Categorias
Notícias

A chapa está esquentando

Por Vicente Criscio
 
Ontem no Palestra Itália – clube – afirmava-se para quem quisesse ouvir que a chapa da situação estava definida.
 
Os nomes:
 
Luiz Gonzaga Belluzzo – Presidente
Gilberto Cipullo – Vice-Presidente
Salvador Hugo Palaia – Vice-Presidente
Ebem Gualtieri – Vice-Presidente
Clemente – Vice-Presidente
 
Fiquei surpreso com a presença de Palaia e Gualtieri. Haviam informações que José Cyrillo e Carlos Della Monica, filho do Presidente Affonso Della Monica, seriam os escolhidos. Se essa chapa se confirmar significa que a ala do atual Diretor Financeiro, Salvador Hugo Palaia, saiu fortalecida dessa negociação. Por outro lado vem junto com ele seu fiel escudeiro, Ebem Gualtieri, principal responsável pelos problemas de ingressos no ano de 2008.
 
IMPACTOS

O sistema de Governo da SE Palmeiras é o Presidencialismo. Ou seja, o Presidente manda, os outros obedecem, independentemente se foram eleitos Vice-Presidentes. Logo, o Presidente eleito definirá os responsáveis pelos diferentes departamentos.

Nesse caso, com essa chapa e com a eventual eleição de Belluzzo a continuidade da gestão do futebol com Gilberto Cipullo será preservada. Como também será preservada os outros projetos críticos – Arena Palestra principalmente.

Entretanto qualquer negociação parte do princípio que houve uma promessa de cargos e departamentos aos outros candidatos a vice presidente. Isso terá que ser analisado após a eventual eleição.

No que se refere às chances de vitória elas parecem altas. Se os aliados de Della Monica estão apoiando essa chapa – representados na figura de Clemente – então a vitória deve ser relativamente fácil no pleito de 26 de janeiro.

Vamos ver se essa chapa se confirma e principalmente se os prognósticos aqui colocados batem com a lógica dos conselheiros palmeirenses.

Saudações Alviverdes!
Feliz ’09, vamos juntos.

14 respostas em “A chapa está esquentando”

Esse é o problema Paulo. Uma parte dos conselheiros que apoia o DM não aceitam a candidatura de Belluzzo. São até mais radicais do que se pensa, eles retirariam o acordo com o Muda e prosseguiriam sem essa composição.
O problema está mais lá atrás, no tempo. Alguns não aceitam o modo e a liberdade que foi dada ao pessoal do Muda nesses 2 anos.
Da mesma maneira que existe essa rejeição por parte de parte do grupo de DM, uma parte do pessoal do Muda tbm não facilita as coisas e não aceita trabalhar em conjunto (dentro dos projetos), preferindo tocar ações especificas a juntar-se com os “outros”.
Como vc pode ver, não é um quadro politico fácil.
Esperemos esses próximos dias para ver se há chance de paz.
Abs

Sergio, mas se os aliados de Della Monica estão apoiando o Belluzzo então a vitória do Belluzzo deve ser relativamente fácil.

Sergio, mas se os aliados de Della Monica estão apoiando o Belluzzo então a vitória deve ser relativamente fácil .

Carlos, vc está correto nas tuas observações.
Mas, amizade não significa apoio dentro do Palmeiras. Facchina não apoiará Belluzzo, com certeza. E tbm, Facchina não carrega votos, mas dá peso às decisões.
E, Frizzo está lutando para ser o preferido de Mumu, embora não conte com a simpatia deste.
E, Gianninni está pronto para negociar uma pretensa união palmeirense, sem a interfrencia de Mumu. Jogo de xadrez dificil, mas de lances conhecidos.
Abs

Sergio nao e bem assim,o Carlos Facchina que hoje e oposiçao é muito amigo do Belluzzo,e tem outro detalhe o Roberto Frizzo embora esteja falando como candidato da oposiçao nao é muito bem visto no grupo do ex-presidente Mustafa Contursi,o seu grupo prefere que o Mustafa lance o Mario Giannini como candidato.

Gostaria de esclarecer que as eleições que ocorrerão dia 26, apesar da exigencia de inscrição de chapas até o dia 15, não temcomo método de votação a chapa completa.
O processo é de votação por cargo.
Assim, os conselheiros (290) votarão para Presidente, 1o Vice, 2o Vice, 3o Vice e 4o Vice.
Pode acontecer, como aconteceu na última eleição, de um ou mais cargos ficar com outra chapa que não a do Presidente eleito.
Há sim, um certo receio de rejeição (perda de votos) do candidato Belluzzo, mas parece que não tem outro. Hoje não se garante mais do que 110 votos para Belluzzo.
Da mesma maneira, o pretenso candidato Clemente Pereira (foi ele mesmo que espalhou a noticia no sábado) não tem força caso os outros candidatos das outras chapas forem mais fortes.
Imaginem a seguinte situação, disputando o cargo de 4o Vice, Clemente (pela situação) e mario Gianninni pela oposição. Gianninni levará fácil.
Existe uma outra tradição no Palmeiras. A de sempre haver um 3o candidato a Presidente, que abre mão de sua candiatura no dia da eleição.
Vamos ver o que acontece e como acontece.
Esta semana é decisiva para o futuro de nosso clube.
Abs

Vicente, não tem nada a ver com o tópico, mas ontem, na estréia da Copinha, o Palmeiras demonstrou a grandeza de espírito que o diferencia dos seus principais rivais, exibindo a marca do patrocinador mesmo após o término do contrato, ocorrido no final do ano. Independente da renovação ainda estar sendo negociada, o que parece ser os casos também do São Paulo e do Corinthians. E olha que no caso dos bambis o patrocinador está no clube há muitos anos. E um de nossos diretores deu uma boa alfinetada nos rivais ao dizer que “não temos pobreza de espírito”. Dez…

O grupo Muda Palmeiras, que esteve na oposição tantos anos, sem pão e sem água, sabe melhor que ninguém o enorme avanço conseguido nos últimos quatro anos. Sejamos realistas: quem imaginaria, quando o turcão confiou o poder ao seu fiel escudeiro, homem de sua confiança, que haveria tanta transformação em tão pouco tempo? Pela similaridade, no nosso caso, vale o que disse Geisel no auge da ditadura militar a respeito da democratização. Melhor que seja lenta, gradual, mas irrestrita. A melhor receita para ser também duradoura.

Vicente,
Sinceramente, depois de tudo que vejo na política do Palmeiras,minha única esperança é realmente o Prof.Beluzzo.
Por tudo que ouço e leio a respeito dele,acho difícil que ele entre em algo que não possa comandar do jeito dele.
Mas é melhor aguardar,a política e o poder mudam as pessoas.Espero que ele não entre nessa apenas para “jogar o jogo” e sim para virá-lo a favor do Palmeiras e dos seus 15 milhões de torcedores.

Abraços.

@ CRISTIANO: minha informação é que Cyrillo ia apoiar a chapa. Mas essa informação era quando ele estava cotado para Vice Presidente. Se essa chapa for prá valer, aí não sei. O Paulo Nobre não deve apoiar. @ SERGIO, obrigado pelas informações. Essa de que. as diretorias seriam reduzidas seria uma excelente notícia. Vamos torcer prá emplacar. @ CASSIO: realmente é preocupante, mas vamos como eu disse o sistema é presidencialista. O vice presidente pode ser meramente decorativo. @ AVILA, realmente ainda temos que esperar. Abraços a todos.

Se o Prof.Beluzzo sabe quem foi o principal responsável pelos problemas de ingresso,me surpreende que ele aceite essa figura na sua chapa.Pra mim já começa errado.
Acho que fazer acordos só pra se eleger e ficar refém de pessoas comprovadamente incompetentes não adianta nada.

A maior “contratação” do Palmeiras na temporada seria a eleição do Prof.Beluzzo.Mas sem ter que distribuir cargos em troca da eleição.Se for para ficar atrelado às “múmias” do passado não há Beluzzo que dê jeito.

É preocupante.

Abs.

Se os buzios estiverem certos, Palaia deverá ser o 1o Vice. E Clemente Pereira ainda pode ser substituido, já que não conta com a simpatia de Palaia.
Cyrillo parece que deve seguir como Diretor Administrativo, mas uma reforma estrutural está prevista para enxugar o número de Diretorias e criar 5 ou 6 Diretorias fortes, com os outros Deptos atrelados.
A grande dúvida continua sendo a rejeição que Belluzzo tem dentro da ala DM. Estima-se que ele possa perder de 30 a 40 votos se o acordo não for bem costurado.
Ao longo de 4 anos, DM queimou os possiveis candidatos e não consegue transferir os votos de seu grupo, já desunido. Várias correntes divergentes do grupo original passeiam pelas alamedas.
Esperança e perseverança para que tudo dê certo.
Abraço

Vicente o Cyrillo e o Paulo Nobre não estão na chapa o apoio deles não é fundamental para vitoria?

Vamos esperar dia 15/01,pra podermos comemorar esta chapa, tomara Deus que seja esta a chapa da situação. Mas vamos aguardar as coisas no Palmeiras mudam demais….Grande abraço Vicente!

Os comentários estão desativados.