Categorias
Direto da Fonte

Marcos fala sobre sua volta e o grupo

No retorno ao gol do Palmeiras após ter ficado de fora das duas
primeiras rodadas, o goleiro Marcos era só alegria após a vitória de
3×0 sobre o Marília. Bastante tranqüilo, o goleiro fez questão de
elogiar o bom início de temporada da equipe.

“A formação do elenco deixou muitas dúvidas, pois chegaram atletas
jovens. Mas todos eles foram líderes e destaques nos clubes por onde
passaram. Nas férias eu havia falado que as cobranças e a
desconfiança estavam sendo exageradas. Não se pode julgar sem antes
ver jogar, e aqui no Brasil as pessoas tem esse hábito. Esse bom
início não é um cala a boca à ninguém, até porque não conquistamos
nada, mas é a prova de que temos um grupo vibrante e com objetivos a
serem cumpridos”, comentou, em entrevista concedida nos vestiários do
estádio Palestra Itália.

Marcos comentou sobre o jogo de quinta-feira, contra o Real Potosí, e
lembrou que as dificuldades serão bem diferentes. “Os clubes de fora
tem outra postura. Tem catimba, malandragem. Primeiro que a gente não
pode cair no jogo do adversário. Temos que repetir aquilo que fizemos
nesses três primeiros jogos. Não será igual, pois o estilo de jogo é
diferente. Mas por jogarmos em casa e com o apoio do nosso torcedor,
precisamos nos impor.”

O fato do Verdão voltar a disputar uma Copa Libertadores foi
destacada pelo capitão palmeirense. “É sempre muito prazeroso
disputar uma Libertadores. É uma competição nobre e o Palmeiras,
desde já, tem que se acostumar a participá-la.”

Perguntado sobre os problemas do ano passado, quando deu declarações
que não repercutiram muito bem, Marcos foi sincero. “Fizeram muita
tempestade em algumas coisas que eu falei, mas isso já é passado.
Esse ano vai ser diferente.”