Categorias
Notícias

Quem sabe ocupar melhor seu espaço?

Por Giba Giangiulio

O
Lance desta quarta-feira, 06/08, traz um comparativo entre as maiores
arrecadações do brasileirão e os públicos médios correspondentes. A
matéria foi indicada pelo comentarista do 3VV Leandro Prado, que a
considerou positiva.

Como Palmeirense, gostei muito do que vi,
mas fica evidente a intenção do pasquim em atribuir à Diretoria do
Palmeiras a pecha de elitista e de tratar mal o torcedor cobrando os
preços mais altos do brasileirão.

Nem de longe mencionaram o
conforto do espaço Visa, as boas condições de conservação do estádio e,
diferenças aqui e ali, o belo padrão do time montado. Mas isso são
coisas da imprensinha, não vem ao caso.

Vale é que, do levantamento, fiz um rápido e simples exercício de desempenho e concluí que:

1 – O assento no Palestra Itália, é o mais rentável do Brasil. O Verdão Querido do Coração Ô Ô, Ô Ô fatura, em média, R$ 14,82 para cada lugar do Palestra, considerando a capacidade de 28.000 lugares. Só para constar, na Bambinera a rentabilidade é de R$ 3,64. Simplesmente ridículo.

2 – Com a média de público de 14.572 por jogo, nosso “Palestra Itália Que Eu Vi Acontecer Final Libertadores E O Meu Palmeiras Vencer”, tem uma ocupação, também média de 52,04% muito parecida com a dos Aflitos, porém bem menor que a da Arena da Baixada, a maior taxa de ocupação do campeonato com 70,24%.

Cientificamente
estes valores podem falhar porque a capacidade de cada Estádio varia
conforme a fonte, porém, os números não fogem muito da realidade.

Vale a pena dar uma conferida.

Confira as dez maiores rendas no Brasileirão 2008:


O pior: Figueirense, com média de R$ 75.679 por rodada e total de R$ 0,6 milhões. (L!)

Veja abaixo a renda média e a rentabilidade por assento no Brasileirão 2008:

Confira também os dez maiores públicos no Brasileirão 2008


O pior: neste quesito, é o Ipatinga, com média de 4.379 pagantes por jogo (L!)

Veja abaixo o público médio e a taxa de ocupação por estádio no Brasileirão 2008:


O
Público médio do spfw, por motivos óbvios não foi divulgado pelo
jornal, mas considerando que é inferior a 14.572, a ocupação não deve
chegar a 20% da capacidade do Estádio.

Daí, porque, a insistência e a luta dos Leonores em fazer com que seus principais rivais mandem os clássicos lá.

Sem Palmeiras e sem Corinthians o Penicão é inviável!

————————–

[ nb ] Gilberto Giangiulio, o Giba, é Palmeirense e
colabora vez ou outra aqui no 3VV com comentários
e artigos