Desvendando o Barcelona – 6

Por Luís Fernando Tredinnick Divulgação autorizada mediante explícita citação do autor e do blog Terceira Via Verdão

Pessoal, vimos que o Barça fez um trabalho maravilhoso no aumento de receitas, mas e o lucro? E a dívida do clube? Como eles estão gerenciando isso?

O LUCRO DO BARCELONA

Observem abaixo a evolução do resultado do Bacelona: no caso seria o lucro antes do resultado financeiro (resultado financeiro é basicamente o pagamento de juros, parcelas da dívida e recebimento de juros de aplicações financeiras).


Nas temporadas de 2000/01 a 2002/03 o clube acumulou um prejuízo de 155 milhões de Euros.
Com o aumento de receitas (e o evidente controle de custos), o clube passou a ter lucro. Nas últimas cinco temporadas conseguiu acumular um lucro de 77 milhões de Euros. Não é um lucro alto, considerando-se que representa em média apenas 6,2% da receita do clube, mas é um clube que consegue lucro de maneira CONSISTENTE, ano após ano. Além do mais, ter lucro é algo muito diferente da realidade dos grandes clubes brasileiros.

Só para vocês terem uma idéia, dos 16 milhões conseguidos em 2007/08, 8 milhões foram utilizados para o pagamento de dívida e juros.

A DÍVIDA DO CLUBE

A dívida líquida do clube (a diferença entre tudo o que o clube tem a pagar e a receber) caiu de 218 milhões para 190 milhões nessa temporada. Nesse caso, está incluído não só o pagamento de 8 milhões realizados, mas também o aumento das contas a receber.

Imaginando-se que a cada ano a dívida diminua esses mesmos 28 milhões, o Barça levaria quase 7 anos para saldar toda a sua dívida.

Mas existe algo importante sobre a composição da dívida: a dívida bancária está diminuindo. O Barça está trocando uma dívida com bancos, por dívida com outras entidades esportivas e fornecedores de produtos e serviços. Por que isso é importante? Simples, porque a dívida com bancos é sempre mais cara! Assim, mesmo que o clube deva o mesmo valor, teria que pagar menos em juros! Observem abaixo a evolução da dívida bancária do Barça, e todo o esforço do clube para reduzi-la!

ENQUANTO ISSO NO BRASIL…

Fica claro que precisamos ter o Palmeiras com lucros de forma consistente! Isso significa não só um aumento de receitas, mas também um controle de gastos bastante eficiente.

Agora é importante ressaltar que mesmo um clube poderoso como o Barça teria que gastar quase sete anos para se quitar todas as dívidas.

Já explique aqui várias vezes que a dívida, em si, não é algo ruim. Mas se formos imaginar que o Palmeiras tenha um plano de pagar todas as suas dívida em 10 anos, estaríamos alinhados com um dos maiores clubes do mundo. Incrível, não?

MUSEU DO BARÇA

Essa é cortesia do leitor Gustavo Vasconcellos: as fotos que ele tirou no museu do Barça. O link é:

http://picasaweb.google.com/guga.vasconcellos/MUSEUBARCELONA?feat=directlink vale à pena dar uma olhada, curtir e imaginar como será o do Palmeiras.

PRÓXIMOS POSTS

Semana que vem encerramos a série sobre o Barça. Depois disso teremos posts sobre a Timemania, sobre o estudo da Delloite sobre os clubes europeus, sobre os valores de patrocínios europeus, sobre programas de sócio-torcedor. Continue mandando suas sugestões de assuntos, afinal, sempre existem temas interessantes surgindo por aí!

Saudações AlviVerdes

*Luís Fernando Tredinnick escreve todas as sextas-feiras no 3VV, explicando a quem conhece e também a quem não conhece os números no futebol

Posts antigos, Por Onde Anda, e Links Patrocinados