Categorias
Notícias

Pré Jogo Palmeiras x GOIÁS: 3 pontos mais que importantes

Crédito para a foto: Fabio Menotti

Em
campeonatos de pontos corridos os três pontos da primeira rodada valem
os mesmos da última. Mas alguns 3 pontos são mais importantes do que
outros.

Eu poderia dissertar minha tese aqui sobre isso umas 100
linhas, mas em poucas palavras: se não ganhar os 3 pontos nesse fim de
semana o Palmeiras continuará na briga pelo título.

Mas ganhar 3
pontos darão uma moral numa rodada em que os líderes irão perder
pontos. A isso eu chamo de senso de oportunidade. É disso que estou
falando!!

E tenho certeza que Vanderlei Luxemburgo sabe disso.

Então vamos pro jogo.

O ADVERSÁRIO

Como
foi dito no DROPS de ontem, nas 12 partidas do Goiás neste campeonato,
o verde goiano perdeu 5 (uma no Serra Dourada, pro Grêmio, 0x3),
empatou 5 (três no Serra Dourada) e venceu 2: contra o Fluminense (no
Serra Dourada, 1×0, com o Flu poupando os titulares) e contra o Santos
(4×0, na Vila Belmiro). Portanto no Serra Dourada foram 3 empates, 1
vitória e 1 derrota.

Sem dúvida que os 4 últimos jogos foram de
ligeira recuperação: venceu o Fluminense em casa, em seguida perdeu do
Internacional no Beira-Rio por 1×0 (resultado normal), depois empatou
em casa contra o Coritiba (escorregão) e empatou com o Vasco em São
Januário quando ganhava até os 46 do segundo tempo.

Ocupa nesse
momento a 17a colocação. Não pode perder, pois ficaria na zona do
rebaixamento e provavelmente seria ultrapassado por Fluminense.

Romerito é seu astro: fez 6 partidas até aqui e é um meia ofensivo que finaliza bastante.

Tem também o veterano Paulo Baier, bem conhecido por nós.

O PALMEIRAS

De
última hora o Palmeiras perdeu Elder Granja. O lateral foi impedido de
jogar por uma liminar colocada pelo Corinthians de AL, onde o jogador
começou sua carreira, que reivindica direitos de transferência
anteriores do jogador.

Provavelmente segunda-feira o Palmeiras tentará cassar a liminar.

Por outro lado volta Alex Mineiro. E Martinez e Pierre continuam de fora. Hora de Sandro Silva (na foto acima) mostrar que o excelente desempenho do jogo contra o Fluminense não foi por acaso.

Se
não tivermos novidades de última hora o Palmeiras vai de São Marcos;
Capixaba, Gladstone, Jéci e Leandro; Sandro Silva, Léo Lima, Diego
Souza e Valdívia; Alex Mineiro e Kléber.

No banco teremos as opções de Maicosuel, Evandro, Denilson, Lenny… acho que tá bom né não?

Vamos torcer, esses 3 pontos são muito importantes.

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Esse
é um time que o Palmeiras geralmente se dá bem, mas quando joga no
Serra Dourada o resultado é de um certo equilíbrio. Veja abaixo:

  • 35 jogos
  • 20 vitórias do Palmeiras (57%)
  • 7 empates (20%)
  • 8 derrotas (23%)
  • 55 gols pró
  • 36 gols contra

No Serra Dourada equilíbrio:

  • 16 jogos
  • 6 vitórias do Palmeiras (38%)
  • 4 empates (25%)
  • 6 derrotas (38%)

O resultado 2×0 pro Palmeiras é o resultado mais comum (14%). Depois vem 1×0, 1×1, 3×1 com 11% cada.

Jogando em Goiânia o Palmeiras tem um retrospecto pouca coisa melhor. Em 18 jogos tem 7 vitórias, 5 empates e 6 derrotas. Os outros dois jogos foram na década de 70, no estádio Pedro Ludovico.

Retrospecto fora de casa apertado, mas positivo.

O ÁRBITRO

Alício Pena Junior (FIFA), de Minas Gerais, é o árbitro.

O árbitro apitou 6 partidas neste campeonato:

Grêmio 2×0 Náutico
Botafogo 2×1 Coritiba
Coritiba 2×1 Fluminense
Grêmio 1×1 Internacional
Ipatinga 2×2 Cruzeiro
Santos 2×2 Botafogo

O
árbitro apitou 258 faltas em todo o campeonato (média de 43 faltas por
jogo). 137 dos mandantes, e Só para comparar, o árbitro Leandro Vuaden,
elogiado pela mídia por ter deixado o jogo correr, apita em média 32,5
faltas por partida.

O Sr. Alicio Pena ainda apitou 4 pênaltis
(não é das maiores médias por jogo) e deu 49 cartões amarelos (24 para
os mandantes e 25 para os visitantes) e 4 vermelhos (2 para mandantes e
2 para visitantes).

Pelos indicadores não parece ser um árbitro caseiro mas olhando seu histórico no Brasileiro, nenhum visitante venceu até aqui.

Que o Palmeiras seja o primeiro com esse árbitro…

NO ANO PASSADO

Ano passado o Palmeiras teve um começo vacilante.

Quando
jogou contra o Goiás em Goiânia, na R6, o técnico Caio Jr. estava em
maus lençóis. Perdeu lá por 1×3 e amargou a quarta partida consecutiva
sem vitória. Começava a balançar, até que duas rodadas depois ganhou do
Corinthians e saiu do inferno direto ao paraíso.

EU ME LEMBRO

Nesses quase 46 anos de palmeirense, eu nunca assisti a um jogo Palmeiras e Goiás no campo. Não tenho recordações…

Você aí tem?

ENTÃO…

Então
nesse domingo já sabe: dois pares de meia nos pés (para ficar quente),
liga a tv de preferência na Globo (porque o Muller não dá prá ouvir e o
Luciano do Valle não consegue acertar narração de jogo de dominó), abre
um vinho, de preferência tinto, pela temperatura, coloca o cachorro do
lado (se tiver) e vamos torcer juntos.

Três pontos, com vitória por 1×0, prá mim é goleada!

Saudações!