Categorias
Notícias

Retrospectiva 2008: POST 1, resgatando a auto-estima

Hora da retrospectiva.

Como todo final de ano, ao som da voz de Sergio Chapelin, a gente ouve e assiste a retrospectiva do ano. Na maioria das vezes acaba sendo entediante. Esperamos fazer algo mais ligeiro e menos chato.

Separamos cinco assuntos.

  • Arena;
  • Traffic;
  • Time e o “profexô”;
  • Marketing;
  • Política;

Vamos falar sobre eles de hoje até o dia 31, mas em ordem cronológica.

Vamos relembrar e avaliar o ano sob a dimensão temporal e as expectativas do palmeirense.

JANEIRO, CONFUSÃO SOBRE A FIAT E INÍCIO DO PAULISTA

O palmeirense terminou 2007 cheio de expectativas. Os anúncios seguidos da parceria com a Traffic, o projeto da Arena e o fechamento com a Fiat davam a certeza ao torcedor alviverde que a temporada de 2008 seria muito diferente das anteriores.

Mas janeiro chamou a atenção por quatro temas:

– Luxemburgo voltava ao Verdão e iniciava a pré-temporada em Atibaia;
– A Traffic fazia sua primeira grande contratação: Diego Souza;
– A imprensa descia o porrete no contrato com a Fiat;
– A preocupação com a política.

Principais manchetes que o 3VV publicou e que explicam bem janeiro de 2007:

> Luxemburgo dava a primeira entrevista coletiva ;
> A imprensa batia no Palmeiras por conta da Fiat e o 3VV esclarecia ao torcedor ;
> Em 11 de janeiro a primeira grande contratação da Traffic: Diego Souza no Verdão;
> Em 14 de janeiro mais uma contratação: Lenny. Mas perdíamos Caio;
> O Paulistão começava e a Suvinil fechava um contrato de patrocínio na manga do Palmeiras. E gerava a maior confusão com a torcida que não gostou do jeito que ficou a camisa.

A animação do palmeirense era grande para o Paulista. O Palmeiras começou bem o Campeonato mas logo depois deu algumas vaciladas. O mês terminou com o Palmeiras perdendo pro Ituano no Paulistão, JK chamando a Diretoria de mentirosa e o 3VV com  68 posts e 835 comentários.

FEVEREIRO, PAULISTÃO INSTÁVEL E INÍCIO DA COPA DO BRASIL  

Fevereiro começou quente! Enquanto eu estava em merecidas férias por aí, o professor Belluzzo respia ao amigo JK aqui no 3VV sobre o contrato da Fiat. Esse tema rendeu…

O Palmeiras jogava com o Noroeste com a Suvinil na marga reestilizada.

O Palmeiras não se acertava e tomou uma surra do Guaratinguetá (0x3).

A história do Palmeiras passava em vídeo na TAM – com o Jota Christianini tendo participação ativa. Denilson chegava e nós estávamos em décimo no Brasileiro. Eu me sentia um extra-terrestre: o que havia de errado com nosso time?

Na metade de fevereiro Denilson chegava e Kléber era anunciado. O Palmeiras iniciava sua corrida (frustrada) pela Copa do Brasil e a bola da vez da imprensa agora era a Traffic, e não mais a Fiat.

Mas o mais engraçado de fevereiro foi o mico da Jovem Pan. A rádio fez confusão sobre um texto assinado por uma pessoa chamada Luiz Gonzaga e confundiu com o Professor Belluzzo.

O Palmeiras passa por cima do Juventus (4×0) e anima a verde Ribeirão Preto. A Arena Palestra começava a gerar ruído. Em visita de uma comitiva palmeirense ao Presidente da CBF Ricardo Teixeira, foi apresentado o projeto da Arena.

A Nike fechou patrocínio com a Seleção da França. Mas isso não tinha nada a ver com o Palmeiras…

O Palmeiras tinha seus altos e baixos no Paulista (empatou com o Rio Preto em casa) e a arbitragem ja fazia das suas. E ainda deu tempo de estrear na Copa do Brasil contra o CENE.

No 3VV iniciamos as colunas Futebol com Números com Luis Fernando Tredinnic, De Olho no Apito, com Danilo Cersosimo e Futebol Legal, com Emerson Prebianchi.

O 3VV fazia um ano de vida e chegava a quatro colunas semanais. No mês foram 73 posts e
804 comentários.

E o palmeirense já se preparava para o Derbi.

MARÇO, MÊS DE DERBI E GARANTIR A SEMI-FINAL

As águas de março nem haviam chegado em Palmeiras e Corinthians se preparavam para o Derbi. O 3VV falou um pouco sobre clássicos e clássicos.

Valdívia foi o homem do jogo na vitória de 1×0 do Palmeiras. E fez o gesto que o marcaria no ano, esfregando os olhos como se estivesse chorando.

O lançamento do pacote de ingressos no Setor Visa foi uma novidade que a área de marketing do clube trouxe. Com a conveniência do Visa o Palmeiras poderia comprar os direitos de usar uma cadeira para todo o ano.

E o jornalista Armando Nogueira, infelizmente um dos últimos que fala do futebol com o coração e a cabeça – e não com o fígado – escreve uma carta a Valdívia.

O time subia na tabela do Paulistão e o Palmeiras jogava com o Bragantino. Ganhou por 5×2 em um jogo onde Marcos foi expulso.

O mês teria ainda o deprimente fato onde o jornalista José Trajano chama o goleiro Marcos de podre. E Luis Fernando Tredinnick profetizava: Henrique Seleção?

Na metade do mês mais um clássico: Palmeiras e São Paulo jogaram em Ribeirão Preto. E o Palmeiras goleou por 4×1. Um dos muitos momentos de alegria do primeiro semestre.

Definitivamente o palmeirense resgatava a sua auto-estima e via um time forte e de respeito em campo. E o Palmeiras assumia a segunda posição do Paulistão.

Se no campo as coisas iam muito bem, fora dele parecia melhor. O projeto da Arena caminhava. Depois do anúncio de dezembro o palmeirense entendeu um pouco como seria o projeto em uma entrevista de João Carlos Mansur, um dos coordenadores do projeto dentro do Verdão.

O mês ainda teve outra entrevista, com Antonio Carlos Pracidelli, ex-treinador de goleiros do Palmeiras e responsável pela revelação de  Veloso, Marcos, Diego Cavalieri e outros tantos. Imperdível.

Em 26 de março, com uma vontade de campeão, o Palmeiras venceu a Portuguesa por 1×0 e praticamente se classificava para as semi-finais do Paulistão. Preá fez o gol.

O Palmeiras no fim de semana seguinte ganhou do São Caetano e se classificou para as semi-finais do Paulistão, deixando a torcida feliz e confiante no título.

 Nesse tempo o Grêmio aprovava o pré-projeto de sua Arena no Conselho.

Março assim terminava. Palmeiras indo para as semi-finais do Paulistão, atrás de um título que o torcedor queria há muito tempo. E o 3VV terminava o mês com 98 posts e 970 comentários, o maior número do trimestre.

Amanhã continuaremos nossa retrospectiva com os meses de abril a junho.

Saudações Alviverdes!

6 respostas em “Retrospectiva 2008: POST 1, resgatando a auto-estima”

infelismente eu tava acreditando nessa arena !
ja vi que e tudo uma enrolacao nunca vai ser construida isso nao passa de um sonho , sonho pra essas pessoas que mente que se levasse o projeto a serio seria feito e uma pena cadia vejo uma noticia adiando esse projeto , e lamentavel ,.

Apenas um detalhe sobre a Arena: Cyrillo Jr. veio dizer que postergarão as mexidas no estádio para depois do Paulista e da Libertadores, a fim de que tentemos o bi em nosso campo. Já começaram a enrolação. Depois eu quero ver essa Arena não sair nem em 2014 e ficarmos com uma cara de tacho.

Na verdade o jogo contra o curintia foi 1 a 0, não 3 a 0.

Os comentários estão desativados.