Categorias
Arenas

Arenas – Acesso e separação dos espectadores da área de jogo

Da Série Arenas Esportivas
Recomendações e Exigências Técnicas FIFA

Por Claudio Baptista Jr.
Reprodução permitida mediante explícita divulgação do autor do texto,
o site da FIFA e o blog Terceira Via Verdão e seu link.

Pessoal,

Hoje terminaremos a 4ª parte do documento que fala sobre Áreas de Jogo em relação a acesso e exclusão dos espectadores das áreas.

Segue
abaixo o conteúdo da parte que fala sobre as Áreas de Jogo e em negrito
o posicionamento dos temas da publicação de hoje perante o conteúdo
total:

1 – Decisões preliminares.
2 – Segurança.
3 – Orientação e estacionamentos.
4 – Áreas de jogo.

4.1 – Dimensões recomendadas.
4.2 – Qualidade do campo de jogo.
4.3 – Campos de jogo em grama natural.
4.4 – Campos de jogo em grama artificial.
4.5 – Bancos de reservas.
4.6 – Painéis publicitários entorno do campo de jogo.
4.7 – Acesso à área de jogo. 4.8 – Exclusão dos espectadores da área de jogo.
5 – Autoridades e jogadores.
6 – Espectadores.
7 – Hospitalidade.
8 – Mídias.
9 – Iluminação e alimentação elétrica.
10 – Telecomunicações e espaços complementares.

4.7 – Acesso à área de jogo.

Os
veículos de serviço de urgência como ambulâncias, bombeiros devem poder
acessar a área de jogo, bem como os veículos de manutenção e outros.

4.8 – Exclusão (separação) dos espectadores da área de jogo.

Idealmente,
nenhuma grade deve separar os espectadores da área de jogo. A FIFA
decretou que suas competições finais ocorram exclusivamente em estádios
sem grades. No entanto, é essencial proteger os jogadores da intrusão
de espectadores, o que se pode fazer de várias maneiras como:

  • Segurança.

Presença da polícia e / ou equipes de segurança na área de jogo ou na sua proximidade é a melhor opção.

  • Configuração das cadeiras.

Colocadas
em lugares mais altos que o campo de jogo, tornando o acesso à área de
jogo improvável e até mesmo impossível. Esta configuração não elimina o
perigo na medida que torna impossível em caso de urgência a evacuação
dos espectadores no sentido da área de jogo.

  • Fossos.

Proteção
da área de jogo por fossos de largura e profundidade suficientes. A
vantagem é serem mais discretos que as grades, mas para evitar a queda
dos espectadores, eles devem ser rodeados por uma barreira de altura
suficiente, tanto do lado dos espectadores como do lado do campo de
jogo. Tendo em conta o risco que pode constituir essa barreira para os
jogadores caso não estejam situados a uma boa distância dos limites do
campo de jogo, os fossos são uma solução apenas em estádios de grandes
dimensões. Em um estádio de futebol tradicional onde a área de jogo é
bem compacta, esta solução não é realista, pois aumenta a distância
entre os espectadores e o campo de jogo.

Os fossos não devem conter água, mas devem ser impenetráveis por outras maneiras.

Os
fossos devem ser construídos de forma a poderem ser recobertos
posteriormente caso seja justificado por uma melhora no comportamento
geral dos espectadores.

Em estádios onde a área de jogo está
integrada nos procedimentos de evacuação de urgência, devem ser
instaladas pontes móveis sobre os fossos. Estas devem possibilitar sua
colocação em funcionamento de forma instantânea a fim de permitir a
aplicação eficaz do procedimento.

Aqui lembramos automaticamente
do atual Palestra Itália e da futura Arena. Não temos dados do projeto
da futura Arena que confirmem ou não a existência do fosso, porém caso
um fosso seja construído, nossos responsáveis pelo projeto devem ter
muita atenção ao procedimento de segurança que contenha uma evacuação
de urgência através do uso destas pontes ou então um procedimento de
segurança que utilize outras formas também eficazes nestes casos
urgentes.

  • Telas e Barreiras.

Telas transparentes ou barreiras intransponíveis fixas ou móveis constituem uma outra opção.

Se
a retirada de todas as barreiras e telas dos estádios é desejável, por
vezes as autoridades locais insistem que os estádios sejam equipados
destes dispositivos.

Neste caso, devem conter saídas de
segurança suficientemente numerosas para permitir aos espectadores
acessar a área de jogo em caso de evacuação de urgência. O número, o
tamanho e a configuração destes devem ser aprovados e certificados
pelas autoridades responsáveis pela segurança.

Estas saídas de
segurança devem se abrir quando pressionadas, serem claramente
sinalizadas e em nenhum caso fechadas a chave. Todas elas devem ser
vigiadas permanentemente por um segurança durante todo o tempo em que
os espectadores estiverem no estádio.

É conveniente repetir que
a FIFA se opõe ao uso de alambrados (barreiras) e telas intransponíveis
e se recusa de as ver utilizadas como fins de proteção da área de jogo.
Qualquer o caso em que elas sejam utilizadas é necessário assegurar que
as mesmas não constituam em nenhum caso perigo aos utilizadores do
estádio.

Qualquer que seja a estratégia adotada para proteger a
área de jogo do acesso aos espectadores, ela deve ser aprovada pelas
autoridades locais competentes e não constituir perigo aos espectadores
em caso de pânico ou evacuação urgente.

Vejam abaixo algumas figuras que exemplificam o exposto acima.

E
a FIFA termina essa parte apresentando uma tabela de planejamento dos
espaços citados nesse capítulo para a Copa do Mundo (clique na tabela
para ler melhor).

Assim, na próxima semana entraremos na 5ª parte do documento que diz respeito a autoridades e jogadores.

Até lá.

Claudio Baptista Jr.