Categorias
Notícias

Recurso contra D. Souza e Lenny

Por Emerson Prebianchi*

A palhaçada continua.

A notícia veio do justiçadesportiva.com.br e já foi ventilada pelo nosso atento e participativo colega Digão. Vamos aos fatos.

Os
imparciais membros da Procuradoria do STJD resolveram recorrer da
decisão que absolveu o meia Diego Souza e o atacante Lenny, ambos da SE
Palmeiras da absurda acusação de ter Diego praticado ato de hostilidade
contra o atleta do Cruzeiro e Lenny por praticar jogada violenta num
carrinho que lhe rendeu o segundo cartão amarelo na mesma partida e por
conseqüência o vermelho.

Não contente com a absolvição o
Procurador Geral do STJD apelou da decisão e os atletas serão novamente
julgados pelo Pleno do STJD em data ainda não definida.

O
recurso é legal, ninguém duvida disso. E de certa forma todos nós já
esperávamos que a pressão sobre o Palmeiras seria grande principalmente
após assumir a liderança do Brasileiro após a R27. Seriam “forças
obscuras” ou estamos com a tal síndrome persecutória.

O Palmeirense responde!

De qualquer forma tudo parece muito estranho. Primeiro o caso do atacante Lenny.

Não
lembro de outro atleta nesse Campeonato Brasileiro que tenha sua
decisão de primeiro grau levada ao Pleno por ter recebido o segundo
cartão amarelo e o vermelho como conseqüência, ainda mais em um lance
que para muitos dos comentaristas esportivos nem sequer era lance para
cartão amarelo.

Por sua vez o caso de Diego Souza é na minha
opinião ainda mais grave pois o entendimento do imparcial procurador
vai contra a interpretação do árbitro da partida e também dos auditores
do STJD que entenderam por absolver o atleta.

Continuamos
acreditando que os auditores do Pleno do STJD vão ratificar a
interpretação do árbitro no caso de Diego Souza, assim como
desconsiderar a absurda alegação de que Lenny tenha praticado jogada
violenta num carrinho lateral em dia de chuva, que sequer atingiu o
adversário com violência.

E mais uma vez somos obrigados a
acreditar que é necessário que a Diretoria do Palmeiras comece a ter
uma postura mais veemente contra esse tipo de “agressão” que o
Palmeiras vem sofrendo.

Quanto ao TJD, poderemos acompanhar o
julgamento de Dagoberto do time do Jd. Leonor que também teve sua
absolvição recorrida ao Pleno (por conta de um lance em que
visivelmente teve a intenção de pisar em um atleta da Lusa) e será
julgado nessa quinta feira dia 09/10.

Esse julgamento servirá como um bom termômetro para sabermos o que esperar quanto ao julgamento de nossos atletas.

Saudações Alviverdes!

—————-

*Emerson Prebianchi escreve todas as segundas-feiras
sobre os temais legais (e não tão legais assim) que
afetam o Verdão dentro e fora de campo