Elenco se prepara para a decisão

Decisão e união. Esse é o lema do elenco palmeirense para o duelo
desta terça-feira (03), contra o Colo Colo, no estádio Palestra
Itália.

“Mesmo sendo apenas a segunda rodada, nós sabemos que é uma decisão.
A fase é de tiro curto, e vencer em casa é fundamental para
conseguir a classificação”, afirmou o ala/zagueiro Marcão, que
atendeu a imprensa nesta segunda-feira. A mesma opinião foi
compartilhada pelo meia Diego Souza.

“Estamos vivendo um clima de decisão, e o espírito da Libertadores é
de viver ou morrer. Se quisermos avançar, temos que pensar somente
na vitória. A 1a. fase é curta e qualquer tropeço pode ser fatal.”

Além do clima decisivo, os jogadores acreditam que a participação da
torcida será de extrema importância.

“O palmeirense está vivendo um início de ano muito feliz e não tem
porque ficar impaciente com o time caso o gol não saia logo. Sei que
a torcida vai ao Palesta nesta terça apoiar do começo ao fim, como
já vem fazendo”, apontou o camisa 7. “A Libertadores é diferenciada
e o torcedor vive essa expectativa. Estamos focados e trabalhando
para conquistar as duas competições, e a torcida entende a nossa
luta em campo”, concordou Marcão.

Apesar do discurso, os dois jogadores deixaram claro que a partida
será bastante difícil. “Não existe jogo fácil em Libertadores. É
tudo truncado, cheio de surpresas. Temos que entrar em campo com
muita seriedade”, afirmou Diego Souza. “Os times de fora sabem como
jogar essa disputa. O Colo Colo é um tima tradicional e vai vir aqui
para roubar pontos. Temos que usar da malandragem e impor o nosso
ritmo”, explicou Marcão.



Crédito para a foto: Fabio Menotti

Posts antigos, Por Onde Anda, e Links Patrocinados