Categorias
Notícias

O pêndulo político na SEP; e procura-se uma Kombi

Diz a lenda que o ex-Presidente Mustafá Contursi, no início do ano 2000, chegou a dizer que a oposição inteira caberia numa Kombi, em alusão ao fato de poucas pessoas pertencerem ao movimento Muda Palmeiras, que se posicionava frontalmente contra o modelo de gestão do antigo mandatário do clube.

Passado menos de uma década, Mustafá corre o risco de juntar seus seguidores talvez não numa kombi, mas em um micro-ônibus, desses usados no transporte coletivo da nossa cidade.

Após um tempão procurando os resultados tanto do CD quanto do COF, o recém eleito conselheiro pela chapa Palestra, Guilherme Gomes Pereira, leitor do 3VV, conseguiu as informações para mim.

Vejam os números abaixo e um pouco de análise sobre os votos. E veja como está se comportando o pêndulo político no clube.

COMO FICAMOS?

Três chapas concorreram às eleições. A chapa Palestra, com representantes ligados ao ex-Presidente Della Monica; a chapa União Verde Branca, com antigos membros do Muda Palmeiras e que representa o suporte político de Luiz Gonzaga Belluzzo, Seraphim Del Grande e Gilberto Cipullo; e a chapa Verde, com os seguidores do antigo Presidente Mustafá Contursi.

Estava em jogo 76 vagas. E cada chapa, por força do estatuto palmeirense, concorria com 91 candidatos. Entretanto, alguns candidatos se apresentam apenas para compor a chapa. Os “candidatos de verdade, ou seja, aqueles que disputam ferozmente uma vaga no CD geralmente estão em um número bem menor que os 273 inscritos.

E foram computados 3.748 votos válidos dos sócios.

QUEM VENCEU?

A chapa que venceu com folga foi a chapa Palestra. A chapa teve 44,5% dos votos válidos dos conselheiros e pelo sistema de representação proporcional ficou com 44,7% das 76 vagas, ou seja, 34 conselheiros eleitos.

A UVB ficou com 24 cadeiras (31%) e a chapa Verde ficou com apenas 18 cadeiras, 24%.

O curioso é que a chapa Palestra foi a que teve maior número de candidatos disputando. Dos 91 candidatos apenas 4 tiveram ZERO votos. Ou seja, claramente eram candidatos para compor o número de 91 inscritos.

A chapa UVB teve 12 candidatos com ZERO voto, ou seja, 79 candidatos concorreram. E a chapa Verde foi a que menos candidatos teve, apenas 57.

Esses números podem indicar que a chapa Verde teve melhor capacidade de articulação. Ou seja, definiu poucos candidatos e concentrou votos nesses conselheiros. Por outro lado pode indicar que poucos estão querendo concorrer na chapa que representa um ex-Presidente (Mustafá Contursi) tão desgastado.


O fato é que, assumindo que apenas candidatos que receberam pelo menos um voto estavam na disputa para valer, a chapa Palestra deveria ter tido maior dispersão.

Mesmo assim a chapa Palestra conseguiu um índice bem positivo: conseguiu eleger um conselheiro para cada 2,5 candidatos, enquanto UVB e Verde elegeram um conselheiro para cada 3,2-3,3 candidatos.

Claro que um número maior de candidatos também ajuda na maior mobilização. Daí que sozinha a chapa conseguiu 44,5% dos 3.748 votos, sem dúvida um número bastante importante (compare com o seguinte: no mesmo sábado enquanto 1666 sócios do Palmeira votavam apenas na chapa Palestra, cerca de 2 mil sócios corintianos elegiam um Presidente).

E O COF?

Semanas antes, na eleição para a Presidência, o Conselho elegeu também os membros do Conselho de Orientação e Fiscalização. O COF tem uma função de orientar e fiscalizar o Conselho e a Diretoria Executiva no cumprimento do estatuto.

O COF se compõe de 15 membros eleitos pelo CD e membros natos – ex-Presidentes – que passam automaticamente ao COF ao fim dos seus mandatos. O Presidente da Diretoria Executiva e os Vice-Presidentes são participantes convidados das reuniões mensais, a menos que sejam reuniões secretas.

Nem o Presidente, nem os vice-presidentes e nem os membros natos têm direito a voto. Apenas os 15 membros eleitos.

A atual composição do COF é amplamente favorável á aliança entre os representantes das chapas Palestra e UVB. Dos 15 membros eleitos, 12 são dessa aliança. Veja lista abaixo. Os nomes grifados em vermelho são da oposição. Em azul, os ex-Presidentes:

ANTONIO AUGUSTO POMPEU DE TOLEDO PRESIDENTE
DÉCIO PERIN VICE-PRESIDENTE

AFFONSO DELLA MONICA NETTO MEMBRO NATO

CARLOS B. FACCHINA NUNES MEMBRO NATO

MUSTAFÁ CONTURSI G. MAJZOUB MEMBRO NATO

ALBERTO STRUFALDI NETO MEMBRO EFETIVO

ANTONIO SÉRGIO ORCIUOLO MEMBRO EFETIVO

ARNALDO LUIZ ALBUQUERQUE TIRONE MEMBRO EFETIVO

CARLOS AFONSO DELLA MONICA (SECRETÁRIO) MEMBRO EFETIVO

CELSO JOSÉ BELLINI (RELATOR) MEMBRO EFETIVO

EMILIO ACOCELLA MEMBRO EFETIVO

FRANCISCO GERVÁSIO PRIMO MEMBRO EFETIVO

LUIZ CARLOS GRANIERI MEMBRO EFETIVO

MARIO KAMINSKI MEMBRO EFETIVO

SERAPHIM CARLOS DEL GRANDE MEMBRO EFETIVO

SERGIO ROBERTO GRANIERI MEMBRO EFETIVO

WALTER JOSÉ MUNHOZ MEMBRO EFETIVO

WLADIMIR TOMANIK MEMBRO EFETIVO

Ou seja, uma vantagem relativamente confortável para a atual aliança gerir e influenciar nas decisões do COF.

MAS AINDA FALTA UMA

Nas próximas semanas ainda teremos mais uma votação importante. A do Presidente do Conselho Deliberativo. Seraphin Del Grande foi o Presidente do CD nos últimos dois anos mas com sua eleição par ao COF ele deixa o cargo. Affonso Della Monica e Roberto Frizzo disputam o cargo, que em tese organiza e prioriza a pauta das votações, além de ter uma influência um tanto maior na articulação política dentro da casa.

De qualquer forma fica evidente, após tantos processos eleitorais que o clube se submeteu nos últimos tempos, que o pêndulo da força política já se consolidou do lado da chapa Palestra e vai criando consistência do lado da UVB.

Enquanto isso, Mustafá Contursi começa a procurar uma Kombi confortável para colocar seus partidários. Mas dizem que está difícil de achar: o ex-presidente insiste que quer uma kombi boa e barata.

Saudações Alviverdes!

11 respostas em “O pêndulo político na SEP; e procura-se uma Kombi”

Fernando vou complementar o post com os dados que você sugeriu. Weliton, o processo político demonstra que o Mustafá está perdendo força. Mas ele ainda tem a maioria dos vitalícios ao seu lado. Por isso os mais de 100 votos pro Frizzo. Carlos, acho que essa eleição o Della Monica ganha com mais folga do que a vitória do Belluzzo.

Fala Rodrigo. Ainda teve dessa é? Quando ganha eles tentam segmentar os votos para dar uma “equilibrada”? É complicado… valeu pelo link, vou disponibilizar em um post pro pessoal. Abs,

Fala Vicente!
A enquete que o Cristiano mencionou é um banho do Marcão!
http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Esporte_Espetacular/0,,MUL1013524-16321,00-SAO+MARCOS+GOLEIA+ROGERIO+CENI+NA+INTERNET+NO+QUADRO+QUEM+E+O+MELHOR.html
Detalhe, na matéria tentaram fazer de um jeito que desse a entender que havia equilíbrio. Mas, contanto os votos sem fazer divisões estúpidas (tipo “notáveis”), a gente vê que o Marcos ganha de todas as formas e de lavada!
Abs!

Vicente você acha que se o Marcos tivesse levado o coro que o R. ceni levou na enquete do esporte espetacular não estariam falando que nossa torcida estava pequena!

Genial Vicente, daqui a pouco a turma do mumu vai ter q procurar um fusquinha… rsr…Vicente vc poderia nos dizer como ficou o GERAL do CD.. ou seja qual a composicao de todos os conselheiros vitalicios ou nao??

abracao

Vicente acho q c errou no texto.
C citou a Chapa Palestra 2 vzs pra falar das 3 chapas.No fim do paragrafo q c fala delas, a chapa do Tio da Kombi eh a Chapa Verde

Vicente você poderia mostrar quanto ganhou e quanto perdeu cada chapa no conselho nestas 76 cadeiras. O Fred Jr na Jp falou que apenas a UV ganhou Conselheiros, que a chapa verde e a chapa palestra perderam um pouco. Sera verdade?

eu lendo assim parece que mumu esta muito fraco . mais porque o frizzo teve mais 100 votos ?
espero ver uma dia ele fora do palmeiras .

Vicente,o Afonso Della Monica vencera o Roberto Frizzo na eleiçao do conselho deliberatico com facilidade?Abraços!!!!!!!!!!

Enquanto isso, Mustafá Contursi começa a procurar uma Kombi confortável para colocar seus partidários. Mas dizem que está difícil de achar: o ex-presidente insiste que quer uma kombi boa e barata. GENIAL… hauhauha…. Esperamos que a oposição – mesmo em menor número – seja crítica e não destrutiva e atue com honestidade, sem brigas pessoais. Cobrando oq tem de ser cobrado DENTRO do Palmeiras. E não com ataques pessoais e “jogando” (pra não dizer roubando) documentos importantes na/para imprensa. Abs

Os comentários estão desativados.