Categorias
Notícias

O exemplo do Cruzeiro em 1997

Por Luciano Pasqualini

Não se trata de esconder a realidade. As duas derrotas foram doídas, e o aprendizado é duro, mas é importante ver fatos concretos de passado recente para não deixar de lutar até o fim.

Campanha do Cruzeiro na Libertadores 1997

19/02/97 – Cruzeiro 1 x 2 Grêmio [derrota na estréia, no Mineirão]
25/02/97 – Alianza 1 x 0 Cruzeiro [derrota na segunda rodada]
28/02/97 – S.Cristal 1×0 Cruzeiro [derota na terceira rodada]

Praticamente toda a mídia, e boa parte da torcida deram o Cruzeiro como eliminado, mas o grupo seguiu seu trabalho, apoiado pela Diretoria, mesmo diante da pressão geral, e fez o que podia. Entrar em campo e lutar até o fim. Continuando a campanha:

12/03/97 – Grêmio 0x1 Cruzeiro
18/03/97 – Cruzeiro 2×0 Alianza

Na rodada final da fase de grupos o Cruzeiro entrou em campo precisando vencer o Sporting Cristal. Jogo duríssimo, Mineirão lotado. Resultado:

11/04/97 – Cruzeiro 2×1 Sporting Cristal

Oitavas-de-final
El Nacional 1×0 Cruzeiro
Cruzeiro 2×1 El Nacional [5×3 nos Penais]

Quartas-de-final
Cruzeiro 2×0 Grêmio
Grêmio 2×1 Cruzeiro [2×3 nos Penais]

Semi-Final
Cruzeiro 1×0 Colo Colo
Colo Colo 3×2 Cruzeiro [1×4 Penais]

Final
Sporting Cristal 0x0 Cruzeiro
Cruzeiro 1×0 Sporting Cristal

Resultado: Cruzeiro Campeão da Libertadores 1997

Neste momento, “só” precisamos vencer o Sport em Recife. Um jogo por vez, uma vitória por vez, acreditar e lutar até o fim.

Luciano Pasqualini

25 respostas em “O exemplo do Cruzeiro em 1997”

Pegando o retrospecto dos ganhadores da libertadores, acho que todos apresentavam defesas muito sólidas. É a característica do jogo, muita pegada, muita catimba, ou seja, justo o contrário do que apresentamos até agora.

Como disseram acima, se o Verdão ganhar do Sport em recife, aí voltamos a acreditar.

Abraços

O Sport está jogando melhor simplesmente porque não tem obrigação nenhuma nessa Libertadores – são franco atiradores. Acho que o Palmeiras ganha as duas do Sport de maneira sofrida. Quanto ao Luxa, quero que ele fique até o final do ano pois vamos ganhar o Paulista e o Brasileiro com ele; no entanto, essa teimosia dele em jogar tão aberto, sem proteção à zaga e com Capixaba na lateral está afundando o time.

Execelente post Luciano! Parabéns! E não precisamos nos basear em outros clubes! O Palmeiras tem histórias lindas que deu a volta por cima! Mais recentemente: Palmeiras x Flamengo Copa do BR 99. Palmeiras x Corinthians Libertadores 2000.. Vamos nos classificar em 2º ! Mas vamos! E ainda existe a classificação dos 2(?) melhores 3º colocados ou não?

Daniel, excelente companhia. Jack sempre “lê” nossos pensamentos. Estou ao lado de um vinho… não me pergunte a nacionalidade. Não havia outro melhor…

Ah, Vicente, já estou com a camisa, a vermelha, q vai ser usada hj pelos colombianos e amanhã por mim no escritório…e tomando meu Jack Daniel’s enquanto espero o jogo começar…

Agora eu concordo, Vladimir. A postura do Luxemburgo nem sempre é correta. Mas acho que os nossos jogadores tremem pq são seres humanos e, principalmente, jovens…ainda têm algo a aprender… E o Palmeiras está voltando a ser forte…em pouco tempo qqr equipe q o Palmeiras montar meterá medo de verdade em todo mundo…

Caro Daniel, o problema todo é que o Luxa não é confiável, em todos os aspectos. Veja, depois do jogo ele soltou uma série de comentários pejorativos e provocativos contra a Mancha Verde, o que para mim é um erro crasso, pois não se critica uma torcida desta forma, seja ela qual for, porque se cria uma animosidade de ambos os lados que é desnecessária. Você citou a apatia do time. Porque isso? Porque todo jogo importante nossos jogadores tremem. Qual o problema? O que contamina os jogadores quando chegam ao Palmeiras, porque não temos mais times valentes? E tem outro problema: Luxemburgo não mostra a mínima vontade ou motivação para defender o Palmeiras, inclusive, hoje, ficou elogiando nosso inimigo mais odioso, os sodomitas do inferno, o SPFW. Que merda é essa? O cara é muitíssimo bem pago pelo clube, não mostra resultados e ainda elogia aquele clube de viados sem alma?! É muito pra minha cabeça. Saudações alviverdes

Vladimir, respeito a sua opinião, mas não concordo em nada com ela. Tenho algumas ressalvas quanto ao Luxemburgo também, mas: 1) a falta de bons jogadores em algumas posições não é culpa do Luxemburgo…claro que ele pode indicar ou vetar uma contratação, mas não é ele quem dita quais são os jogadores disponíveis no mercado, os preços etc. Treinador nenhum vai fazer o Capixaba jogar bola. 2) não se pode afirmar que toda vez que enfrentamos time com boa postura tática perdemos baseado em apenas 2 jogos (sim, pq a Portuguesa não tem boa postura tática)… 3) não sei se você foi ao estádio. Eu fui. E vi o time completamente abatido, errando passes fáceis, cruzando bolas rasteiras no meio campo, perdendo o timing de marcação dos lançamentos etc. Isso pq o time, no geral, é jovem e sem experiência. Até o Keirrisson estava abatido, saindo da bola em alguns lances, cabisbaixo, sem chamar o jogo pra si. O treinador, salvo raríssimas exceções (por exemplo o Felipão) não tem muito o que fazer quanto a isso. 4) No geral, o Luxemburgo consegue fazer bom uso das substituições, o que mostra que ele tem sim uma boa leitura dos jogos….. E, para finalizar, eu não acho que tenha algum técnico melhor disponível dando sopa. Eu tb tenho uma série de restrições quanto ao Luxemburgo, profissionais e pessoais…mas tente não deixar essa “raiva” ou “preconceito” que você tem pela pessoa Luxemburgo influenciar na leitura que você faz a respeito do trabalho dele…pessoalmente, acho que as críticas que você teceu aqui não têm muito fundamento no trabalho do Luxemburgo, e sim da sua falta de apreço por ele, o q é normal, eu tb não acho o Luxemburgo um exemplo de bom caráter…mas eu respeito o trabalho dele…de 0 a 10, daria uma nota 7…

Abraços palestrinos!!!

O PREÇO DA ARROGÂNCIA

Mais uma vez vimos o Palmeiras jogar uma partida pífia, e porque? Podíamos ficar aqui por horas conjecturando acerca do jogador assim, do jogador assado, etc. e tal, mas para mim, o problema é um só, e ele tem nome:
VANDERLEI LUXEMBURGO!
Sim, meus caros, esta é a origem e causa de todo o problema. Trata-se de um técnico superado que usa métodos arcaicos para comandar suas equipes, e, é incapaz de perceber que tem nas mãos um time mediano, com potencial de crescimento, é verdade, mas mediano, e com problemas graves na defesa, meio-campo e lateral-direita, entretanto, insiste na falácia de fazer o Palmeiras jogar alucinadamente no ataque sem se resguardar defensivamente. O resultado são estes que estamos presenciando: todas as vezes que jogamos contra times com boa estrutura tática, ou perdemos (LDU e Colo Colo), ou empatamos (Portuguesa).
A arrogância de Vanderlei Luxemburgo é imensurável, fato que o incapacita de fazer uma leitura racional do futebol atual, onde apenas times com disciplina e solidez tática sobrevivem, exatamente o oposto do Palmeiras, um time que joga com apenas um volante marcador, caso do incansável Pierre e some-se a isto, o fato do lateral direito, Fabinho Capixaba ser uma nulidade total, pois não marca e não ataca, ou seja, garante um caminho fácil para os ataques dos adversário.
Esta vulnerabilidade do meio-campo sobrecarrega demasiadamente nossa defesa que, diga-se de passagem, não é confiável, pois é lenta e de baixa qualidade técnica e que tem o veterano Edmilson mal escalado, pois ele poderia, por exemplo, reforçar a marcação no meio-campo, juntamente com Pierre e ainda melhorar a qualidade do passe nos contra-ataques.
Todos os times do mundo atuam com no mínimo, dois volantes de marcação, e aqueles que não se ajustarem à esta realidade, SEMPRE fracassarão.
A ingenuidade de nosso time foi amplamente explorada pela equipe do Colo Colo e deu no que deu, mas, pior que isso, só a incapacidade retumbante de Luxemburgo, um completo fracassado neste tipo de torneio, pois, como já disse acima, a vaidade exacerbada e os delírios arrogantes do Madureira o impedem de se reciclar e atualizar.
Estamos praticamente fora da Libertadores, SÓ UM MILAGRE NOS SALVARÁ, entretanto, mesmo com a ingenuidade e inexperiência dos nossos atletas, ainda acho que o time teria potencial para reverter estes insucessos, porém, com um técnico que vive na Ilha da Fantasia e que pensa que está em 1966, 1972, ou até mesmo em 1993, tal tarefa se torna impossível.
O seo Madureira é ABSOLUTAMENTE INCAPAZ DE PERCEBER que para ganhar uma Libertadores tem que ter um time forte na defesa, mordedor no meio-campo e impiedoso no ataque (temos o Keirrison), jogar de maneira feia, mas muito feia mesmo, amarrando o jogo, fazendo faltas no meio-campo e esperando o erro do adversário para atacar com objetividade.
Minhas decepção e tristeza são inomináveis por testemunhar todo um projeto que envolveu logística, planejamento, patrocínio e etc. sendo jogado no esgoto, apenas, e tão somente, por causa da imbecilidade, teimosia, arrogância e má vontade de UMA PESSOA!
Isto é inaceitável, inclusive acho que já está na hora do nosso presidente tomar alguma atitude.
ATÉ QUANDO O SR. LUXEMBURGO BRINCARÁ COM A INSTITUIÇÃO PALMEIRAS?
Pra resumir, é isso: eu simplesmente deixei de acreditar na classificação porque nosso time é dirigido por um (ex) profissional ultrapassado, arrogante, estúpido e teimoso.

Vicente, nos classificaremos em 1o com 10 pontos! Pode me cobrar! Estou saindo do trabalho e vou vestir minha camisa do América de Cali (a qual comprei no ano passado qdo morei na Colômbia trabalhando por nossa querida e italiana ex-empresa) para secar os leonores. Abraços!

Daniel é isso mesmo. O Luciano pediu para eu corrigir o texto (tirei uma parte dele) porque dependendo do número de pontos o terceiro lugar também classificava.

Luis, o Setor Visa está se contaminando com um tipo de torcedor que não torce, xinga. Isso é muito ruim. Nesse jogo contra o Colo Colo aconteceu uma briga envolvendo palmeirenses, bem perto de onde eu estava. Não sei se por causa disso, mas deu prá perceber que aquele esquema de torcer, cantar e vibrar ficou em outro lugar.

Acho que a culpa não é do setor Visa, mas sim de parte da torcida que confunde o atleta com a camisa. Eu acho que nós torcemos para a camisa, pro escudo, prá tradição que ela representa. Então é inadmissível que um torcedor xingue quem está vestindo a camisa, porque prá mim isso é o mesmo que xingar o escudo que está nela.

Como bom oriundi eu tb sofro, fico p da vida, reclamo, da mesma forma que fazia com um filho quando o via jogar. Mas o incentivo tem que estar acima disso. E infelizmente parte dos torcedores do setor Visa e parte da torcida que fica nas numeradas cobertas (os “amendoins”) agem como torcedores adversários.

É isso!

Creio que com 10 pontos, estaremos dentro. Logo, 3 vitórias e um empate.

Temos que torcer pra LDU, Colo Colo e Sport empatarem tudo entre si, e a gente ganhar tudo, ou no pior dos piores, empatar (no máximo uma).

Eu achava que não dava, mas to confiante.

Jogando fechado e nos contra ataques, igual ao jogo que o Colo Colo fez aqui.

Mas se continuar aberto do jeito que tá, estamos fora.

Luciano, lembrei de uma informação que é relevante: acho que em 97 os melhores terceiros colocados tb se classificavam…não sei se foi o caso do Cruzeiro, mas talvez mude a sua análise…abraços!!!

É isso aí, Luciano…

Vou deixar por escrito o que eu acho que vai acontecer:
– ao final da 4a rodada estaremos todos empatados com 6 pontos (Palmeiras ganha as 2 do Sport, e Colo-Colo e LDU ganham cada um o seu jogo em casa)
– vamos pro Chile não podendo perder, e um empate estará de bom tamanho pois…
– …vamos bater a LDU aqui na última rodada

Teremos 10 pontos (empatando no Chile) e vamos nos classificar em primeiro, afinal o Sport decide em casa contra o Colo-Colo (que ficará com 7 pontos, caso empate com o Palmeiras). A LDU terminará com 9 pontos, assim como o Sport (Sport bate o Colo-Colo na última e a LDU bate o Sport na 5a rodada).

Podem me cobrar no fim de abril!

Abraços palestrinos a todos!

Vicente,

Eu queria saber sua opinião sobre um tema não relacionado ao tópico…. Não sei se vc anda lendo a mídia palestrina, mas tem mta gente revoltada com a postura dos torcedores do setor Visa… eu gosto da idéia do ponto de vista profissional, quer dizer, é bom para gerar receita, dar conforto ao torcedor e etc…. mas acho que nós perdemos um ponto estratégico do nosso caldeirão, onde ficava a maior parte da torcida organizada que, apesar de ter seus defeitos, é a parte da torcida que canta o incentiva o jogo inteiro e que faz mais pressão nos adversários e nos juízes também… estou começando a mudar minha opinião… o que vc acha sobre isso?

Agora “Só” precisamos que a torcida que canta e vibra vibre e cante!.. hehehe

Eu num sei, mas boto fé que revertemos esse placar!

Olha se o palmeiras conseguir vencer o sport em recife, aí sim eu volto a acreditar em classificação. O que eu não consigo entender é o seguinte: p pessoal fala que o Luxa não ganha libertadores nem sabe jogar esa competição, mas o nelsinho batista sabe? Ele é melhor que o Luxa? Porra, como pode o sport ser líder do grupo com aquele monte de refugos imprestáveis? Não aceito essa merda! Temos muuuuuito mais time que todos os outros do nosso grupo. O que acontece então? Por um acaso os caras do Sport sabem jogar Libertadores? Uns caras que nunca sairam do BRasil….como pode?

Luciano, interessante essa colocação sua, o Luxa que deveria mostrar estes dados da campanha do cruzeiro de 97 aos seus jogadores.Como você falou, acreditar e lutar até o fim.
Eu ainda acredito.
Abs.

Parabéns, Luciano. Seu relato sobre a campanha do Cruzeiro mostra a realidade do futebol. O que significa irmos a Recife e ganhar do Sport? NADA. O Sport, antes desta série fatídica de êxitos nos últimos 2 anos, ficou 12 anos sem ganhar do Palmeiras em Recife. Ou seja, ELES SÃO NOSSOS FREGUESES, mesmo na casa deles. Além do mais, existe um pequeno grande detalhe: quem jogará com eles não é a LDU, o Colo-Colo ou o Porto de Caruaru. É O PALMEIRAS, cacete! Campeão do Século XX e eles é que devem tremer!

Os comentários estão desativados.