Categorias
Arenas

Série Arenas – sobre os espectadores: cobertura e cadeiras

Da Série Arenas Esportivas 
Recomendações e Exigências Técnicas FIFA
  
Por Claudio Baptista Jr.*  

Pessoal,

Espero tenham passado um ótimo Natal e desejo a todos um feliz ano novo. Que este ano seja marcante para nós Palmeirenses através de importantes títulos e a deslanchada das obras da nossa Arena.

Hoje iniciamos a 6° parte do documento da FIFA que fala sobre Espectadores.

Essa 6ª parte inicia-se mencionando que os Estádios de Futebol Modernos devem ser desenvolvidos de maneira que a segurança e o conforto de todos os espectadores sejam assegurados, que o campo de visão não seja obstruído e que o acesso aos banheiros e pontos de serviços (alimentação, bebidas, entretenimento) seja fácil.

O primeiro item que entraremos será desmembrado nessa e na próxima semana, pois é um pouco mais extenso.

Segue em negrito o posicionamento dos temas desta publicação perante o conteúdo total:

1 – Decisões preliminares.
2 – Segurança.
3 – Orientação e estacionamentos.
4 – Áreas de jogo.
5 – Autoridades e jogadores.
6 – Espectadores.

– Normas gerais de conforto. (parcial)
– Espaços acessíveis aos espectadores.
– Comunicação com o público.
– Espectadores com dificuldade de locomoção.
– Stands
– Bilheteria e controle de acesso eletrônico.

7 – Hospitalidade.
8 – Mídias.
9 – Iluminação e alimentação elétrica.
10 – Telecomunicações e espaços complementares.

6.1 – Normas gerais de conforto.

Nos últimos 25 anos, o nível de conforto dos estádios progrediu consideravelmente e todas as categorias de lugares. Como essa tendência deve continuar, os estádios não devem ser construídos somente para alguns anos, mas acima de tudo para que estejam conformes às exigências futuras ou que sejam mais facilmente adaptados para atendê-las.

Um estádio moderno deve conter as seguintes instalações:

Cobertura para o público.

Um teto que proteja todos os espectadores é recomendado nas regiões de clima frio e úmido. Nas regiões onde o sol brilha quase que permanentemente, a sombra criada pela cobertura deve atingir a todos os espectadores, ao menos em uma parte da partida.

Os espectadores não gostam de ficar dentro de um estádio durante a partida sob temperaturas glaciais ou no calor e umidade. Se a muito tempo os escritórios, os carros, as casas de espetáculo e algumas instalações de esporte possuem aquecimento e climatização, é previsível que os espectadores exigirão em breve as mesmas condições dentro de seus estádios.

A tendência atual diz que um estádio seja dotado de um teto retrátil integral (espectadores + campo de jogo) podendo permanecer aberto caso as condições meteorológicas permitam.

Aqui já podemos abrir parênteses para comentar novamente sobre a Arena Palestra Itália que prevê em seu projeto, além da instalação da cobertura para todo o público, condições para que no futuro, quando for possível e assim o clube desejar, seja instalado o teto retrátil integral.

O problema que impõe esse tipo de teto, mesmo que totalmente aberto é em relação ao gramado natural que necessita de iluminação, ventilação que são reduzidas consideravelmente com este tipo de instalação.

Um comentário nosso a esse respeito é que uma vantagem de instalação do teto retrátil aqui no Brasil e em São Paulo comparado, por exemplo, a mesma instalação em ambiente Europeu é que temos condições meteorológicas de incidência solar e faixas de temperatura muito mais favoráveis ao gramado natural. Esse pode ser um fator importante para o sucesso dessa instalação na Arena Palestra Itália, tudo, obviamente partindo-se de estudos detalhados que comprovem essa possibilidade.

Uma solução inovadora foi encontrada no Estádio Gelredome d’Arnhern (Países Baixos), no Estádio de Gelsenkirchen (Alemanha) e Saporo Dome (Japão) onde o gramado pode ser movimentado para fora do estádio para receber melhores condições. Esse sistema funciona bem mas é bem oneroso.

Ainda em relação ao nosso comentário logo acima, vejam que esses estádios citados encontram-se em países cujo clima é mais rigoroso comparado ao Brasil.

Cadeiras.

Todos os espectadores devem ficar sentados. As cadeiras devem ser individuais, fixas e confortáveis, com encosto de apoio de pelo menos 30cm de altura. Os encostos permitem também evitar a projeção para frente, muito perigosa, dos espectadores habituados aos lugares em pé no momento em que é marcado um gol. Os espaços onde os espectadores podem seguir a partida em pé ou em bancos (sem encosto) são inaceitáveis quaisquer que sejam as circunstâncias para estádios da Copa do Mundo da FIFA.

As cadeiras não podem ser de material quebrável, não devem ser inflamáveis e capazes de resistir ao clima local sem deteriorar nem perder a coloração. As cadeiras VIP’s devem ser mais largas e mais confortáveis, situadas na altura da linha média (meio de campo) e separadas das outra categorias de lugares. É conveniente escolher as cadeiras a serem instaladas com muito cuidado.

As normas de construção e de segurança variam de um país ao outro, portanto não é possível emitir recomendações restritas em relação a largura das cadeiras, sua localização, espaçamento entre elas ou número máximo de cadeiras entre os corredores. No entanto, a segurança e o conforto entre dos espectadores devem estar em primeiro plano e a configuração e estilo dos assentos são fundamentais.

O espaço entre as cadeiras deve ser suficiente para que o joelho de um espectador não toque a cadeira a frente e permita aos espectadores se moverem entre as fileiras mesmo que elas estejam ocupadas. O fator de segurança é importante, no entanto, nem sempre isso é levado em consideração. Em vários estádios, é quase impossível se mover entre as fileiras quando as cadeiras estão ocupadas e isto não é aceitável. A fim de assegurar espaço suficiente para as pernas, uma distância mínima de 85cm entre os encostos dos bancos é recomendada.

A largura da cadeira é essencial para o conforto do espectador. De um ponto de vista financeiro, é talvez interessante colocar o máximo de espectadores, mas isso pode comprometer a segurança, o que seria totalmente irresponsável.

A largura mínima regulamentar de uma cadeira é de 45cm, mas é recomendado não ser abaixo de 47cm. Em vários países, os espectadores vestem roupas grossas, o que deve ser levado em consideração.

Todas as cadeiras devem oferecer um campo de visão do campo de jogo não obstruído. Ao calcular o campo de visão é conveniente levar em consideração que os painéis publicitários têm altura entre 90 e 100cm colocados em torno do campo a 4 ou 5 metros das linhas laterais, a cinco metros das linhas de fundo e em até 3 metros nos cantos das bandeiras de escanteio. De uma forma simples, cada espectador deve ter um bom campo de visão acima da cabeça de um espectador sentado dois lances de cadeiras a sua frente.

Abrindo um parêntese no documento, temos ouvido muito a respeito dos 38° de inclinação da construção que comporta as cadeiras em relação ao campo que a FIFA exige. Honestamente, até hoje eu só vi as exigências descritas acima. Possivelmente, o cálculo para chegar a esses 38° considerou essas ponderações da FIFA. Se ficarmos focados apenas no ângulo de visão dos espectadores e não no ângulo das cadeiras, percebe-se que em função da posição do espectador, seu ângulo de visão em relação ao campo varia.

Caso alguém tenha conhecimento do documento da FIFA que exija os 38° de inclinação da CONSTRUÇÃO QUE COMPORTA AS CADEIRAS em relação ao campo, ficarei muito grato de conhecê-lo.

Vejam nas figuras abaixo a representação das cadeiras em função das dimensões citadas acima bem como a demonstração do campo de visão dos espectadores.

x = (a.b) / (c – 12) onde x é a distância do espectador ao limite do campo.

Na próxima semana continuamos com este primeiro item.

Abraço,
Claudio Baptista Jr.
—-
*Claudio Baptista escreve todas as 5as feiras; o post acima foi baseado
em documento da FIFA que fala sobre recomendações e exigências
técnicas para arenas esportivas; reprodução permitida mediante  explícita
divulgação do autor do texto, do site da FIFA e do blog Terceira Via Verdão e seu link.

Uma resposta em “Série Arenas – sobre os espectadores: cobertura e cadeiras”

Cara,

Muito interessante isso hein ,,,
PARABÉNS !!!

Os comentários estão desativados.