Categorias
Drops

DROPS 15/08/08: FOI VALDÍVIA


FOI VALDÍVIA: 8 MILHÕES

Noticiou-se 8, 10, 11, e novamente 8. Oito milhões de euros e foi Valdívia.

Como foi dito aqui, o clube precisava do dinheiro e o jogador queria ir.

Toca o barco…

FOI VALDÍVIA: VAI DEMORAR

O valor frustra um pouco alguns palmeirenses. Esperávamos mais.

Quando
isso vai acabar? Falei ontem: quando um time não depender da venda do
jogador para pagar as contas. E quando esse mesmo clube puder bancar
uma proposta atraente a ponto de fazer um profissional do futebol
desistir de R$ 11 milhões por duas temporadas. Lembre-se que Marcos não
é regra, é exceção.

Ou seja, vai demorar.

FOI VALDÍVIA: ÍDOLOS

Somos
carentes de ídolos. Depois de Marcos, nossos ídolos foram voláteis.
Depois da época de ouro, nós tivemos W. Love. Edmundo teve uma
sobrevida. Marcinho não chegou perto de virar realidade.

E só agora, com Alex Mineiro, Kléber, Pierre, e a “celebridade instantânea” Henrique.

Valdívia
foi um craque nesse período. Um verdadeiro ídolo, que fez chororô,
mandou o Ceni calar a boca, chutou o vácuo pro Corinthians.

Então teremos que esperar por um novo ídolo.

Sem ídolos que “grudem” na cabeça do [ jovem ] torcedor, fica mais difícil fazer torcida.

FOI VALDÍVIA: W. LOVE E SÃO MARCOS

Em
tese há pelo menos uma diferença entre as transferências de W. Love e
Valdívia: o primeiro queria ficar e bastava pagar R$ 30 ou R$ 50 mil
por mês para o artilheiro ficar. O segundo sabia que não ia receber R$
11 milhões em dois anos.

E não é prá se condenar o Mago: no lugar dele você não faria o mesmo? Não esqueça que São Marcos é único…

FOI VALDÍVIA: E AGORA?

Vou ser mais uma vez indiscreto: Luxemburgo já disse que o time jogaria melhor sem o Valdívia. Vamos aguardar.

Eu acho que ele vai apostar em Evandro. Tomara que dê certo…

Ah, e continuo acreditando que seremos campeões… mais uma vez!