Categorias
Pré Jogo

Pré Jogo Palmeiras x Santos: a torcida merece um presente

O Palmeiras chega nesta R33 numa situação onde é vítima dos próprios erros. SE tivesse
aproveitado as chances que teve nas últimas rodadas, estaria 3 pontos à
frente do Grêmio e agora seria a fase de administrar resultados.
 
O SE não entra em campo e cá estamos nós. O resultado da partida deste domingo contra o Santos definirá se estamos ou não estamos no páreo.
 
Resposta às 19:00 horas deste domingo.
 
O ADVERSÁRIO
 
O
Santos passou 20 das 23 primeiras rodadas do campeonato na zona do
rebaixamento. A partir da R24 conseguiu sair da incômoda posição e
começou uma recuperação até se estabilizar em 12o/13o lugar.
 
Na
R32 o Santos tem 40 pontos ganhos, 10 vitórias, 41 gols pró e 45
contra. Kléber Pereira é o artilheiro do campeonato com 21 gols, mais
da metade de todos os gols santistas.

No 2o turno o Santos iniciou sua recuperação e conseguiu resultados importantes:

Santos 2×2 Flamengo
Ipatinga 1×1 Santos
Santos 2×0 Cruzeiro
São Paulo 0x0 Santos
Santos 2×0 Vitória
Santos 2×1 Fluminense
Goiás 4×1 Santos
Santos 1×1 Portuguesa
Santos 4×0 Atlético-PR
Grêmio 2×0 Santos
Botafogo 0x1 Santos
Santos 3×0 Figueirense
Sport 1×1 Santos

Como
mandante, em 16 jogos, o Santos conseguiu 8 vitórias, 5 empates e 3
derrotas. Na Vila Belmiro perdeu para Goiás (0x4 na R7), Coritiba (1×3
na R17) e Atlético-MG (2×3 na R18).

Neste domingo o técnico
Márcio Fernandes terá a volta de cinco reforços. Voltam de suspensão o
zagueiro Fabiano Eller e o volante Bida. Já os volantes Roberto Brum,
Rodrigo Souto e o atacante Cuevas estão recuperados de lesões e ficam à
disposição.

Por outro lado, o time perdeu Domingos, que levou o
terceiro cartão amarelo contra o Sport e está suspenso. No seu lugar
entrará Adaílton.

Entretanto o perigo está no ataque: Kleber
Pereira é o jogador neste Brasileiro que mais finaliza. Foram 102
finalizações em 30 partidas. E é o segundo melhor em finalizações
certas com 53 chutes a gol (52% de acerto). Nesse quesito perde apenas
para Guilherme do Cruzeiro.

Olho nele!

O PALMEIRAS

O
Palmeiras luta mais contra seus fantasmas e sua incapacidade de marcar
pontos fora de casa do que propriamente contra o Santos. Apesar do
crescimento do time santista, o Palmeiras teria em condições normais
capacidade para vencer. Elenco, comissão técnica, estrutura. Mas algo
desandou no Palestra Itália depois que conseguiu atingir a liderança.
Depois disso os resultados vitoriosos foram apertados e pouco
convincentes.

Roque Junior sentiu dores musculares e pode ser o
desfalque. O time treinou nesta sexta-feira sem Roque e apenas com dois
zagueiros (Martinez fez dupla de zaga com Gustavo). Evandro entrou ao
lado de Diego Souza.

O time que treinou foi: Marcos; Elder
Granja, Gustavo, Martinez e Leandro; Pierre, Jumar, Evandro e Diego
Souza; Kléber e Alex Mineiro.

Neste sábado com a nota do falecimento do pai de Marcos, é possível que Bruno assuma a posição de titular nesse domingo.

De qualquer forma Luxemburgo não revela o time. E deve conhecer os atalhos da Vila Belmiro para buscar a vitória.

BRUNO PODE JOGAR

Em
entrevista coletiva concedida neste sábado o goleiro Bruno afirmou
estar preparado caso venha substituir Marcos. Nesta manhã, o pai do
titular palmeirense, Ladislau Silveira Reis, faleceu na cidade de
Marília, devido a problemas cardíacos. A participação dele no clássico
contra o Santos ainda é dúvida.

“Eu ainda não sei se vou jogar,
mas me sinto em ótimas condições e preparado. Além disso, já ‘quebrei’
aquela ansiedade e expectativa por ter feito meu primeiro jogo”, disse
o camisa 1, que lamentou o falecimento do pai de Marcos.

Bruno
tem 24 anos e está no Palmeiras desde 1997. Chegou ainda criança,
quando tinha apenas 13 anos, e passou por todas às divisões de base do
clube até atingir o ápice em 2001, quando foi convocado para a seleção
brasileira juvenil.

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Palmeiras e Santos fizeram em sua história 294 jogos.

  • 125 vitórias do Palmeiras (43%);
  • 78 empates;
  • 91 derrotas.

Foram 511 gols pró e 427 gols contra.

Jogando na Vila o Palmeiras leva pequena vantagem:

  • 39 vitórias do palmeiras (43%);
  • 15 empates;
  • 36 derrotas.

O resultado mais comum é 1×1 (14%). Depois, 2×1 Palmeiras e 1×0 Palmeiras (9% e 8%, respectivamente).

ARBITRAGEM

Trio de arbitragem:

WILSON LUIZ SENEME/SP (aspirante à FIFA)
VICENTE ROMANO NETO/SP
MARCELO CARVALHO VAN GASSE/SP

Wilson
Luis Seneme apitou 12 partidas nesse Brasileiro. Interessante que o
árbitro não tem indicadores de “juiz caseiro”. O número de faltas dos
mandantes é ligeiramente superior ao dos visitantes. Os amarelos estão
equilibrados.

De qualquer maneira a única vitória dos visitantes que o Seneme apitou foi Fluminense 1×3 Cruzeiro.

Veja os jogos do árbitro nesse Brasileirão:


ANO PASSADO

Em um jogo morno, ano passado o Palmeiras jogou com o Santos pela R31 do Brasileiro, na Vila Belmiro.

O resultado foi um 1×1, com direito a gol de escanteio de Caio. Luxemburgo estava no outro banco de reservas.

EU ME LEMBRO

Em
24/03/1996: Palmeiras 6×0 Santos, na Vila Belmiro. Acho que foi um dos
poucos jogos (se não foi o único) que vi um time jogar tão bem.

O
time era Velloso; Cafu (Ósio), Sandro, Cléber (Cláudio) e Júnior
(Elivélton); Galeano, Flávio Conceição, Djalminha e Rivaldo; Müller e
Luizão. No banco, Wanderley Luxemburgo.

ENTÃO TÁ

Eu estou esperando um presente. Palmeiras 3×0. E a vice-liderança.

E
eu até já sei o título do Pós Jogo. Mas vamos esperar, com a caixinha
de Izordil e um chileno aberto; para trazer inspiração do Mago para
alguns…

Saudações Alviverdes!
—-
Indicadores
Footstats; reprodução autorizada mediante expressa publicação do blog
Terceira Via Verdão e seu link. Crédito para a imagem Fabio Menotti.