ser SEMPRE motivo de expulsão, o que nem sempre acontece. No jogo de hoje o juiz agiu corretamente e deu vermelho direto! E ainda tem jornalista que publica que o jogador do Inter “levou o segundo amarelo”. Por sinal o Guiñazu, ou clone do Gengis Kan, merecia ter sido expulso ainda no primeiro tempo, mas o juiz ainda deixou ele cometer SETE faltas!


Bom, voltando ao futebol, o que valeu foi que tivemos as melhores jogadas, mesmo nos expondo aos contra-ataques. E devemos adimitir que um time que conta com Alex, Fernandão e Nilmar (que pela primeira vez não se machuca jogando contra o Palmeiras) tem um ataque de respeito! Dominamos o jogo e o adversário partiu para a violência…


Conseguimos armar boas jogadas, com o Mago voltando a sua melhor forma e Alex Mineiro chamando o jogo. Talvez ele já esteja pensando na artilharia do Brasileirão. O Élder Granja deu excelentes arrancadas.


A zaga conseguiu levar um gol daquele cabeça-de-bagre chamado Índio. Um feito, sem dúvida! Por sinal o Inter levou muito perigo nas bolas paradas, o que indica que o nosso técnico deve trabalhar para melhorar esse quesito. Parece que esquecemos o que aprendemos no campeonato Paulistas. Foi preciso o Pierre mais uma vez nos salvar!


A verdade é que poderíamos ter goleado, mas deixamos a oportunidades nos escapar!


Mas, o que importa são os três pontos! Estamos re-encontrando o futebol de alto nível que praticamos no começo do ano!


E que venham os próximos jogos!


Saudações AlviVerdes