Categorias
Ser palmeirense é...

Ilustre Palmeirense: Welliton

Você
é do tipo neurótico, que quando chega num restaurante, bar, posto de
gasolina, enfim, em qualquer prestador de serviço, pergunta prá que
time torce o sujeito que está te atendendo?

Pois é, eu também
sou. E já descobri palmeirenses fantásticos perdidos pelas ruas
paulistanas (e até mesmo de outras regiões), excelentes profissionais,
e fanáticos pelo nosso time.

E já fazia tempo que o 3VV queria homenagear esses ilustres palmeirenses. Então vamos começar com esse aqui.

É o Welliton, cearense, há 18 anos em São Paulo, garçom da pizzaria Camelo, de Higienópolis.

O
Welliton é daquele profissional que lembra que o cliente prefere a
pizza Veneza sem o tomate seco. Detalhes desse tipo. E toda vez que eu
vou ao Camelo – ou seja, toda semana – eu procuro um lugarzinho no
setor dele.

Mas a principal virtude desse excelente profissional
é sua preferência clubística. Aliás, preferência o escambau,
palmeirense não tem preferência, palmeirense tem paixão: isso aí, o Welliton é Palmeirense.

E ficou tão feliz de saber que eu ia colocá-lo no blog que chamou outro garçom, o Wilber, também palmeirense, prá avisar: “olha, ele vai dizer que nós somos palmeirenses na internet”.

Esse é Palmeirense com P maiúsculo.

Saudações!

[
nb ] Se você conhece alguém assim como o Welliton, mande um email pro
blog3vv@gmail.com contando a história desse palestrino. Mande também
uma foto. Quem sabe a gente não começa a mostrar uma grande galeria de
ilustres palmeirenses.

[ nb2 ] Quando tiver tempo – ou seja, nunca – tiro o horroroso vermelho dos olhos.