Categorias
Drops

DROPS 23/03/09: unificação, na berlinda, concorrência, Samsung, atacante, ataque

UNIFICAÇÃO DE TÍTULOS

Seis grandes clubes brasileiros – Palmeiras, Santos, Cruzeiro, Bahia, Botafogo e Fluminense – se juntaram já há algum tempo para prepararem um dossiê cujo objetivo é solicitar à CBF a UNIFICAÇÃO DOS
TITULOS BRASILEIROS A PARTIR DE 1959.

Para quem é mais jovem esse assunto parece estranho, mas o campeonato brasileiro (com essa denominação) foi criado em 1971. Mas antes disso os campeonatos tinham status de brasileiros mas não obedeciam essa denominação (de Roberto Gomes Pedrosa ao Rio-São Paulo).

Nesta terça-feira, dia 24 de março, os seis clubes farão o evento de divulgação nas instalações da SE Palmeiras.


NA BERLINDA!

O palmeirense Carlos Roberto Rodrigues, de Botucatu, enviou essa. A casa “tricolor” já está deixando de ser unanimidade.

Deu no Painel FC deste domingo, 22 de março:

Na berlinda


Nos bastidores, o Morumbi tem sofrido novos ataques a seu projeto de
receber jogos da Copa-2014. Críticas partem de outras cidades-sedes,
que disputam a abertura do Mundial, e até de membros do comitê
organizador. O principal problema apontado é a fonte de recursos para a
reforma de R$ 136 milhões. Há descrença sobre a capacidade de o São
Paulo levantar o dinheiro com empresas, pois o clube teria pouco a
oferecer. A aposta é a de que os são-paulinos tentarão recorrer ao
governo estadual, que rechaça investir.

Contra-ataque. A diretoria são-paulina refuta os ataques a seu estádio e reafirma
que não usará dinheiro público. Sua ideia é financiar as
obras fatiando-as em parcerias com diversas empresas.

5AM5UN6

Vai durar mais duas partidas a marca Samsung num estilo diferente na camisa alviverde.

Vem aí um produto da marca coreana, voltado para um público mais jovem.

Aguardemos…

CONCORRÊNCIA

Entra na reta final a concorrência para a empresa que vai operar o serviço de bilheteria e de acesso ao estádio do Palestra Itália.

Seis empresas estão na briga. Na quarta-feira o Conselho de Orientação e Fiscalização verá as propostas e as recomendações de contratação.

KEIRRISON E O RECORDE 

16 gols em 14 jogos fazem de Keirrison o atacante de melhor média de gols de toda a história do Palmeiras até o momento.

Tudo bem que ele supere Humberto Tozzi, que terminou a carreira com uma média de 0,93 gols por partida (Keirrison até aqui tem 1,14).

Mas Humberto jogou 135 partidas entre as décadas de 50 e 60.

Por outro lado, contando apenas o primeiro ano de clube, só um jogador iguala a marca de Keirrison: o ponta Moacyr, que em 1936 marcou 18 gols nos 16 primeiros jogos do ano.
 

ATAQUE RECORDE EM 2009

Em 2009, o Palmeiras possui um dos melhores ataques do país. Com 43 gols em 19 jogos disputados, fica atrás somente do Sport-PE, que marcou 45 também em 18 jogos, e iguala com o Vitória-BA [43 gols em 18 jogos] e o Internacional [43 gols em 17 jogos].

Outro dado importante é que o elenco atual igualou um recorde que já durava seis anos. Desde 2003 que o Palmeiras não marcava gol em todos os jogos. Na atual temporada, o Verdão não ficou um jogo sequer sem balançar às redes. Já o time de 2003 marcou gol nos primeiros 23 jogos da temporada.

Leia mais no DIRETO DA FONTE.

10 respostas em “DROPS 23/03/09: unificação, na berlinda, concorrência, Samsung, atacante, ataque”

Boa Tarde, a respeito dos titulos do Robertão e da Taça Brasil, nada mais justo, antes do Brasileirão de 1971 não tinha futebol no Brasil?? Então que seja reconhecido pela entidade máxima. Acredito que será incorporado devido a Fluminense e Botafogo (Cariocas) estarem envolvidos. Com relação a equipe marcar gols em todos os jogos do ano, que marque mais hoje.

Conheço o trabalho e profissionalismo da T4F e se ganharem a concorrência, o Palmeiras terá seguramente o melhor serviço na comercialização de ingressos. Os eventos que tiveram a melhor organização contou com o trabalho dessa empresa. Eles também administram a VICAR que é responsavel pela organização da STOCKCAR. Já dá pra ter uma idéia de quão boa é essa empresa pois a Stockcar renasceu na mão deles.

Vicente, conversei com meu amigo quando recebi seu email, e ele fornece serviços de ticket mobile para o T4F (time for fun ou ticket master) e ele me falou que são eles que organizam entre outros eventos o Cirque Du Solei e Shows da Madonna, que a empresa é muito grande e séria, e são donos do Credicard Hall ai em SP.
agora é esperar e torcer pra o melhor pro melhor serviço pro Palmeiras vencer essa concorrencia.

Unificar os títulos seria muito justo, mas cheira armação. Não vamos cair no conto do vigário do clube do outro lado do muro. Não precisamos que o mundo concorde para reconhecermos o título da Copa Rio de 1951 como mundial, nem os títulos do Robertão e da Copa Brasil como nacionais. Eles são por si só. A história do nosso futebol e dos clubes não começou em 1971, como propalam e desejam as moçoilas do Jardim Leonor. Aliás, se dependesse deles, os únicos títulos válidos seriam os que eles ganharam. O resto não valeria nada. Nem Pelé teria sido Pelé. Aliás, pelo que me parece, ele ganhou praticamente TUDO antes de 1971. Vamos apagar o cidadão da história então? Que tal?

O reconhecimento dos títulos já deveria ter sido solicitado bem antes, nada mais justo, pois, os campeões destes campeonatos representavam o Brasil na Libertadores.

Ricardo a Outplan é uma das concorrentes, junto com a BWA, T4F (Ticket Master), Great, Ingresso Mais e Ingresso Rápido.

Responderei nio formato “drops”..ehehehe

Títulos: Tá mais do que na hora de consagrar todos esses times como campeões brasileiros. Como é possível o Santos de Pelé, a Academia, o Cruzeiro de Tostão e tantos outros não serem campeões brasileiros uma vez sequer?
E uma dúvida, como é que farão com os dois títulos de 67?

Castelo Rosa: Tá desmoronando! Segura a peruca monas! hauhauhaua

Samsung: Público jovem? Porque será que o Palmeiras foi escolhido pra atingir ao público jovem. Afinal, a imprensa não decretou a nossa torcida como velha e decadente. Graças a Deus, os executivos de lá são mais sábios que muito jornalista por aí.

Concorrência: Vicente, confirma ae se vc puder o outro nome citado nesta matéria http://maquinadoesporte.uol.com.br/v2/noticias.asp?id=12593

K9 e ataque: falar oq? Sem mais.

Abraços

Vicente, te recomendo um site legal. Se chama: http://www.futebolfinance.com.

Essa matéria aqui é interessante e mostra como os ingressos no Palestra estão caros, comparados com a média brasileira.

http://www.futebolfinance.com/publico-nos-estadios-campeonato-brasileiro-de-2008-parte-ii

Nosso presidente economista bem que poderia fazer (se é que já não fez) uma análise de elasticidade-demanda (viajei…rs) pra ver se é vantajoso ou não a diminuição do preço. Creio que em certas situações (terça-feira contra o Noroeste, por exemplo) é quase certo que seja vantajoso.

Vicente, por falar na “unificação”, comecei a publicar minha pesquisa sobre o “BRASILEIRÃO” neste domigo no meu blog. Aliás, para se ter uma idéia, em 1971, o “Campeonato Brasileiro” não era chamado assim, como gosta de divulgar a nossa imprensa. O nome daquela competição, vencida pelo Atlético Mineiro, é “Campeonato Nacional”.
Quem quiser acompanhar a reportagem, é só entrar no http://www.futebolismo.com.br/ Teremos uma “viagem” pela Libertadores (pois ela que “obrigou” a CBD a criar um nacional) e tudo mais. Abraços.

Os comentários estão desativados.