Categorias
Direto da Fonte

Pós Jogo Palmeiras 1×1 Guaratinguetá: Diego Souza lamenta empate

Autor do gol de empate na partida deste sábado, o meia Diego Souza
lamentou o jogo truncado diante do Guaratinguetá e afirmou que a
partida poderia ter sido mais bonita caso o adversário não jogasse
tão fechado.

“Foi um jogo feio. O Guaratinguetá se defendeu muito e sempre parou
as jogadas com falta. Pareceu confronto de Copa Libertadores. Mas o
resultado não foi ruim, pois mantivemos a invencibilidade e estamos
folgados na liderança.”

Para o camisa 7 palmeirense, o que ficou de lição foi a determinação
do elenco durante o segundo tempo. “Deixamos a desejar em alguns
momentos. Erramos muitos passes, mas o gramado também não estava
bom. O importante é que o time teve comprometimento. Esse tipo de
jogo faz com que a gente aprenda e cresça na competição.”

Diego Souza completou seu jogo de número 73 com a camisa do
Palmeiras e marcou o 18o. gol. Neste ano, já balançou às redes 6
vezes, sendo 5 no Campeonato Paulista.

“Eu não sou um jogador de fazer muitos gols, pois vinha atuando mais
longe da área. Nos últimos jogos, fui escalado mais ofensivamente e
passei a marcar mais. É legal ajudar dessa forma”, comentou o meia,
que é o segundo jogador do elenco que mais deu passes para gol, com
7 assistências.

Vivendo um grande momento, o camisa 7 falou sobre a expectativa de
receber uma chance na seleção brasileira.

“Às vezes penso que posso atuar mais recuado, como segundo volante,
para ter mais chances na seleção. É algo que estou pensando, que
poderia conversar com o Vanderlei [Luxemburgo] e ver a opinião dele.
Mas sei que o time necessita de mim também atuando mais próximo da
área. Gosto de jogar nas duas funções. O mais importante é eu
continuar crescendo, pois uma eventual convocação para a seleção
brasileira será conseqüência do meu trabalho.”