Categorias
Campeonatos

Contagem regressiva – SEXTA-FEIRA: árbitro é Salvio Spínola

Indicadores Footstats; reprodução autorizada somente com expressa divulgação do blog Terceira Via Verdão e seu link.

O
trio de arbitragem do jogo é SALVIO SPINOLA FAGUNDES FILHO/SP(FIFA),
EDNILSON CORONA/SP (FIFA), e EMERSON AUGUSTO DE CARVALHO/SP (FIFA )

Nesse
Brasileirão Salvio Spínola apitou 13 vezes. Na frente dele estão apenas
Leonardo Gaciba e Heber Roberto Lopes (15 jogos cada) e Evandro Roman
(14 jogos).

Não pode ser considerado um árbitro caseiro. Nos 13
jogos que apitou os mandantes fizeram 56% dos pontos disputados. E
aconteceram 4 empates (31% dos jogos).

Salvio Spínola não apita
muitas faltas. Nesse campeonato a média é de 38,6 faltas por jogo. E o
árbitro apita em média 34. Curiosamente tem uma tendência a apitar mais
faltas dos mandantes (235 x 207) e dar mais cartões para os mandantes
(39 amarelos e 4 vermelhos para mandantes; 34 amarelos e 3 vermelhos
para os visitantes).

Em 13 partidas aplicou 2 pênaltis contra os mandantes e 3 pênaltis contra os visitantes.

Os jogos em que apitou nesse Brasileiro-2008:

Internacional 1 0 Vasco
Portuguesa 1 1 Palmeiras
Internacional 2 1 Botafogo
Sport 1 2 Flamengo
Fluminense 3 0 Atlético-PR
Cruzeiro 2 1 Atlético-MG
Flamengo 0 0 Botafogo
Grêmio 2 0 Vitória
Coritiba 3 0 Figueirense
Cruzeiro 1 1 Coritiba
Vasco 1 3 Náutico
Náutico 0 2 Flamengo
Goiás 1 1 Internacional

Como vemos acima apitou 3 clássicos regionais: Cruzeiro 2×1 Atlético MG, Flamengo 0x0 Botafogo, e Portuguesa 1×1 Palmeiras.

Salvio
Spínola já protagonizou arbitragens desastradas do Palmeiras. Como bem
alertou Danilo Cersosimo em seu POST da última 4a feira, Salvio foi o
juiz das partidas entre Palmeiras e São Paulo da Libertadores de 2005.
Se quiser ver mais a respeito clique aqui e veja o post sobre erros pró São Paulo que compilamos.

O juiz já teve seu nome vetado pela diretoria do São Paulo. O último imbróglio aconteceu esse ano. Veja o vídeo do Band Esportes,
onde o Vice Presidente sãopaulino Leko afirma que gostaria que ele [ o
árbitro ] não apitasse mais jogos do São Paulo, que tem um histórico
que o desabona com o time e não tem isenção.

Os amigos leitores e comentaristas me ajudem a lembrar onde ou em quais partidas o árbitro prejudicou o São Paulo.

Esquenta o motor aí palmeirense porque tá chegando mais uma decisão esse ano. É domingo…

Saudações!