Categorias
Notícias

Delegados de Policia no TJD de São Paulo

Por Emerson Prebianchi

Alguns
podem não saber mas a grande maioria dos Auditores e Procuradores do
TJD/SP é composta por Delegados da Polícia Civil do Estado de São
Paulo, e a reformulação prevista no estatuto ocorrida neste mês de julho manteve a escrita com a nomeação de novos delegados para cargos no tribunal.

Primeiro devemos esclarecer que por impedimento legal, juízes de direito não podem fazer parte dos tribunais desportivos.
Por mais que pareça ser mais correto termos juízes aplicando a
legislação desportiva no futebol, a atual legislação civil do país não
permite que esses profissionais ocupem esses cargos.

Nada contra a presença dos delegados no TJD, até porque tenho bons amigos delegados de polícia, mas o fato é que a função social de um delegado exige muito desses profissionais
– que ainda sofrem por não receberem remuneração adequada à relevância
de sua atividade; mas isso é outro assunto – de modo que nos dias de
hoje não vejo como eles possam ter condições para dedicarem-se à função
paralela de auditor ou juiz do TJD/SP.

O crescente interesse por
profissionais do meio jurídico pela área do Direito Desportivo com a
criação de Cursos de Especialização na área e muitos outros cursos
pontuais ministrados por membros do STJD, permitem hoje que os
cargos dos Tribunais Desportivos possam ser preenchidos na sua
totalidade por profissionais dedicados exclusivamente à área desportiva, qualificando assim a composição dos TJDs com pessoas muito mais preparadas para os temas e dilemas enfrentados.

Uma opção para a ocupação dessas vagas nos TJDs, seria a aplicação de concursos com provas específicas para o ingresso, deixando de ser feita a nomeação por meio de indicação, e passando a se exigir real conhecimento técnico do assunto.

Para
isso seria necessário que os interesses particulares de muitos fossem
postos de lado em favor da tão sonhada profissionalização do esporte no
país.

E você leitor o que acha disso?

***

Em tempo: por falar em auditor e TJD, o
atacante Dagoberto do SPFC foi flagrado ontem pelas câmeras de TV
chutando e pisando no jogador da Portuguesa quando esst já estava caído. Típico caso de agressão pura e simples. E tudo isto na cara do bandeirinha.

Quem vai denunciar o jogador?

Saudações Alviverdes!