Categorias
Italiano

LEGA CALCIO: 15^Giornata: e um comentário sobre o Verdão

Por Carmine Paciello*
Crédito para as imagens: Corriere della Sera
 
Per pudor e amor próprio vou dispensar qualquer
comentário sobre o time dos “Contro Natura et Lacrimosus” que sem ética ganha
títulos em modo subdolo. Mas isso não nos isenta de analisar que o Palmeiras  concluiu o BRA08 melancolicamente.

Não era isso que esperávamos na linha de partida desse campeonato quando o
Verdão era apontado, entre os poucos favoritos da conquista do título. Era apontado como o time com mais qualidades, por ter um
bom elenco (apesar dos “Gladstones”), por ter 
o técnico que na unanimidade era considerado o melhor em atividade no País, por ter entusiasmo e
confiança após o título estadual, por ter, afinal e finalmente, estrutura e
programas definidos.

Não foi assim, erramos. Erramos, por exemplo (e não foi a única vez),  em não conseguir uma vitória no momento crucial contra o
(depois rebaixado) Figueirense; uma vitória sem discussão como deveria
fazer  um time compacto e que tem
consciência da própria força.
 
E que
futuro nos atende? O tão maltratado Martinez não renovou; o mesmo acontecerá com o lateral Elder que, mercenário,  jogou o estritamente necessário para arrumar
um lugar na Europa. Pelo contrario Kléber, que luta pela camisa alviverde, é um
luxo que não podemos nos permitir. E aqui fala-se que a dupla Leonardo e Cafu
desejam trazê-lo ao Milan. Também Gustavo parece ser destinado à Itália,
precisamente na Udinese, enquanto ao Lenny, esse ator de telenovela
porto-riquenha que teve 6 meses de
descanso no Palestra, parece que já assinou pelo Arsenal.
 
Incrível! E Diego
Souza vai ficar? Então duvido muito que venha o Keirrison pretendido por pelo
menos uma dúzia de clubes da Europa. Será que o interessante Marquinhos vai
resolver sozinho os problemas do Verdão? Por favor! O Palmeiras precisa ao meu
ver de jogadores com uma determinada tipologia: 
28/30 anos, portanto experto, que já jogaram na Europa e querem voltar ao país e que portanto não usa o clube pra fazer desfile na procura de times
europeus .

Além disso capaz de assumir a função de líder, com o
bom exemplo e agregar como um pai nobre os mais jovens. O jogador que tem esse características existe
e se chama Fernandão, atualmente desaparecido em alguns deserto árabe.

Vamos ao campeonato italiano.

>> 99° derby de Genova entre o time italiano mais velho, o Genoa e a Sampdoria era certamente o jogo mais importante da 15^ rodada do campeonato italiano. Match duro, furibundo, agonístico como bem explicam as 60 faltas apitadas pelo juiz e como só os jogos pela supremacia da cidade sabem ser. Uma batalha
decidida da uma peremptoria cabeçada de Milito que se eleva no céu e trespassa
sem piedade o goleiro doriano Castellazzi, marcando o seu 12° gol. O técnico
Gasperini, com uma feliz intuição mudou  o tradicional 4/3/3 com um mais equilibrado
3/5/2 dando a ordem de fazer uma constante pressão e isolar Cassano, papel
cumprido. Depois do gol o Genoa se fechou na defesa e difendeu com ordem a
vantagem adquirida diante dos ataques sem lucidez da Samp.

Com esse
resultado o Genoa sai da rodada com 25 pontos na classificação, apenas  a -1 da Fiorentina ou seja um 6° lugar em
plena zona-Champions. Jà a Sampdoria fica a 16 punti em uma posição delicada,
sem uma padrão de jogo que não seja uma invenção de Cassano e pior, em um
estado confusional que acho vai ainda aumentar  com a provável saída na Copa Uefa onde terá
com o Sevilla o jogo vale-tudo.

>> E, por falar de Uefa, assim tanto por dizer … 3
gols do Vagner Love em Nantes x Cska.

>> Estádio Olímpico em Roma: uma
Lazio exuberante depois de ter eliminado o Milan em pleno S.Siro da Copa
Itália enfrenta a Inter.

100 segundos e gol de Samuel: Lazio 0 x 1 Inter.  O alto potencial e a personalidade da Inter pode-se resumir assim nas palavras do técnico da Lazio Rossi que ao
término do jogo afirmou aflito que só a
Inter pode perder o “scudetto”. Uma constatação óbvia em consideração dos
números  que  indicam a Inter como o time com o maior
numero de vitórias: 11 sobre 15 jogos disputados; o melhor ataque com 25 gols; e também a melhor defesa com apenas 8
gol sofridos. Uma supremacia absoluta edificada tijolo sobre tijolo do perfeccionista
Mourinho que até vê a possibilidade de aumentar a diferencia entre eles e o concorrentes diretos visto que na próxima rodada Juventus e Milan se enfrentam.

Isso, é
claro, se a Inter ganhar do Chievo,
que apesar de ser o lanterna do campeonato é um adversário tradicionalmente difícil
para os nero-azzurri. Mas a Inter atual é ciente da própria força, não tem medo
de ninguém e entra no gramado pra ganhar, sempre!

>> A Juventus era órfã do rei Del Piero mas teve o vice-rei Giovinco que
jogou bem e até realizou uma cobrança de falta a la Del Piero. Depois do empate
do Lecce, Amauri conseguiu marcar o seu 8° gol e dar a vitoria ao seu time. É uma Juve não linda (os primeiros 45 minutos
foram embaraçantes) mas prática, que
corre, que é guerreira e cínica. Por
isso eu acho que vai vencer o choque-rei
do próximo domingo contro o Milan.

Milan que, como de costume, recebeu outro
presente! Um penalty claro não assinado ao Catania no final do jogo com Ancellotti preocupado que colocou 6 defensores mais o goleiro. Apesar disso
os rosso-neri merecerem ganhar tanto que o goleiro argentino Bizzarri foi o melhor do time siciliano
e fez grandes defesas em pelo menos 8 oportunidades.

Kakà marcou o gol da vitória. Vale lembrar que antes ele lamentou ser escalado no meio-campo para fazer espaço ao Ronaldinho que atuava mais
avançado. Dessa vez o rapper RDEZ foi escalado em uma posição mais
avançada e Kakà demostrou ainda uma vez
de ser decisivo.

>> Uma dura constatação dos “tifosi” grenás após a humilhante derrota do
Torino (1 x 4 Fiorentina) determinando a saída do técnico De Biase que tempos
atrás externou não ter o completo
controle do time. No seu lugar volta o ex técnico Novellino. A meu ver uma decisão
necessária e até atrasada pois o time estava em contínua queda.

Canta torcida: ”Diretoria, depressa, Fernandão
na Palestra!”

Saudações Alviverdes!

* Carmine escreve todas as 4as feiras no blog falando sobre
o Campeonato Italiano e “cornetando” um pouco nossa Diretoria.

Uma resposta em “LEGA CALCIO: 15^Giornata: e um comentário sobre o Verdão”

Carmine, Fernandão é sonho. Pode esquecer, jamais virá. A diretoria do Palmeiras é muito lenta e, apesar de serem os melhores (melhores que os Mustaphazentos) ainda assim são ruins.

Carmine, você podia ter citado a minha Roma, né? Estamos vencendo sem parar, finalizamos o grupo da Liga dos Campeões à frente do todo poderoso Chelsea e hoje temos um TIME, digno de botar medo em qualquer um. Inclusive, no título já anunciado da Inter, eles terão problemas no segundo turno, em Milano, contra o exército giallorosso de Spalletti. Totti está em grande forma e você conhece o Capitano; é um grande craque que decide jogos.

Finalizando: o que acontece com o time médio/bom da Sampdoria? Não são dignos dessa colocação, são bem melhores que isso.

Abraços!

Os comentários estão desativados.