Categorias
Direto da Fonte

Palmeiras treina com grupos separados

Os jogadores palmeirenses foram divididos em dois grupos no treino
desta quinta-feira (19), na Academia de Futebol. Os atletas que
iniciaram atuando a partida contra o Noroeste fizeram um trabalho
físico, de musculação e de resistência na caixa de areia. Em seguida,
o preparador físico Antonio Mello liberou o elenco para fazer algumas
partidas de futevôlei.

O restante do grupo fez um trabalho com bola em campo reduzido, que
durou aproximadamente 40 minutos. O atacante Lenny participou das
atividades e falou da expectativa em novamente começar atuando como
titular. Ele deve ficar com a vaga de Willians, suspenso pelo
terceiro cartão amarelo.

“O elenco tem qualidade e o Vanderlei [Luxemburgo] tem muitas opções.
Isso é bom. Estamos muito motivados para chegar logo o jogo. Eu devo
ter novamente a chance de iniciar atuando e, se isso acontecer, vou
procurar fazer como das outras vezes”, disse o jogador, que dos 6
jogos que começou como titular, marcou gol em 5.

“Eu sempre procurei estar preparado para quando a chance surgisse.
Mas isso é mérito de todo o elenco, que está motivado. Sabemos que o
jogo lá em Guaratinguetá vai ser difícil porque o adversário tenta
sair das últimas colocações, mas vamos com o objetivo de somar pontos
e conseguir logo a primeira colocação.”

O goleiro Bruno também atendeu os jornalistas nesta quinta-feira e
comentou sobre sua ótima média de gols sofridos em 2009. Dos 11 jogos
em que entrou em campo, saiu sem tomar gol em 6.

“É um número bacana. Quando o jogo acaba e o time não toma gol, a
gente sai com a sensação de dever cumprido. Goleiro tem muito dessas
coisas. Você pode fazer ‘500’ defesas, mas sofre um gol e fica
marcado por isso. Mas independente disso, o mais importante é o time
sair de campo vitorioso. Prefiro tomar 5 gols do que ver meu time
derrotado”, explicou.

O camisa 45 do Verdão não soube responder com qual formação a equipe
vai entrar em campo neste sábado, mas deixou claro que o elenco está
preparado.

“Já fizemos cinco jogos com os jogadores considerados suplentes e
vencemos quatro. Já ficou provado que não temos problema quanto a
isso. Os jogadores estão bastante comprometidos e não existe
motivação maior do que entrar em campo vestindo a camisa do
Palmeiras.”

Nesta sexta-feira (20), a equipe treina pela manhã e em seguida já
viaja para Guaratinguetá. O técnico Vanderlei Luxemburgo relacionou
20 atletas para a partida: Bruno e Deola [goleiros], Fabinho
Capixaba, Wendel, Pablo Armero e Jefferson [laterais], Danilo,
Maurício Ramos, Jéci e Marcão [zagueiros], Pierre, Sandro Silva e
Jumar [volantes], Diego Souza, Cleiton Xavier e Evandro [meias],
Lenny, Ortigoza, Marquinhos e Daniel Santos [atacantes].

Crédito para as fotos: Fabio Menotti

Uma resposta em “Palmeiras treina com grupos separados”

O Lenny já está fazendo por merecer uma chance no time titular! Gostaria de vê-lo atuando ao lado do Keirrison desde o início em alguns jogos! E o Sacconi? Acho-o mais eficiente que o Evandro nesse esquema mais veloz, mas sequer tem sido relacionado!

Os comentários estão desativados.