Categorias
Pré Jogo

Pré Jogo Palmeiras x Atlético-MG: eu quero correr pro abraço!!!

Análises
3VV; reprodução autorizada somente com expressa informação da fonte e
do link www.terceiraviaverdao.com.br; crédito para a foto: Fabio Menotti

O ADVERSÁRIO

O
Atlético-MG faz campanha mediana (prá não usar medíocre) no Brasileiro.
Está em 12o lugar, com 34 pontos, aproveitamento de 42%, 8 vitórias e
saldo de -9 gols.

Como visitante o Atlético tem apenas uma
vitórias, 4 empates e 8 derrotas. A única vitória obtida como visitante
foi contra o Santos, na R18 (3×2). Os 4 empates foram:

R2 18/05/2008 Goiás 1 1 Atlético-MG
R3 25/05/2008 Atlético-PR 1 1 Atlético-MG
R8 29/06/2008 Figueirense 1 1 Atlético-MG
R23 31/08/2008 Portuguesa 1 1 Atlético-MG

O
Atlético tem um desfalque, o volante Rafael Miranda, suspenso por
cartão amarelo. Lenílson, que era titular no ataque, perdeu posição
para Jael.

Desculpem se pareço presunçoso, mas não dá nem prá pensar em um jogo difícil.

O PALMEIRAS

O Palmeiras não tem desfalques. Roque Jr. sente dores na coxa esquerda. Luxemburgo diz que ele é dúvida.

Ou seja, já deu a dica que o zagueirão pode entrar.

E quem deve sair é Maurício. Luxemburgo falou na coletiva desta sexta-feira:

“Ainda não defini qual dos dois vai jogar. O Roque levou uma pancada e a presença dele vai depender da evolução na dor”.

“Se
eu tivesse a certeza que venceria o jogo, nem entraria em campo
(risos). Não existe essa coisa de fácil ou difícil. A competição está
muito equilibrada e, daqui para frente, todos os jogos serão
complicados. Tem classificação para a Libertadores, Sul-Americana e
para fugir do rebaixamento em jogo. Cada um vai querer sobreviver de
uma maneira e isso faz com que o campeonato ganhe em emoção.”

Luxemburgo também fez um apelo aos torcedores que forem ao Palestra Itália neste sábado:

“A
torcida sempre tem comparecido em massa e isso é legal, mas não adianta
ir ao estádio só para marcar presença. Tem uns 5 ou 6 torcedores que
ficam ali atrás do banco criticando no primeiro passe
errado. Não pode ser assim. Tem que incentivar e jogar junto com o time.”

O time já começa a ficar fácil de dizer. E isso é um bom sinal:

Marcos; Gustavo, Maurício (Roque Jr.) e Martinez; E. Granja, Pierre, S. Silva, Diego Souza e Leandro; Kléber e Alex Mineiro.

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

O Palmeiras tem ampla vantagem contra o Atlético-MG, ainda mais jogando no Palestra. Na história dos dois times foram 56 jogos:

31 vitórias do Palmeiras (55%)
8 empates (15%)
17 derrotas (30%)
82 gols pró
59 gols contra

Jogando no Palestra Itália é uma goleada:

12 vitórias do Palmeiras (75%)
2 empates (13%)
2 derrotas (13%)

O placar mais comum é 1×0 Palmeiras (10 vezes) seguido de 2×1.

Houve uma goleada, em 1996, sob a direção de V. Luxemburgo. Palmeiras 5×0!

O ÁRBITRO

Trio de arbitragem:

ELMO ALVES RESENDE CUNHA/GO(ASP.FIFA)
FLAVIO GILBERTO KANITZ/GO
JOAO PATRICIO DE ARAUJO/GO

Elmo
Alves Resende apitou 7 partidas nesse Brasileiro. Apitou 34,9 faltas em
média (é o nono árbitro que apita menos faltas). Deu 12 amarelos para
os mandantes e 20 para os visitantes. E dois vermelhos (um para
mandante e um para visitante).

Dos 7 jogos que apitou, foram 4 vitórias dos mandantes, 2 dos visitantes e um empate. Veja os jogos abaixo:

MAND
ANTE
R1 R2 VISIT
ANTE
FAL
TAS
MAND
PÊNAL
TIS
MAND
IMPED/OS
MAND
AMAR
MAND
VERM
MAND
FALTAS
VISIT
PÊNAL
VISIT
IMPED/OS
VISIT
AMAR
VISIT
VERM
VISIT
Flamengo 0 1 Vitória 11 0 11 2 0 14 0 0 2 0
Santos 2 3 Atlético-MG 18 0 7 4 0 15 0 5 0 0
Figueirense 2 1 Coritiba 13 0 0 1 1 22 0 5 6 0
Fluminense 1 1 Sport 21 0 2 1 0 22 1 3 4 0
Náutico 2 0 Ipatinga 18 0 2 2 0 11 0 2 3 0
Internacional 1 0 Vitória 23 0 2 1 0 17 1 2 2 0
Portuguesa 1 0 Atlético-PR 29 0 3 1 0 10 0 2 3 1

Aparentemente não deve causar problemas…

ANO PASSADO

Não comento!

CORRER PRO ABRAÇO; E CAMISA 400

Faltam 11 decisões. O Palmeiras precisa desses 3 pontos. Cruzeiro ganhou, Grêmio joga em casa e não temos gordura prá gastar.

A hora é agora!!

Mas o meu sonho de uma noite de primavera: vitória do Palmeiras, empate do Grêmio, vitória do Ipatinga…

Aí eu corro pro abraço!

E Marcos vai usar a camisa comemorativa 400. Tá certo que é um pouco cara, mas tem que se pensar que é eterna.

Saudações Alviverdes!