Categorias
Notícias

KLÉBER ABSOLVIDO PELO STJD

Por Emerson Prebianchi

Mais
uma vez os auditores do STJD corrigiram a distorcida visão do seu
Procurador Geral que insiste em desqualificar a arbitragem do
Campeonato Brasileiro e impor sua interpretação obtida pelas imagens da
televisão.

A votação foi tranqüila e a
justiça prevaleceu sendo o atleta Kleber da SE Palmeiras absolvido da
acusação de ter desferido uma cotovelada proposital no atleta do
Figueirense.
Pesou a favor de Kleber a
entrevista dada pelo atleta que supostamente tivera sido atingido pela
inexistente cotovelada, que brilhantemente foi utilizada pela defesa
alviverde assim como a súmula da partida que nada mencionou a respeito
de uma possível agressão ou atitude hostil.
A
defesa enfatizou ainda o fato de o lance ter sido presenciado pela
arbitragem que aplicou o cartão amarelo no lance, e afirmou que a prova
de vídeo deve ser utilizada quando o árbitro não presencia o fato e não
no caso em julgamento.
Abaixo segue a íntegra do julgamento que foi transmitido ao vivo pelo site justiçadesportiva.com.br.

21:23RESULTADO
DO JULGAMENTO: POR MAIORIA DE VOTOS, ABSOLVER O JOGADOR KLEBER, DO
PALMEIRAS, QUANTO A IMPUTAÇÃO AO ARTIGO 254 DO CBJD.
21:22O
PRESIDENTE VOTA NO SENTIDO DE SUSPENDER O JOGADOR KLEBER, DO PALMEIRAS,
POR TRÊS PARTIDAS, POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 254 DO CBJD.

21:20COM A PALAVRA O PRESIDENTE PARA VOTO.

20:19DR. OTACÍLIO ARAÚJO ACOMPANHA O VOTO DO RELATOR.
20:17O
AUDITOR FAZ ALGUMAS CONSIDERAÇÕES ANTES DE PROFERIR O SEU VOTO E
COMENTA SOBRE AS DENÚNCIAS QUE SÃO FORMULADAS ATRAVÉS DE PROVA DE VÍDEO.

21:15COM A PALAVRA O AUDITOR DR. OTACÍLIO PARA VOTO.

21:13DR. DIEGO ACOMPANHA O VOTO DO RELATOR.
20:11COM A PALAVRA O AUDITOR DR. DIEGO PARA VOTO.
21:10DR.
RICARDO GRAICHE DIVERGE DO VOTO DO RELATOR, SUSPENDENDO O JOGADOR
KLEBER, DO PALMEIRAS, POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 254 D CBJD.
21:08COM A PALAVRA O AUDITOR, DR. RICARDO GRAICHE, PARA VOTO.
21:07O RELATOR VOTA NO SENTIDO DE ABSOLVER O JOGADOR KLEBER, DO PALMEIRAS, QUANTO A IMPUTAÇÃO AO ARTIGO 254 DO CBJD.
21:03COM A PALAVRA O RELATOR, DR. WAGNER NASCIMENTO, PARA VOTO.
21:00A DEFESA ENCERRA A SUA FUNDAMENTAÇÃO PEDINDO A ABSLVIÇÃO DO JOGADOR.
20:58O ADVOGADO AINDA AFIRMA QUE O ZAGUEIRO DO FIGUEIRENSE ISENTOU KLÉBER DE CULPA.
20:57O
ADVOGADO DIZ QUE NINGUÉM SOBE PARA CABECEAR COM OS BRAÇOS COLADOS AO
CORPO E AFIRMA QUE FOI APENAS UM “ACIDENTE DE TRABALHO”.
20:56DR. RAFAEL PESTANA DIZ QUE HOUVE CONTATO FÍSICO NO LANCE DE KLÉBER MAS QUE ISSO É NORMAL DO FUTEBOL.
20:55O ADVOGADO REAFIRMA QUE ATOS PRESENCIADOS PELO ÁRBITRO NÃO DEVEM SER DENUNCIADOS.
20:54O
ADVOGADO RELEMBRA OUTROS CASOS QUE CHEGARAM AO TRIBUNAL POR PROVA DE
VÍDEO E CITA A ABSOLVIÇÃO DO DAGOBERTO, JOGADOR DO SÃO PAULO.
20:53O
ADVOGADO RESSALTA QUE O ÁRBITRO VIU O LANCE OCORRIDO NO JOGO CONTRA O
FIGUEIRENSE E AINDA APLICOU UM CARTÃO AMARELO AO JOGADOR DO PALMEIRAS.
20:52A DEFESA AFIRMA QUE A PROVA DE VÍDEO DEVE SER UTILIZADA QUANDO O LANCE ACONTECE DE UM LADO E O ÁRBITRO ESTÁ DE OUTRO.
20:51O ADVOGADO COMEÇA SUA FUNDAMENTAÇÃO COMENTANDO SOBRE A PROVA DE VÍDEO E DIZ QUE O TAPE NÃO PODE SUBSTITUIR A ARBITRAGEM.
20:50COM A PALAVRA DR. RAFAEL PESTANA PARA A DEFESA DO PALMEIRAS.
20:49A PROCURADORIA RELEMBRA A REINCIDÊNCIA E PEDE A CONDENAÇÃO DO ATLETA.
20:48A PROCURADORIA DIZ QUE SEU OBJETIVO É O RESPEITO AO TORCEDOR E A DISCIPLINA NO FUTEBOL.
20:47A PROCURADORIA PEDE A PALAVRA E COMENTA SOBRE A DENÚNCIA POR PROVA DE VÍDEO E DIZ QUE ESSE ATO É TOTALMENTE VÁLIDO.
20:46O PRESIDENTE ENCERRA O DEPOIMENTO DE KLÉBER.
20:45O AUDITOR DR. OTACÍLIO ARAÚJO QUESTIONA QUANTAS FALTAS ELE COMETEU E O ATLETA NÃO SABE DIZER.
20:44KLÉBER PRECISA QUE RECEBEU 109 FALTAS AO LONGO DE TODO O BRASILEIRO.
20:43KLÉBER DIZ QUE TENTA FUGIR DA FAMA DE MAU E AFIRMA QUE É O JOGADOR QUE RECEBE MAIS FALTA NO CAMPEONATO.
20:42KLÉBER
AFIRMA QUE NÃO HOUVE VIOLÊNCIA NO LANCE CONTRA O FIGUEIRENSE E RELEMBRA
QUE HOUVE SIMULAÇÃO DE SEU ADVERSÁRIO QUANDO FOI JULGADO POR PRÁTICA DE
AGRESSÃO, CONTRA O GOIÁS.
20:40O JOGADOR DIZ QUE BUSCA O RESPEITO EM CAMPO E QUE, DE FORMA NENHUMA, QUIS MACHUCAR SEU ADVERSÁRIO.
20:39KLÉBER DIZ QUE SEU BRAÇO PEGOU NO ASPRILLA, MAS QUE FOI UM MOVIMENTO NORMAL PARA SUBIR EM DIREÇÃO À BOLA.
20:36O ATACANTE SE DEFINE COMO UM ATLETA QUE MARCA BASTANTE E QUE MOSTRA RAÇA E DETERMINAÇÃO.
20:35KLÉBER
DIZ QUE CONVERSOU COM ASPRILLA E QUE ELE ENTENDEU QUE FOI APENAS UM
LANCE DE JOGO, RESSALTANDO QUE NÃO TEM NADA CONTRA O JOGADOR DO
FIGUEIRENSE.
20:34O JOGADOR AFIRMA QUE HOUVE APENAS UM CHOQUE E NÃO TEVE A INTENÇÃO DE ATINGIR SEU ADVERSÁRIO.
20:33O PRESIDENTE DA COMISSÃO CHAMA O JOGADOR KLEBER PARA PRESTAR DEPOIMENTO.
20:31NESSE MOMENTO É APRESENTADA A PROVA DE VÍDEO DA DEFESA DO PALMEIRAS.
20:30Entenda o caso:
A
denúncia da Procuradoria se originou após um tape requisitado do duelo
entre Palmeiras e Figueirense, realizado no dia 8 de outubro, no
Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis/SC. Na ocasião, de acordo
com a denúncia, Kléber teria dado uma cotovelada no jogador adversário
Asprilla, durante a disputa de bola. O jogador não foi expulso na
partida.
Pela suposta infração em campo, o atacante palmeirense
acabou denunciado no artigo 254 (Praticar jogada violenta) do Código
Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Kléber Giácome de Souza
Freitas pode pegar de duas a seis partidas de suspensão. Em caso de
pena máxima, o atacante ficará fora das partidas contra Fluminense,
Goiás, Santos, Grêmio, Flamengo e Ipatinga, voltando a campo somente no
dia 30 de novembro, contra o Vitória, pela penúltima rodada do
Brasileirão.
20:29COM A PALAVRA O RELATOR PARA RELATÓRIO.
20:28O
Presidente chama a julgamento o Processo: 138/2008 Jogo: Figueirense
F.C. (SC) x S.E. Palmeiras (SP) – categoria profissional, realizado em
08 de outubro de 2008 – Campeonato Brasileiro – Série A. Denunciado:
Kleber Giacomace de Souza Freitas, atleta da S.E. Palmeiras, incurso no
Art. 254 do CBJD. AUDITOR-RELATOR: DR. WAGNER MADRUGA DO NASCIMENTO.
20:27O PRESIDENTE REABRE A SESSÃO.