Categorias
Notícias

Assembléia Geral: o SIM não ganhou

Cerca de 1430 sócios compareceram ao clube hoje.

O número mínimo de SIMs para passar a mudança estatutária era de 945 votos.

Foram “apenas” 845 SIMs, ~60% dos votos. Não passou.

E AGORA?

Do ponto de vista do futebol o SIM era bastante importante. Daria tranquilidade para o Vice-Presidente Gilberto Cipullo continuar o processo de formação do time para 2009 sem ter que se preocupar com um embate político para janeiro.

Não será assim. Cipullo terá que montar um time para entrar em campo em meados de janeiro no Paulistão. E terá uma briga política pela frente.

POR QUE NÃO DEU?

Cipullo e Belluzzo se jogaram de cabeça nessa mudança estatutária.
Entretanto algumas forças políticas não apoiavam a tese. Entre eles
havia José Cyrillo e Paulo Nobre. E na reta final Seraphim Del Grande,
também dava sinais claros de que votaria no NÃO.

Os motivos pelo NÃO parecem ser mais filosóficos do que uma agenda oculta. O que se espera é que apesar dessa dissidência a aliança entre Della Monica e Cipullo não saia arranhada.

QUAIS SÃO OS CENÁRIOS?

O Presidente Della Monica será cobrado para honrar o compromisso e apoiar um candidato de consenso entre seu grupo e o grupo de Cipullo. Se Salvador Hugo Palaia forçar sua candidatura teremos um racha.

E isso só beneficiará o candidato de Mustafá Contursi. Apesar de haver aqueles que juram que uma aliança Cipullo/Paulo Nobre/Cyrillo seria forte o suficiente para ganhar a eleição.

O fato é que o próximo Presidente do Palmeiras a ser eleito no final de janeiro poderá ser qualquer um das três correntes.

Como disse um grande amigo meu a pouco, esperamos que quem faz política no clube não a faça a partir de agora com o fígado e sim com a cabeça.

Saudações Alviverdes!

54 respostas em “Assembléia Geral: o SIM não ganhou”

Bom, eu particularmente não concordo com esse tipo de manobra com o intuito de prorrogar mandato de presidente no Palmeiras. Independente do motivo, é uma manobra não democrática e demonstra uma certa instabilidade da atual situação que não soube ao longo de sua gestão se preparar devidamente para lançar seu candidato e concorrer às eleições de forma correta e digna de um grande clube de futebol como é a Sociedade Esportiva Palmeiras.
Como Administrador de Empresas, me preocupa muito a vida política do clube. Passa gestão, independente de qual chapa está na direção do clube, e o amadorismo, incopetência e tramóias permanecem as mesmas. Quando a atual situação assumiu, eu comemorei e pensei que este seria o fim das viradas de mesa como essa da alteração no estatuto do clube para prorrogar mandatos de presidente. INDEPENDENTE DOS MOTIVOS, não concordo com isso e nunca vou concordar, se a administração atual foi incopetente a ponto de não ter um canditado forte para as eleições, problema é deles. Agora, agiram como na época do Mustafá, que fez a mesma coisa e foi fortemente criticado pela oposição – que, pasmem, é a atual situação. Por favor… quanta hipocrisia, quanta mentira e quando falta de ética, caráter e profissionalismo. Estão simplesmente acabando com o Palmeiras, fazendo desse clube um antro de pessoas interessadas somente em seu próprio ego e estar no poder, porém deixando de lado e se esquecendo completamente que o Palmeiras é o principal de tudo, um clube outrora vencedor, um gigante ganhador de títulos e temido por tudo e por todos, agora não consegue ganhar títulos e nem passar por adversários que estão nem à sombra do clube, como Sport, Argentinos Jrs., entre outros.
Como torcedor apaixonado pela Sociedade Esportiva Palmeiras… sonho com o dia dessa baderna e dessa laia toda que infesta as alamedas do Parque Antarctica sumam de uma vez por todas e pessoas realmente competentes, honestas e profissionais estejam no poder de nosso amado clube.
Saudações Alviverdes!

Bruno, acho que vc não entendeu o que eu falei!
Existem palmeirenses que demonstram de forma diferente a sua paixão.
Aparentemente, o Palaia se dispõe a ajudar o clube qdo precisa de dinheiro, seja emprestando ou dando avais em banco.
Outros, com mais dinheiro até, não tem esta disposição mas “bancam” ações de valor menor.
Alguns, usam seu nivel de contato e influencia para alavancar negócios (Belluzzo é o maior exemplo).
Temos tbm aqueles que apenas conseguem ajudar dando o seu conhecimento profissional.
A maioria, como voce e eu, provavelmente não conseguirá ajudar diretamente e apenas torcemos para que tudo dê certo.
Precisamos lembrar que criamos estereótipos das pessoas baseado naquilo que conhecemos de longe apenas, e podemos assim ter uma visão parcial, boa ou ruim.
Nós não temos acesso ao dia-a-dia do clube, e o Palmeiras não é somente Futebol.
Precisamos ter muito cuidado ao fazer esse tipo de análise.
Eu tbm acho que podemos ter uma união de todos os grupos…. basta cada um deixar de lado um pouco do “ego” e descer do trono.
Abraço

É o 13º mais caro do mundo, Palaia não têm habilidade prá ser síndico imagine presidente!
Suas declarações na TV na época de diretor falante foram desastrosas. O gênero Valdik Soriano é de derrubar qualquer marketing. Respeito não se compra com empréstimos, é adquirido. Se dependermos desse senhor vamos sofrer muito e ver nossa idéia de modernismo afundar.Por outro lado, a posição não entende que na política é preciso conceder prá avançar.
Só acredito mesmo numa única chapa onde todos estejam somando, inclusive Mustafá. Como não sou inocente, sei que isso não acontecerá e seja quem for, que conseguir ganhar, as alamedas do palestra estarão fervilhando e cheias de inveja e traição. Não sabemos quem ganhará mas já tem o perdedor, o nosso amado Palmeiras. Quem sabe mais 4 anos de tragédia sensibilize a todos para uma união no Palestra onde todos remarão para um mesmo lugar antes que seja tarde demais. Nossos saudosos ancestrais devem estar chorando lá do céu, envergonhados com tudo isso.
Toda a vez que chove no gramado suspenso, penso nisso!

Acho que o Carlos achou o caminho…
Se bem que acho que o Frizzo só quer holofote pra depois vender um cacife que não tem.
Vicente, vc poderia dizer como chegou em 60 para o grupo Cipullo/Seraphim???
E acho , sinceramente, o grupo do Mumu não tem mais do que 90, por isso mesmo que não consegue fazer “verão” sózinho.
E, não quero ser aqui um defensor do Palaia… mesmo pq ele fez uma série de barbaridades qdo esteve no Futebol. Mas, o 13o está sendo pago com dinheiro dele… acho que merece um palmeirense que faz isso merece um pouco de respeito.
Abraço

O Mario Giannini na sua opiniao devera ser o candidato da oposiçao,o Roberto Frizzo embora nao seja ligado ao Mustafa tambem e oposiçao,e isso acabara criando um racha.A situaçao devera encontrar um nome de concesso na minha opiniao e quanto ao Palaia acredito que se oferecerem uma vice presidencia ele desiste dessa ideia na hora.

Bruno, vou responder no chutômetro, mas com boa chance de acertar: não ficam. Ou seja, a BWA está participando da concorrência para gestão dos ingressos ano que vem. Aliás são coisas como essas que afastaram muitos conselheiros da aliança. Alguns não aguentam mais tanta tolerância com certas coisas (por exemplo, BWA).

Carlos, espero que o Prefeito cuide bem do nome (rsrsrs). Eu acho que o candidato da oposição será Mario Giannini. Quanto ao candidato da situação, infelizmente, não há ainda consenso. Um dos grandes erros da administração Della Monica foi não ter preparado um sucessor. Na verdade ele acabou politicamente com as chances (no curto prazo) de potenciais candidatos como Cyrillo e mesmo Cipullo. Então ele tem menos de 2 meses prá fazer o que ele não fez em 4 anos.

Vicente, como ficaram as contrapartidas para a prorrogação do mandato? Explico: para apoiar a prorrogação parte dos diretores/conselheiros pediam, entre outras coisas, o fim do contrato com a BWA, etc… Como isso ficou?

Na sua opiniao Vicente quem sera o candidato a oposiçao?Hoje qual seria o candidato de concesso da situaçao?O prefeito que ganhou aqui em Toledo-MG tambem se chama Vicente,ele disputou 4 eleiçoes e ganhou todas.Um abraço!!!

Fabio, dizem por lá que são uns 30. Mas nessas coisas fidelidade passa longe …

Olá Vicente,

Quanto aos votos do Della Monica, dá pra se ter uma idéi de quantos são da parte do Palaia???

Abraços

Tentei apenas analisar os fatos friamente.
Concordo que a articulação politica é fundamental e essa coordenação não pode ficar nas mãos de pessoas que tem alto grau de rejeição.
Me arrisco a dizer que se a chapa tiver Cyrillo, Cipullo, Palaia e Della Monica é imbativel e consistente.
A outra VicePresidencia poderia ser utilizada para finalizar a composição (Corcione ou até mesmo Gianinni).
Não sou louco, apenas acho que o clube deve se unir.
Abraços

Os comentários estão desativados.