Categorias
Pré Jogo

Pré Jogo Palmeiras x Vasco: que venha uma vitória

Análises
3VV; reprodução autorizada somente com expressa informação da fonte e
do link www.terceiraviaverdao.com.br; Imagens: Fabio Menotti

O ADVERSÁRIO

Segunda partida em menos de 4 dias entre Palmeiras e Vasco. Na quarta-feira, vitória de 3×0.

Neste domingo a realidade pode ser diferente. Pode ser mais fácil… pode ser mais difícil.

O
Vasco da Gama trocou de técnico nesse período. Sai Tita, entra Renato
Gaúcho. A troca de um técnico sempre causa algum tipo de motivação a
mais. Tite dizia que o elenco estava rachado. Renato conseguirá colar
as rachaduras com um treino?

Tomara que não!

E o Vasco tem problemas que não teve no jogo da quarta-feira. Está sem os dois goleiros Tiago e Roberto – e
o zagueiro Jorge Luiz, também suspenso. Também não jogam s laterais
Wagner Diniz e Edu, e o meia Leandro Bomfim, todos machucados.

O time não vem bem no Brasileiro, ocupa a 17a posição no Brasileiro, e como visitante tem 5 pontos ganhos, uma vitória (contra a Portuguesa), 2 empates e 9 derrotas.

O PALMEIRAS

… não terá Gustavo e Lenny – suspensos – e continua sem Pierre.

Três
mudanças em relação à partida de quarta-feira: entra o zagueiro
Gladstone, que ocupa a vaga de Gustavo, e retorna a dupla de ataque
formada por Kléber e Alex Mineiro. Deixaram a equipe o atacante Lenny,
expulso na última rodada, e o volante Léo Lima.

Martinez continua como terceiro zagueiro, uma espécie de líbero.

Esse foi o time do último coletivo. Mas Luxa não garante que seja esse o time que entra em campo.

Coloca 11 em campo, e vamos pro jogo!

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

De acordo com a planilha 3VV foram 113 jogos.

52 vitórias do Palmeiras;
33 empates;
28 derrotas;
188 Gols Pró Palmeiras;
151 Gols Contra.

Enorme vantagem!

No Palestra:

18 vitórias do Palmeiras;
8 empates;
3 derroras.

A média é de 3 gols por partida. Então é fácil: Palmeiras 3×0 de novo!

ANO PASSADO

Foi um sufoco.

O Palmeiras perdia por 0x2. Virou 3×2.

Esperamos que hoje não haja sufoco.

SÃO MARCOS

Esse
jogo será o de número 400 de Marcos com a camisa do Palmeiras. Na
sexta-feira ele fez uma entrevista coletiva e falou um pouco dessa
relação. Duas frases:

“Esse
clube me deu tudo e mais um pouco. Estou há 16 anos aqui e sempre fui
muito bem tratado. Só tenho que agradecer e, se tem alguém que me deve
alguma coisa, sou eu ao Palmeiras. Tentei e continuo tentando
retribuindo com minhas atuações dentro de campo. É emocionante passar
tudo o que eu já passei aqui.”

Outra: [o goleiro ganhou do lateral-esquerdo Leandro um bolo com três velas formando o número 400]

“Todo
dia tem alguma homenagem para mim. Todo mundo quer me pegar com isso,
estão arrumando algum jeito de eu parar de qualquer maneira, mas não
vão conseguir. Não paro de jeito nenhum (risos).”

Nós
conhecemos as pessoas olhando nos olhos. Tive o privilégio de estar com
Marcos algumas vezes. A primeira delas quando o 3VV tinha 3 meses de
vida e eu pretensiosamente pedi uma entrevista a ele através de um
amigo, Wilson Gonçalves. Marcão recebeu-nos (eu, Jota e Wilson) e
ficamos mais de duas horas com ele. Entrevista realizada em 25 de abril de 2007.
Naquela época onde nós engatinhávamos, o 3VV tinha média de 40 visitas
diárias. O Marcão gerou 10x mais visitas. E conseguiu 14 comentários
(4% das visitas).

Hoje seria o equivalente a ter mais de 200 comentários em uma entrevista.

Depois
de algum tempo cruzei com ele na Academia. Não só lembrava de mim como
lembrava do 3VV. E dizia: “estou fazendo uma moral com o Edmundo para
ele falar no blog. Fala com ele…”.

Mais uma: recentemente
conversando com pessoas da comissão técnica e da Diretoria de futebol,
Marcos fez cara de pedinte e falou: “pô, será que quando vencer meu
contrato dá prá continuar por aqui?”.

Uma das pessoas na
conversa falou: “Marcão, aqui você vai fazer o que quiser: quer treinar
goleiros, participar da comissão técnica, o que quiser!”.


Marcos virou o jogo: “pô, vocês tão loucos? É prá dizer que eu não
posso parar de jogar. Quero jogar por muito tempo aqui… Vocês querem
que eu me aposente é?”.

É isso aí. Você nunca sabe se ele está
falando sério ou se está tirando onda. Mas para o sossego do Marcão:
nem eles, nem nós queremos que você se aposente.

Marcos eterno!
Parabéns pelos 400 jogos!! Que venha com uma vitória e com uma atuação
que pode ser brilhante ou não, mas é sempre uma atuação de palmeirense.

Saudações Alviverdes!