Categorias
Notícias

Pré Jogo Palmeiras x Grêmio: cautela

Informações Footstats e Terceira Via Verdão; reprodução somente
autorizada mediante expressa informação do blog e seu link;

Olha aí meu bem, prudência e dinheiro no bolso,
canja de galinha não faz mal a ninguém
(Engenho de Dentro, Jorge Benjor).

O torcedor do América carioca, Jorge Benjor, tem razão: prudência
(cautela) e canja de galinha não fazem mal a ninguém. Dinheiro então…

O ADVERSÁRIO

O
Grêmio é a sensação do momento. Desde a primeira rodada está entre os
cinco primeiros. Esteve em 2o lugar durante 4 rodadas (não
consecutivas). Na R10 terminou em 4o. Na R11 terminou em 3o. Na R13 foi
para 2o. E na R14 chegou à liderança do campeonato.

A última derrota foi na R9, para o Botafogo, no Rio de Janeiro. Depois
fez 5 partidas, onde seguiu a regra de ganhar em casa (2×1 Portuguesa e
1×0 Cruzeiro) e empatar fora (1×1 Santos, 2×2 Sport). Do Figueirense,
na última rodada, aplicou uma goleada de 7×1 em Florianópolis.

Está embalado e com moral. Típico jogo para Celso Roth ser Celso Roth!

O time jogará desfalcado do lateral direito Paulo Sergio, suspenso. Na zaga volta Réver (não jogou contra o Figueirense).

Mas
o destaque é o atacante Perea, que fez 3 gols contra o Figueirense.
Quantos gols tem Perea no campeonato após 14 partidas? Três!

Pois
é… mas será um jogo difícil. O Grêmio joga o velho jogo sulista:
pouca bola trabalhada (tem um dos menores passes por partida do
Brasileiro, apenas 261 com 85% de acerto) e muitas faltas (o time mais
faltoso, com média de 26 faltas por partida). Apresenta o mesmo índice
de acerto na finalização do Palmeiras (41%) e faz uma finalização a
mais que o Verdão por partida (32 x 31, índices abaixo da média do
Brasileiro).

Mas apresenta uma defesa firme. É o time menos
vazado do campeonato (apenas 11 gols; o Palmeiras sofreu 18 até aqui).
E fez 26 a favor (enquanto o Palmeiras fez 25).

Defesa forte + faz muitas faltas + ataque eficiente = jogo difícil.

O PALMEIRAS

Cinco
jogadores estarão à disposição de Luxemburgo: Martinez (recuperado da
lesão na coxa), Elder Granja (situação resolvida com o Corinthians-AL),
Kléber, Denilson e Sandro Silva, que cumpriram suspensão. Léo Lima
estava liberado após suspensão mas sentiu o adutor da coxa e ficou em
São Paulo por precaução.

Valdívia é o desfalque. E semana que vem Pierre e Gustavo voltam a treinar com bola.

Mas
quem está nos holofotes é Diego Souza. Depois da boa partida contra o
Santos, Diego foi entrevistado na coletiva de imprensa na Academia
nesta sexta-feira. Nem tanto pela boa partida mas principalmente por
ter sido um dos principais jogadores do Grêmio na campanha de 2007.

Sobre
a formação do time, podemos esperar novidades. Na defesa, não tenho a
mais vaga idéia se Luxa vai com 2 ou 3 zagueiros. Se for com 3, poderia
jogar com E. Granja, Sandro Silva de volante, Jumar (ou Wendel), Diego
Souza e Leandro; Alex Mineiro e Kléber. Pode também querer vir de
Maicosuel ao lado de Diego Souza. Aliás, gosto mais dessa formação.

Se
optar por dois zagueiros, virá seguramente com dois volantes (as opções
acima). E aí deverá colocar Diego Souza com Maicosuel (Evandro continua
fora) e no ataque Mineiro e Kléber.

Um quebra-cabeças, hein? O que você faria?

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Grande freguês.

  • 69 jogos
  • 30 vitórias do Palmeiras (43%)
  • 25 empates (36%)
  • 14 derrotas (20%)
  • 103 gols pró
  • 74 gols contra

Jogando no Olímpico, em Campeonatos Brasileiros (portanto apenas jogos desde 1971) o empate predomina (50%):

  • 20 jogos
  • 4 vitórias do Palmeiras
  • 10 empates (50%)
  • 6 derrotas

O resultado 1×1 é o mais frequente (16 vezes, 23%); depois 1×0 pro Palmeiras (8 vezes, 12%) e 0x0 (7 vezes, 10%).

O empate não é um resultado ruim: eles ainda virão jogar no Palestra…

O ÁRBITRO

Wagner Tardelli (carioca filiado à federação catarinense) será o árbitro. Pode me chamar de neurótico,
mas não gosto quando o Sr. Tardelli apita jogos do Palmeiras. Parece um
árbitro facilmente influenciável, entende o que quero dizer?

O
árbitro apitou 4 partinas neste campeonato. Deu em média 37 faltas por
partida (um dos juiz que menos falta apitou), deu no total 14 cartões
amarelos (em média 3,5 cartões amarelos por partida), e 2 vermelhos. E
apitou 2 pênaltis nesses 4 jogos.

Dos jogos que o árbitro apitou nesse brasileiro – coincidência ou não – foram 3 vitórias pro time da casa e um empate.

São Paulo 1 x 1 Coritiba
Portuguesa 3 x 1 Inter
Náutico 2 x 1 São Paulo
Vitória 2 x 0 Náutico

Dos 14 amarelos, apenas 3 foram para os times da casa. Dos cartões vermelhos, todos foram para os visitantes.

Caseiro o juiz?

ANO PASSADO

Palmeiras e Grêmio jogaram no ano passado no Olímpico em um sábado de julho. Foi 1×1. Jogo morno, eu diria ferio.

EU ME LEMBRO

Jogar no Olímpico é fogo!

E já assisti a um Palmeiras e Grêmio nesse estádio (2006, 2×1 Grêmio).

E
a pressão do início com a torcida empurrando é muito forte. Temos que
segurar principalmente os primeiros 15, 20 minutos. Aí a torcida se
acalma, o time entra no ritmo e o Palmeiras poderá tomar a rédea do
jogo.

Portanto meus caros jogadores que vestirão a camisa verde e branca nesse domingo: prudência nesse domingo!

ENTÃO TEMOS QUE JOGAR COM CAUTELA

O
time do Grêmio está naquela fase boa. Mas não tem elenco prá chegar…
o Palmeiras tem time até prá sair com vitória do Olímpico, mas a zaga
nos traz insegurança.

Palpite, puro palpite: se segurarmos o primeiro tempo com 0x0, temos chance de sair com um excelente resultado de Porto Alegre.

Agora é torcer prá Luxemburgo, a defesa e principalmente São Marcos estarem naqueles dias.

Cautela, canja de galinha, e voltar com 3 pontos do Olímpico.

Saudações…