Categorias
Resenha dos Jogos

Análise da R22: jogo tranquilo; e todo Palestrino deve dizer SIM e SIM

Por Danilo Cersosimo*

Jogo
tranqüilo contra a Lusa e arbitragem idem pela R22. Cléber Abade, o
árbitro da partida assinalou 42 faltas segundo o FootStats – dentro da
média do campeonato, em que pesem as tentativas e orientações para que
se deixe o jogo correr mais.

Luxa sacou Alex Mineiro e Diego
Souza, pois estes estavam pendurados e o treinador não arriscou
perdê-los para o próximo jogo, PORÉM Leandro tomou um cartão amarelo
infantil e está fora do jogo contra o Atlético PR na Arena da Baixada.
Penso que os treinadores devem cobrar mais de seus jogadores no que
tange a esse tipo de lance, mas o futebol me parece ser muito
paternalista nesse sentido.

No jogo, apenas um lance mais polêmico: a cotovelada do zagueiro Bruno Rodrigo da Portuguesa no nosso atacante Kléber.
Obviamente ninguém da imprensa comentou ou comentará, assim como não
comentou e não comentará a cotovelada que Dagoberto desferiu sobre o
jogador do Grêmio semana passada.

***

Apesar da paixão pelo Palmeiras, procuro ser o mais justo possível nas minhas análises sobre arbitragem
e não posso me furtar de comentar o comportamento de Kléber no jogo
contra o Inter semana passada (Ok, assim como vocês também quero
esquecer esse jogo, mas…).

O “Gladiador” tomou porrada o jogo
inteiro, especialmente de Guiñazu (jogador violento e desleal) e o
árbitro nada fez para coibir. Outros zagueiros também bateram e nada.
Falta no Kléber praticamente não é assinalada. Sem dúvida o jogador
ficou marcado. Porém, apesar de tudo isso, ele não pode trocar
cotoveladas com Guiñazu como fez a certa altura do 1º tempo. É burrice.
Atacante tem que aprender a apanhar, tomar porrada e ver beque burro e
cavalo ser expulso. Simples assim.

Ressalto que no lance o
argentino do Inter também tentou desferir cotovelada em Kléber, mas
nada justifica a reincidência do nosso atacante. Ainda bem que o
adversário não foi atingido.

***

Que penaltizinho
inventado aquele apitado aos 45 do 2º tempo a favor do Fluminense no
Maracanã, hein? Custou a vitória ao Sport e deu 1 ponto ao combalido
Flu.

***

Dia 30/Agosto é dever de todo Palestrino dizer SIM e SIM.

SIM pela mudança estatutária e SIM pelo acordo com a WTorre.

SIM pelo futuro. SIM por um NOVO PALMEIRAS.

SIM para um CLUBE SOCIAL DECENTE, MODERNO, COM INSTALAÇÕES DE PRIMEIRO MUNDO.

Se você não tem direito a voto, convença aquele sócio que você conhece a votar SIM. Mesmo que ele não seja Palmeirense. Os benefícios para os associados são tão vantajosos quanto para o torcedor. Teremos um clube novo sem tirar 1 centavo sequer do bolso do associado.

Estimule os sócios que você conhece a comparecer à votação – não podemos relaxar achando que o jogo está ganho e não ir votar.

Dia 30/Agosto eu estarei lá e votarei SIM.

———————-

*Danilo Cersosimo escreve todas as 4as feiras sobre
a arbitragem do Brasileirão