Categorias
Resenha dos Jogos

Análise da Arbitragem – Rodada 34

Por Danilo Cersosimo

Vamos falar dos lances da R34 antes de abordar alguns outros temas polêmicos que permeiam esse momento crucial do campeonato.

***

Palmeiras 0 x 1 Grêmio:
em primeiro lugar quero ressaltar que Héber Roberto Lopes fez uma
arbitragem praticamente perfeita – não há do que reclamar técnica ou
disciplinarmente do árbitro.

No entanto, alguns colegas
reclamam pênalti em Leandro no 1º tempo – acrescentam ainda que o time
estava tão apático que nem reclamou na hora. Eu me recordo do lance e
sinceramente na hora, não teria assinalado nada. Depois, vendo pelo
replay até acho que se o juiz tivesse visto poderia ter apitado, mas
não creio que tenha sido um lance tão explícito.

No mais, querer
encontrar equívocos do árbitro após uma partida tão patética do nosso
time seria uma afronta à inteligência do leitor do 3VV.

***

Lusa 2 x 3 SPFW:
uma arbitragem confusa e ruim do Seneme, tanto no aspecto técnico
quanto disciplinar. Claramente o zagueiro Rodrigo do SPFW é derrubado
pelo goleiro da Lusa quando o jogo estava 2×1 para o time de Muricy
Ramalho.

Pelas minhas contas esse foi o segundo erro grosseiro
contra o SPFW neste campeonato e de um modo geral eles tiveram muito
mais erros a favor do que contra. No entanto, especificamente nesse
jogo, foram prejudicados, sofreram o empate e foram buscar a vitória
aos 42 minutos do 2º tempo.

Estou certo de que todos entenderam o que quero dizer.

***

Vasco 1 x 0 Santos:
quem viu o pênalti apitado pró-Vasco já entendeu que essa será a tônica
daqui a até o final do campeonato nos jogos dos cariocas que correm
riscos de rebaixamento. O árbitro era Elmo Resende. Olho nele…

***

Botafogo 0 x 1 Flamengo: pênalti
claríssimo para o Flamengo, que bateu e converteu… o problema é que
tivemos um lance idêntico em favor do Botafogo que não foi assinalado
pelo árbitro Marcelo de Lima Henrique…

***

Próximas rodadas:
a tentativa de salvar Vasco e Fluminense era uma possibilidade de perda
de pontos para o SPFW. Infelizmente, por saber que esses “erros”
“acontecem” eu imaginava que chegaríamos ao final da R35 com 4 pontos
atrás do nosso rival – ou seja, na minha simulação eu acreditava que
venceríamos Grêmio, perderíamos para o Flamengo (sabem como é…) e ao
final da próxima rodada, faltando apenas 3 jogos para o final,
estaríamos 4 pontos atrás deles…

Ou seja:
pra mim, faríamos a diferença nos três últimos jogos “fáceis” que
teremos, enquanto o SPFW perderia 5 pontos para Vasco e Fluminense –
porque eles vão ganhar do Goiás na última rodada…

Ainda dá –
mas a apatia de domingo mina qualquer esperança no time. E pior:
teremos que vencer o Flamengo no Maracanã lotado e lutando por uma vaga
na Libertadores para “compensar” a derrota para o Grêmio.

***

Deu no Globo.Com:
em simulação feita pelo portal, considerando os erros claros de
arbitragem a classificação do campeonato seria outra. O SPFW, claro,
não estaria na liderança, que ficaria com o Grêmio; sua real posição
seria o 3º lugar.

De acordo com o globo.com o Palmeiras
estaria no mesmo 4º lugar, com 58 pontos (3 pontos a menos, pressupondo
que ganhamos 3 pontos de erros de arbitragem na vitória de 1×0 contra o
Atlético-PR e no empate de 1×1 contra a Lusa no 1º turno).

Vale a pena acessar o link, que contém a lista de todos os jogos com erros de arbitragem, vídeos, etc: http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Futebol/Brasileirao/Serie_A/0,,MUL853829-9827,00-NUM+BRASILEIRAO+SEM+ERROS+DE+ARBITRAGEM+GREMIO+ASSUMIRIA+A+LIDERANCA.html

Veja o que o 3VV analisou na ocasião – referente aos jogos em que o Palmeiras teria sido ajudado – clicando aqui [post da R03, siga o link]  e aqui [post da R04, siga o link].

Ao
relerem os posts da R03 e R04 alguns leitores mais exaltados – que
fizeram críticas anônimas ao blog e indiretamente a mim ao argumentarem
que este espaço só põe a culpa na arbitragem e não analisa os problemas
de gestão, direção técnica e elenco – poderão ver que sempre analisamos
a arbitragem com a maior neutralidade possível.

***

Eu não sou paranóico: interessante notar que segundo este levantamento, 9% dos jogos do campeonato tiveram erros crassos de arbitragem que mudaram o placar final das partidas.

Mais
curioso ainda é perceber que os erros estão distribuídos uniformemente
entre quase todos os participantes do campeonato – de um modo geral a
balança equilibra erros e acertos contra e a favor de todos os times,
com exceção do SPFW, que teve DOZE erros a seu favor!! No fiel da
balança, esse clube teria SEIS pontos a menos!

Não é possível que o SPFW seja SEMPRE a exceção quando se trata de erros de arbitragem!

E não sou eu quem está dizendo.

Gostaria
de falar das muitas competências desse clube e de seu treinador – que
de fato são muitas – mas não podemos embarcar no discurso da imprensa
de que erros acontecem para todos os lados. É de se pensar que nos
últimos 3 anos esse clube venha sendo tão beneficiado. Não é
coincidência, já virou tendência!

***