Categorias
Resenha dos Jogos

PAULISTÃO 2009: análise da R14

Por Danilo Cersosimo
 

Antes de mais nada peço desculpas aos amigos por postar a coluna com tanto atraso – fui mais uma vítima das chuvas e do caos que assolou São Paulo…

***

Palmeiras 3×0 Barueri: pela R14 o Palmeiras despachou o Barueri, time agora da 1ª divisão do futebol brasileiro, por 3×0. Ao contrário do que estampou o Estadão o Palmeiras não sofreu para bater o adversário, perdendo inúmeras chances de gol e sem grandes lances polêmicos da arbitragem.

De qualquer modo, achei a expulsão do Flávio, em falta cometida sobre o Pierre, um tanto quanto exagerada.

***

Palmeiras 2×0 Noroeste: em jogo da R05 atrasado o Verdão superou com facilidade o time de Bauru e tem tudo para ficar em 1º lugar na classificação geral, que lhe garantiria a vantagem do empate e de mandar o 2º jogo em casa nos mata-matas.

Por conta da chuva o gramado propiciou lances mais duros, mas nada que tenha causado polêmica.

Aparentemente um lance em que Diego Souza sairia na cara do gol foi apontado impedimento de maneira equivocada pelo auxiliar.

***

O que tem chamado a atenção esses dias é a inconsequência verbal daquele dirigente do Sport contra o Palmeiras e especialmente o Luxemburgo. Eu não vou nem entrar no mérito da arrogância do discurso do referido dirigente, mas não me lembro de nenhum do representante do Palmeiras ter tratada qualquer time, de qualquer estado ou país, com falta de respeito e soberba. O Palmeiras, Campeão do Século XX, sempre transformou a lealdade em padrão.

Já esse dirigente, entusiasmado com a conquista merecida da Copa do Brasil, tenta a todo momento humilhar o Palmeiras. Quem nunca come mel, quando come se lambuza, não é mesmo?

A imagem do Sport Recife, tradicional clube do futebol brasileiro e do honesto e competente Nelsinho Baptista não podem se confundir com a desse irresponsável.

O que impressiona é como a imprensa paulista ecoa as palavras desse protótipo de Eurico Miranda do Recife…

***

Outro tema polêmico foi a mancada do Ademir da Guia ao vestir a camisa do SPFW. A mim não causou revolta, apenas um certo desapontamento, pois poderia ter passado sem essa, já que era um ato “evitável”.

Chama a atenção, no entanto, o sorrisinho debochado de Marco Aurélio Cunha na foto com Ademir, como quem diz “segura essa seus carcamanos…”

Essa cutucada foi típica do SPFW – isso é o São Paulo FC, clube de Laudo Natel, Porfírio da Paz e Juvenal Juvêncio. Eles não agüentam ficar 1 minuto fora dos holofotes, estão inconformados com o Projeto Derby, a mídia voltada ao Ronaldo, a máscara da arrogância caindo e fizeram essa para cutucar, provocação barata.

O Palmeirense não pode cair nessa pilha – é tudo que os dirigentes do SPFW e as JovenPans da vida querem…

***

Aliás, gostaria de saber como tem sido o trabalho do vereador Marco Aurélio Cunha até o momento.

***

Parabéns ao jornalista e palmeirense Mauro Beting pelo lançamento do livro “Os 10 Mais do Palmeiras”. Infelizmente não pude comparecer por motivos profissionais, mas registro aqui meus parabéns pelo sucesso do livro, que já esgotou na própria noite de autógrafos.

Fica a sugestão: por que não fazer mais uma rodada de autógrafos no próprio Palestra Itália daqui uns dias?

***

Uma resposta em “PAULISTÃO 2009: análise da R14”

Danilo, o que este “dirigente” do sport está fazendo é aumentando nossas chances de vencer, pois estas palavras vão cair nos ouvidos de nossos jogadores que irão morder a bola lá e aqui.Isto vem de muito tempo, já que eles tem uma inveja muito grande de São Paulo, que carrega este país nas costas e agora que estão aparecendo um pouco, acham que são melhores do que nós.Recife não é bom nem para passar férias. Cabe ao nosso time ir lá para jogar bola e detonar este timeco.

Os comentários estão desativados.