Categorias
Direto da Fonte

Nota no site da SE Palmeiras sobre a JP em 14 de março

Nota- S.E.Palmeiras

diminui aumenta  

Não vamos nos acovardar diante da Jovem Pan

A
Sociedade Esportiva Palmeiras se dirige novamente ao torcedor
palmeirense para tratar sobre o jornalismo da Jovem Pan. Cabe informar
aos torcedores que o Palmeiras não irá tolerar ver sua imagem arranhada
e acompanhar, constantemente, seus diretores serem ofendidos com
factóides e não reagir.
 
Da nossa parte, o recado é direto:
nossa relação com a referida rádio mudou, não temos como esconder nosso
descontentamento com o tipo de jornalismo baseado em intriga e maldade
praticado quase que diariamente pela Jovem Pan. Jornalismo este que não
acontece na cobertura de outros clubes. Cabe à emissora justificar sua
opção. Esclarecemos ao torcedor que, diariamente, atendemos cerca de 20
canais de mídia (rádio, TV, jornais, sites e revistas) na Academia de
Futebol e após as partidas. A única que insistentemente causa problemas
e faz questão de ter um péssimo relacionamento com a Sociedade
Esportiva Palmeiras é a Jovem Pan. 
 
A rádio, portanto, é a
única que nos obriga a esse tipo de defesa. E com certeza não é porque
a emissora citada é a única que se arvora a dizer que faz “jornalismo”.
Por fim, vale responder também sobre comentário do jornalista Vanderlei
Nogueira, desta vez no programa “Mesa Redonda”, da TV Gazeta, no último
domingo, em que chama a diretoria de incompetente por ter, segundo ele,
dividido a renda com o Corinthians já que o Palmeiras era o mandante do
jogo. 
 
Muda a emissora, mas o estilo de jornalismo da Jovem Pan, pautado na desinformação, na mentira, persiste.
 
Foi
amplamente divulgado que os dois clubes fizeram um acordo em que o
mandante ficaria com 80% da renda e o restante com o Corinthians. E que
o mandante ficaria com 60% dos ingressos, cabendo os 40% restantes da
capacidade do estádio para a outra torcida. Trata-se de um acordo que
valerá para o próximo clássico no campeonato Paulista de 2010. Dessa
vez, com o mando do nosso adversário. Isso ele não informou. É
lamentável, mas apenas Vanderlei Nogueira não entendeu — ou entendeu e
agiu de má-fé — e tentou colocar a torcida contra a diretoria.
 
Entendemos
que nossa defesa diante do péssimo jornalismo produzido pela emissora
foi devidamente esclarecido. Não pretendemos voltar a responder à
rádio. Basta.

Ao torcedor palmeirense cabe avaliar os fatos e tirar suas próprias conclusões.

Sociedade Esportiva Palmeiras