Categorias
Notícias

Obelix 2008: planos para sermos campeões

Por Gilberto Giangiulio*


algum tempo, fiz um comentário que, semanas depois você destacou noutro
post. Dizia eu naquela ocasião que o Palmeiras iria voar a partir da 5ª
ou 6ª rodada do segundo turno.

Voando, voando, é bem verdade, não estamos.

Daquele
comentário pra cá perdemos o Mago, o Pierre e, conseqüentemente, toda a
defesa caiu de produção, além de outros percalços próprios de um longo
campeonato.

Por outro lado, se analisarmos os indicadores
footstats, rodada a rodada, verificamos que a trajetória é bem parecida
com o paulista (coincidência ou planejamento?), e o mais alentador: o
Time voltou a tocar a bola, envolver o adversário e ter domínio do
jogo, mesmo que, por vezes, peque por falta de objetividade lá na
frente.

Então, se ainda não estamos sobrando no campeonato, pelo menos livramos meio corpo de vantagem para os demais.

Ao
contrário do Voto do relator e da maioria, nossos jogos não serão tão
complicados como muitos imaginam. É que, conforme avançamos nas
rodadas, algumas situações de alguns times irão se consolidando, seja
pelo desânimo total de quem já estará rebaixado, seja pelo relaxamento
daqueles que, sem risco de queda, nada poderão almejar à frente. Casos
(imagino) de Santos, Goiás, Ipatinga, Vitória e Botafogo.

Vai
daí, que teremos pela frente 5 jogos relativamente tranqüilos, 3 em
casa (Goiás, Ipatinga e Botafogo) e 2 fora (Santos e Vitória). E
teremos 5 jogos de algum risco. Destes, 2 em casa (spfw e Grêmio) e 3
fora (Figueirense, Fluminense e Flamengo).

Atenção: antes de
partir para análises pontuais, deste ou daquele jogo é complicado, não
é complicado, devemos partir do princípio que estamos analisando o
Campeão!

A conta é a mesma:

10 jogos, mínimo de 22 pontos. (73%)

9
jogos, aí já não se sabe. Dependendo do perde/ganha da rodada, o
percentual de pontos a serem ganhos pode aumentar ou diminuir, e do
mesmo modo até as rodadas finais.

Não podemos nos iludir. Vamos
até o fim sem definição, principalmente por conta da tabela do
Flamengo, esta sim, francamente favorável pelo elevado número de
partidas no Rio.

Então temos como jogos chaves: spfw, Grêmio e Flamengo brigando pela ponta e Fluminense no desespero.

O Plano:

Vamos nos manter no pelotão de frente, na liderança ou, no máximo, um ou dois pontos atrás até a rodada 35.
Daí prá frente, até o final, teremos Ipatinga, Vitória e Botafogo. A
tabela nos favorece em relação aos atuais candidatos, 9 pontos na caixa
e Verdão Campeão.

Plano “B” ou plano Obelix**:

Mete os peitos, arrebenta todo mundo, pega a Taça e volta pra casa,
pra encher a cara de vinho e javalis.

Abraço fraterno e vencedor!

Giba*

—–

*Gilberto Giangiulio, o Giba, é palestrino de
Jaguariúna e colaborador do 3VV;
escreve sempre que quer nesse blog.

**Obelix
é um personagem de histórias em quadrinhos criado em 1959 na França por
Albert Uderzo e René Goscinny. É o melhor amigo do personagem principal
(Asterix) e possui uma força sobre-humana. Suas maiores diversões são
atacar as legiões romanas causando enorme terror aos legionários, e
fazer uma boa refeição, de preferência javalis assados. O desenho ao
lado é do excelente episódio Asterix entre os bretões.