Categorias
Pré Jogo

Pré Jogo Palmeiras x Santos: o primeiro clássico

Neste domingo às 17 horas o Palmeiras fará o seu primeiro clássico do ano.

Bom momento para testarmos se os mais críticos – aqueles que afirmam que até agora o time só jogou contra times fracos – tinham razão.


O ADVERSÁRIO

O Santos faz uma campanha razoavelmente boa nesse Paulista. Em cinco rodadas venceu três partidas,  empatou duas e perdeu apenas uma (para o Ituano, em Itu, por 2×0).

Com poucas contratações de impacto – trouxe Leo de volta e contratou Lucio Flavio do Botafogo – e a manutenção de Kléber Pereira e do técnico Marcio Fernandes, o Santos vem tentando se recuperar do ano ruim de 2008, quando quase foi rebaixado no Brasileirão e nem se classificou para a Sul-Americana.

Para o jogo deste domingo não poderá contar com os dois laterais – Luizinho sofreu contusão e Pará foi expulso – e terá que improvisar um volante para a função.

Mas o perigo continua sendo Kléber Pereira, artilheiro do times praiano nesse Paulista, com 3 gols.

O VERDÃO

Sem Marcos e Maurício Ramos, o técnico Vanderlei Luxemburgo pode entrar com dois zagueiros e vir com mais um volante – Sandro Silva? – pro jogo.

O time está bem e Keirrison costuma se dar bem contra o time santista. Se os astros não acordarem de mau humor neste domingo, vai dar Palmeiras com tranquilidade.

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Em 287 jogos temos:
122 vitórias do Palmeiras [ 507 gols ]
76 empates
89 vitórias do Santos [ 424 gols ]

Jogando pelo Campeonato Paulista o Palmeiras não perde para o Santos no Palestra Itália há 40 anos.

Foi em 1969. Naquela época o Brasil vivia um regime militar, não havia TV a cores, e só se falava no telefone de casa. Ah sim, e dirigentes do SPFC pediam ajuda ao Governo para a construção do Morumbi com dinheiro público. Bom, isso até que não mudou muito…

Voltando ao tema do post, para mais informações sobre os confrontos entre Palmeiras e Santos, clique aqui.

EU ME LEMBRO

Talvez já tenha falado sobre esse jogo por aqui. Mas foi num Palmeiras e Santos que vi o meu primeiro clássico regional num estádio. Eu já estava “velho” prá isso – tinha lá meus 15 anos e foi em dezembro de 1977.

O jogo foi 1×1, pro Palmeiras marcou Jorge Mendonça, num Pacaembu lotado de gente.

Menos de um ano depois, em outubro de 78, assisti a outro clássico Palmeiras e Santos. Desta vez foi no Morumbi (aquele…) junto com o amigo e também leitor do blog Luigi EG. O Palmeiras venceu por 2×0, também com Jorge Mendonça fazendo um golaço de falta.

Gosto desse clássico. Assisti a vários no estádio. E – bate na madeira 3 vezes – nunca vi perder. E dessa vez vou assistir mais uma vez a uma vitória. Com gols de Keirrison.

Estarei lá no Palestra…

Saudações Alviverdes!

5 respostas em “Pré Jogo Palmeiras x Santos: o primeiro clássico”

Bom, sobre o jogo de hoje: me preocupa um pouco o nosso lado direito. Sabemos que o lateral Fabinho Capixaba é limitado (espero que hoje ele faça uma grande partida) e o lado esquerdo do Santos é muito leve e, portanto, muito veloz. Léo e Mádson prometem MUITA correria por esse lado. Pra piorar: Danilo atua pelo lado esquerdo e não temos Maurício Ramos. Se o Luxa for com 3 zagueiros, teremos que aturar o pesado Jéci contra Léo e Mádson. Pra corrigir isso, é só mandar o Pierre ficar mais para aquele lado e aí a gente deixa que ele toma conta da marcação. Se for com 2 zagueiros, provavelmente o Edmílson fica por ali. Mas não sei se mudar o esquema tático agora seria interessante. Do outro lado, porém, o Roberto Brum fica sobrecarregado na marcação com os avanços de Mádson e Léo e podemos explorar aquele lado, ofensivamente, com Diego Souza e/ou Cleiton Xavier. Se conseguirmos marcá-los pode dar samba. Mas devemos aproveitar mesmo é o lado direito deles. Lúcio Flávio é lento e tampouco um ás da marcação e o Santos também está sem Luizinho e Pará, que jogam pela direita. Adriano deve jogar improvisado, ou seja… Armero neles!

Se o Domingos voltar hoje, eles ganham um zagueiro pesado. Pra quem tem Willians e Keirrison no comando de ataque, a volta dele pode ser uma grande notícia. Também duvido um pouco se o segundo volante Rodrigo Souto será capaz de segura Diego Souza e Claiton Xavier. Desculpa pela bíblia e vamo pro jogo!

Só um comentário pra quem diz que não enfrentamos ninguém: Santo André, atual campeão da A-2 paulista, vice-campeão da série B, única equipe que não perdeu nenhum dos dois jogos para o Corinthians na B ano passado (vencemos com o time repleto de desfalques); Ponte Preta, atual vice-campeã paulista da série A-1, 5ª colocada na série B de 2008 com apenas 5 pontos atrás do último time a conseguir o acesso para a série A brasileira (vencemos com o time reserva). E hoje se vencermos muitos vão falar que “o Santos não é tudo isso”, tenho certeza.

O luxa deve ir com três zagueiros, o kléber pereira dá trabalho o jogo todo, perde muitos gols é verdade, mas incomoda muito a zaga. Arrisco um 3×1, dpos de K-9, um de CX-10 e pro santos marca o KP-9.

Vicente, no texto você diz que o Santos empatou 2 jogos, mas na verdade só empatou 1.

Os comentários estão desativados.