Categorias
Arenas

Arenas – Recomendações e Exigências Técnicas FIFA viii: Entrada e saída e estacionamento

Por Claudio Baptista Jr.

Amigos,

Segue abaixo o conteúdo da parte que fala sobre orientação e estacionamento e em negrito o posicionamento dos temas da publicação de hoje perante o conteúdo total:

1- Decisões preliminares.
2 – Segurança.
3 – Orientação e estacionamentos.
3.1 – Sinalização e indicação de bilhetes.
3.2 – Entrada e saída do público.
3.3 – Estacionamento dos espectadores.
3.4 – Estacionamento VIP.
3.5 – Estacionamento das equipes, oficiais da partida e pessoal / funcionários do estádio.
3.6 – Acesso e estacionamento da mídia.
3.7 – Serviços de urgência e espectadores com mobilidade reduzida.
3.8 – Heliporto.

4 – Áreas de jogo.
5 – Autoridades e jogadores.
6 – Espectadores.
7 – Hospitalidade.
8 – Mídias.
9 – Iluminação e alimentação elétrica.
10 – Telecomunicações e espaços complementares.

3.2 – Entrada e saída do público.

Nesta
parte a FIFA faz referência de que um estádio moderno deve ser rodeado
por cordão de isolamento a uma certa distância. A este nível se dará o
primeiro controle de segurança e se for o caso, a primeira revista
corporal. O segundo controle se dará no nível dos acessos ao estádio.
Um espaço suficiente para permitir a livre circulação dos espectadores
deve ser previsto entre o cordão de isolamento exterior e os acessos ao
estádio. A dimensão deste espaço é determinada pelas autoridades locais.

Quanto
ao movimento de chegada e saída dos espectadores, deve-se atentar ao
fato que se na chegada o ritmo pode ser mais lento e durar até mais de
uma hora, na saída as tribunas se esvaziam de maneira muito rápida.
Assim um espaço suficiente deve ser previsto logo após as portas de
saída a fim de garantir que os espectadores não se submetam a riscos de
esmagamento ou pisoteamento em caso de pânico e que possam deixar o
estádio em boas condições.

Em cada evento, o estádio deve ter
condições de ser esvaziado completamente dentro de um prazo máximo de
tempo estabelecido junto às autoridades de segurança local. Devem ser
tomadas medidas preventivas como sistemas de barreiras / alinhamento de
modo a fazer os espectadores entrarem individualmente para evitar
aglomerações nas entradas.

Os equipamentos coletivos como
banheiros e bares no interior e exterior do estádio não devem estar
localizados próximos aos gargalos nem das vias de passagem que levam às
entradas e saídas. Uma sinalização clara e sem ambigüidade deve também
orientar os espectadores em direção a cada setor, fileira e acento.

Durante
a chegada, os principais pontos de acesso devem estar destinados aos
espectadores e apenas um pequeno número deve ser claramente destinado
como saídas. A operação inversa dera adotada no modo de saída e uma
combinação destes dois modos durante a partida.

Em relação aos
movimentos de chegada e saída do estádio e seus modos de vistoria vemos
que atualmente já são acordados e executados procedimentos junto a
polícia militar. Porém devemos ficar atentos que mesmo que a Arena
Palestra Itália contenha os referidos espaços destinados à circulação
do público, poderemos ter um acréscimo de até 15 mil pessoas a mais
para as partidas, o que certamente gerará a necessidade de melhoria e
adaptação ao que é realizado nos dias de hoje.

Como sugestão do
blog, sabemos que existem softwares de simulação de movimento de
multidões que podem muito bem ser utilizados junto com a polícia
militar a fim de executar tais melhorias e também serem utilizados em
simulações de entrada e saída dos espectadores do estádio para permitir
melhorias contínuas nestes procedimentos. Da mesma forma, também
existem softwares de simulação da movimentação de veículos nas ruas a
fim de também se executar um trabalho adequado junto à companhia de
engenharia de tráfego.

3.3 – Estacionamento dos espectadores.


Este
trecho do documento inicia falando que todas as vagas de estacionamento
devem estar situadas no local do estádio de maneira a permitir aos
espectadores entrarem diretamente no estádio. Os estacionamentos de
veículos ao redor do estádio devem ser de fácil localização e
claramente sinalizados através de letras ou valores correspondentes aos
diferentes setores e devem ter controle de acesso para evitar a entrada
de pessoas não autorizadas.

Aqui já vemos que a Arena Palestra
Itália está em acordo com este item visto que será construído um
estacionamento para 2.500 veículos junto a Arena.

O documento
cita um exemplo de um estádio com capacidade de 60 mil espectadores
possuir estacionamento para receber 10 mil veículos. Vagas de
estacionamento separadas devem ser previstas para os veículos maiores
(ônibus, vans) em número por volta de 500.

Uma dúvida. Será que o Morumbi conseguirá atender este requisito sem a ajuda de verbas e terrenos públicos????

Todas
as provisões devem ser tomadas a fim de permitir o fluxo de veículos
entrando e saindo dos estacionamentos de forma rápida e regular, e que
o estádio seja diretamente ligado às vias principais mais próximas.

Quanto
a este fluxo de veículos entrando e saindo dos estacionamentos,
voltamos a propor a utilização dos softwares de simulação para auxílio
à elaboração da melhor disposição e procedimentos operacionais
adequados para o estacionamento.

Continuando no documento, a
configuração dos estacionamentos para carros e veículos maiores deve
permitir a criação de estacionamentos separados aos torcedores das duas
equipes da partida. Caso os estacionamentos localizados no estádio não
oferecerem uma capacidade suficiente para acolher o público, vagas em
estacionamentos suplementares devem ser colocadas a disposição em um
raio que não poderá exceder 1,5 Km.

E não é que região da nossa
Arena Palestra Itália ainda tem esta funcionalidade a disposição.
Voltamos a lembrar das vagas nos 2 shoppings centers próximos ao
Palestra, no vizinho e recém inaugurado shopping Bourbon, 3.000 vagas,
mais outras no shopping West Plaza com mais 2.500 vagas, totalizando
8.000 vagas cobertas de estacionamento em um raio menor do que 1
quilômetro da Arena.

No final deste trecho o documento ainda
fala ser essencial debater a estratégia relativa aos estacionamentos
para o público junto às autoridades locais competentes, tendo em mente
os transportes públicos e a possibilidade de estacionamentos
subterrâneos ou em prédios na proximidade imediata do estádio.

Então, pessoal, Arena Palestra Itália com estacionamento no estádio para 2.500 veículos mais as já existentes 5.500 vagas cobertas a menos de 1 Km do estádio mais o também existente terminal integrado de ônibus, trem metropolitano e metrô a menos de 1 Km do estádio… Definitivamente neste quesito a nossa Arena possuirá uma enorme a vantagem competitiva. Concordam?

Na próxima semana terminaremos esta 3ª parte.

Abraço a todos,
Claudio Baptista Jr.