Categorias
Direto da Fonte

Elenco reconhece cansaço e fala da preparação

Foto: Fabio Menotti

Os jogadores que viajaram nesta quinta-feira (12) para Quito, no
Equador, praticamente não tiveram tempo para dormir. A delegação
chegou no hotel em São José do Rio Preto, após a vitória de 3×2
sobre o Mirassol, por volta da 1h30, e o jantar terminou às 2h. Às
4h30, 11 jogadores, sendo 10 titulares, já estavam de pé para seguir
para o Aeroporto de Conhonhas e, em seguida para Guarulhos.

“Não deu nem para dormir. A adrenalina é muito alta, tiramos apenas
um descanso. Mas é um esforço que é totalmente válido. Tudo sem seu
preço. Conseguimos oito vitórias seguidas e estamos viajando para
disputar uma das competições mais importantes do planeta. É isso o
que deve ser levado em conta”, contou o atacante Keirrison.

O volante Edmílson lembrou que o cansaço do time não é físico. “Não
estamos sentindo nenhum desgaste físico, pelo contrário. Jogamos
debaixo de chuva em muitas partidas e corremos do primeiro ao último
minuto. Cansa o psicológico e essas idas e vindas por Aeroportos.
Mas teremos tempo para repousar até o jogo da LDU”, apontou.

Para o goleiro Bruno, o fato do time ter vencido as oito partidas,
mesmo com tantas viagens, serve como motivação. “Tivemos um ritmo
maluco desde que as competições começaram. Foram muitas viagens e um
jogo em cima do outro. Mas em nenhum momento deixamos de correr.
Fisicamente, nosso time está impecável. E na parte técnica, temos
feito a nossa parte. Todos estão muito bem. Teremos praticamente uma
semana até o jogo da LDU”, comentou.

Somente dois atletas do elenco atual disputaram os 8 jogos do ano: o
zagueiro Danilo e o atacante Lenny. “A gente sentiu um pouquinho,
mas confesso que estou me sentindo bem. A estrutura que o Palmeiras
oferece, incluindo o trabalho do fisiologista, nutricionista,
massagistas e equipe médica, ajuda na recuperação.”

Lenny atuou com menos freqüência que Danilo, e sábado, se entrar em
campo contra o Paulista, será o único a ter atuado todos os
jogos. “O Palmeiras não tem apenas 11 titulares. Isso foi
provado nas vitórias sobre o Marília e a Ponte. Estamos dando
retorno e isso é o mais importante.”

2 respostas em “Elenco reconhece cansaço e fala da preparação”

o elenco ta pagando o preço pelo”falta de vontade” de Leandro, Elder Granja, Alex Mineiro e outros… q. deixaram escapar a 3ª posição no brasileiro passado.. iniciarimos a libertadores esta proxima semana e em um grupo menos complicado..
paciencia.. agora é passar por cima..a molecada é nova e corre muito..

É o preço que se paga por disputar uma competição como a libertadores.

Os comentários estão desativados.