Categorias
Notícias

Retrospectiva 2008: POST 2, É Campeão e Arena

Continuação da série Retrospectiva 2008: POST 2/5 
Por Vicente Criscio 
 
O período de abril a junho de 2008 foi o melhor do ano para o palmeirense. Comemorou um título paulista e viu a aprovação da Arena no Conselho. Mas também teve seus dissabores dentro de campo.
  
ABRIL, 2X0 E CASO DO GÁS
 
O Palmeiras começava o mês superando o fraco time do Central de Caruaru pela Copa do Brasil na 2a rodada. E ia encarar o Sport em seguida. Mal sabia…
 
Ainda em abril o palmeirense perguntava sobre a Arena e a parceria com a WTorre, dando mostras das muitas dúvidas que a parceria iria trazer ao longo do ano.
 
Em seguida o Palmeiras passava pelo Barueri (3×0) e começava a preparação para as semi-finais do Paulistão. O adversário era o São Paulo FC.

E começava a primeira de muitas discussões dessa semi-final. O primeiro jogo era no Morumbi. O segundo deveria ser no Palestra. Mas tinha a tal famigerada regra do “mando da Federação”.

O 3VV publicou vários posts sobre isso. No primeiro, protentando contra o amadorismo nas decisões sobre o mando de campo. No segundo citando texto de JK que dizia que a Diretoria do Palmeiras (pasmem) queria jogar no Morumbi por conta da renda. E no terceiro, um causo do Jota relembrando os velhos tempos (Se o mando era do Palmeiras o Palmeiras é quem mandava).

Decidiu-se que o segundo jogo seria no Palestra, para alegria da torcida. Mas o primeiro era no Morumbi e uma derrota do SPFC para o Audax Italiano pela Libertadores no meio da semana aumentou a esperança do torcedor alviverde em ter um resultado positivo já no campo adversário.

O Palmeiras perdeu por 1×2 num jogo em que Adriano fez um gol com a mão. Isso aumentou a temperatura para o jogo da volta.

Já na 3a feira o Diretor de Planejamento do Palmeiras, Professor Luiz Gonzaga Belluzzo escrevia um texto intitulado Filhos da Mão. Não precisa falar mais nada…

A semana foi cheia de provocações. Teve dividida no Painel FC do Rogério Dezembro (Diretor de Marketing), teve post citando vários torcedores, como o Palmeirinha, do Tito, que supersticioso já no sábado chamava atenção prá vitória palmeirense,  teve discussão sobre o Seneme apitando o jogo, enfim era uma semana de decisão que há tempos não tínhamos.


E deu Palmeiras, 2×0, com a torcida enchendo o setor Visa de bexigas verde-branca e o Palestra num dos dia mais lindos que eu já pude ver. Claro, e Valdívia mandando fechar a conta e pedindo para aquele goleiro ficar quieto.

Que saudades de um time vibrante e um jogador que decidia! Mas vamos adiante…

Teve o caso do gás (Isso não vai dar certo) que nunca foi esclarecido. E um empate sonolento contra o Sport no Palestra Itália pela Copa do Brasil. Veio a Ponte Preta, o Palmeiras venceu lá (1×0) , colocou uma mão na taça mas a marca lamentável dessa final foi o descaso – prá não dizer outra coisa – que a Diretoria teve com a torcida – especificamente um dos Vice-Presidentes – com a conivência do Presidente para distribuição de ingressos.

Assim terminava abril, com 104 posts e 1.282 comentários, um recorde para nós até este mês.

MAIO, É CAMPEÃO

Na quinta-feira, dia 1o de maio, o palmeirense teve um choque quando o time perdeu para o Sport por 1×4 em Recife e se despediu da Copa do Brasil. Porém dizíamos: o Palmeiras chegará facilmente entre os quatro do Brasileiro, então não há o que temer. Puro engano, como vimos mais tarde.

O palmeirense voltou pro clima do Paulistão e mandou sua foto para o 3VV, que depois virou um grande mosaico. E de uma forma inquestionável o time foi Campeão Paulista (pela 22a ou 24a vez, há controvérsias) vencendo a Ponte Preta no Palestra Itália por 5×0.

Depois da ressaca, tempo de fazer as contas – Luis Fernando Tredinnick calculou em R$ 7,9 milhões o valor do Campeonato Paulista – e aqui no 3VV tentávamos voltar aos temas de marketing falando sobre o Boca Juniors, como o time a ser vencido no continente sobre esse tema.

Começava o Brasileirão e profeticamente dizíamos que o Campeão Brasileiro garantiria o título com 75 pontos e com a força de jogar em casa. E muito otimistas achávamos que com Luxemburgo no comando e com o elenco de peso que tínhamos, essa tarefa seria fácil. Puro engano!

Anunciamos a vinda de Jefferson, Sandro Silva e Fabinho Capixaba. Ai ai…

O Palmeiras começou o Brasileiro tropeçando contra o Coritiba, vencendo o Inter em casa e empatando com a Portuguesa. Esse mal começo já nos deixava preocupados, mas dizíamos: “ainda é cedo, tem muito campeonato”.

Tinha nada: eram apenas 38 rodadas!

O mês teve ainda os seguintes destaques:

– Milton Neves falou sobre o laudo do caso do gás inocentando o Palmeiras;
– Na política, a eleição para vitalícios, onde os candidatos do Muda Palmeiras perderam e aparentemente foram traídos pelos aliados de Della Monica, já dava sinais de uma racha da situação;
– Zenga, em uma entrevista, afirmou que gostaria de treinar o Palmeiras;
– Diego Souza começou tomando três jogos de suspensão, dando mostras do que seria o desempenho do STJD contra o Palmeiras;
– E o 3VV trouxe um belo post sobre o Camp Nou e o Museu do Barcelona.

E assim foi embora maio, com 96 posts e 945 comentários.

JUNHO, ARENA

O mês de junho começou com uma provocação do Flamengo com a Nike colocando um ??? na camisa no lugar da logomarca. E o comentarista do 3VV Márcio mandava o recado: “tem uma marca alemã que precisa se tocar”.

E o STJD, no recurso, reduziu a pena de Diego Souza de 3 para 1 jogo. Só que o meia ficou de fora do empate contra a Portuguesa. E Emerson Prebianchi perguntava: quem paga o pato?

O Palmeiras iniciava o mês ganhando do Atlético PR e o 3VV estreava a coluna DROPS.

E relendo o 3VV eu vejo que a gente também escreve muita bobagem. No drops de 4 de junho noticiamos que Evandro e Gladstone haviam sido contratados e que o meia garantia que cumpriria o contrato até o final. Que pena!

No dia 7 de junho a Seleção Brasileira jogava nos Estados Unidos e a bandeira palmeirense estava lá.

Perdemos – mais uma vez – para o Sport, dessa vez para o time reserva, mas o grande tema do mês estava por vir: o Lance noticiou a votação do Projeto Arena pelo Conselho no dia 30 de junho.

O Corinthians perdeu a final da Copa do Brasil.

E entramos no clima da Arena. Publicamos uma exaustiva análise das receitas da Arena Palestra e o Jota publicou ainda uma série de causos sobre o Palestra Itália.

E no dia 27 de junho o 3VV deu com exclusividade entre blogs e mídia a primeira imagem da Arena. O post Eu disse SIM! teve 176 comentários e defendia o projeto.

Entre liminares e muita discussão a Arena foi aprovada pelo Conselho para alegria do palmeirense. O 3VV fez uma cobertura on line com o post Plantão Arena, inclusive com imagens do projeto.

E com essa alegria terminou JUNHO, com 112 posts e 1.635 comentários, outro recorde.

Nesta 2a feira publicaremos a retrospectiva de julho a setembro. Na 3a feira. a retrospectiva de outubro a dezembro. E na 4a feira, dia 31, faremos a avaliação desse ano.

Saudações Alviverdes!

4 respostas em “Retrospectiva 2008: POST 2, É Campeão e Arena”

HAuahuahau Eu lembro quando a imagem da Arena saiu. Imagino como deve ter ficado as redações dos ditos jornais esportivos de São Paulo quando viram que foi aqui que saiu primeiro como tantas outras coisas a mais que eles distorcem… abs

Grande iniciativa Vicente, parabéns mais uma vez pelo belíssimo site.

Chico Palestrino.

Tambem fiz uma mini retrospectiva e postei no meu blog amador em 7 de dezembro.
nele ainda falo que o palmeiras precisaria mandar alguns jogadores embora antes da dietoria do palmeiras fazer a limpeza.
um balanço da temporada de 2008 realizada pelo nosso querido Palestra Itália,acho que podemos ficar contentes.
Sei que a maioria dos palmeirenses está com sentimento de raiva por chegarmos tão perto do titulo nacional e nas ultimas rodadas deixarmos ele escapar, mas se analisarmos bem desde o inicio do ano o trabalho que está sendo feito ainda vai gerar frutos.

Porque digo isso:

Então vamos fazer uma viagem ao tempo e lembrarmos exatamente de como terminamos o ano de 2007 e como começou o ano de 2008.

Com um time e técnico mediocre ( no sentido da palavra mediano)

GOL Diego Cavalieri
DEF David
DEF Gustavo
MEI Deyvid
MEI Makelele
MEI Wendel
ATA Luiz Henrique
MEI Caio
ATA Edmundo
LAT Leandro Silva
LAT Valmir
ATA Rodrigão
LAT Paulo Sérgio
MEI Martinez
TÉC Caio Júnior esse time foi o da ultima rodada , Valdívia não jogou

Então trocamos o técnico por Wanderlei Luxemburgo com uma comissão técnica de primeira através da parceira traffic começaram a chegar jogadores
Henrique , Diego Souza, Alex Mineiro,Elder Granja, Kléber, Lenny,Denilson,Léo Lima
que em minha opinião só Alex Mineiro e Diego Souza foram contratados em bons momentos da carreira.
Henrique uma aposta que deu muito certo
E os outros foram contratados através de negócios oportunos, empréstimo(Kleber), contrato de produção (Denilson;Leo Lima) e Leny no embrólio do Thiago neves .
Foi com esses jogadores mais aqueles remanescestes do ano anterior que iniciamos o paulista
sairam Edmundo , Paulo Sérgio,Luiz Henrique,Caio,Rodrigão , Wendell
Enfim tinhamos um time competitivo a nivel de paulista mais sem reservas de qualidade
melhoramos fomos campeões Paulista.
Em minha opinião com o melhor time do ano.
Marcos (Diego Cavalieri)
Élder Granja
Gustavo
Henrique
Leandro
Pierre
Martinez
Diego Souza
Valdívia
Alex Mineiro (Lenny)
Kléber (Denílson)
Técnico: Wanderley Luxemburgo. Time campeão contra a PontePreta

depois para o Brasileiro a diretoria cometeu alguns erros
Contratou muitas apostas ,Sandro Silva ,Jumar, Capixaba, Evandro,Jeci Roque Junior e vendeu Henrique e durante o torneio vendeu nosso cerébro (jogador de muita criatividade) Valdivia.
Enquanto nossos adversários se reforçavam durante o brasileiro nos enfraquecemos,perdemos pontos onde não podíamos, para times sem expressão , para quem quer ser campeão, esses erros não podem acontecer.
Enfim terminamos o ano com um time bom , mas não o suficiente para ser Campeão Brasileiro talvez se fosse o mesmo time do 1º semestre
JÁ ESTARÍAMOS COM O TITULO
Oque importa agora e que devemos melhorar ainda mais o time
jogadores como Diego Souza, Denilson , Alex Mineiro,Léo Lima ,Elder granja,Jeci,Roque Junior
são jogadores lentos que não aguentam um campeonato tão longo,tem que deixar o clube , para atacantes mais velozes e habilidosos, defesa mais consistente .
Não se monta times campões do dia para noite , os jogadores que dão certo ficam os que não devem ser descartados
e o time vai ficando cada vez mais incorpado e coeso
A idéia é essa reformular para melhorar , e o ano que vem será um ano totalmente verde
Saudações Alvi verdes

Os comentários estão desativados.