Categorias
Resenha dos Jogos

Pós Jogo Palmeiras 1×3 Colo Colo: Paulista vs. Libertadores

Existem algumas verdades que são absolutas. Não há contestação.

Por exemplo, no futebol, certas derrotas doem fundo. Um soco no fígado, para quem
já teve o infortúnio de levar um, não é páreo para essa dor.

Há uma 2ª verdade absoluta: palmeirense é superlativo. Eu sou
superlativo. Se ganhamos uma partida convincente, somos os melhores. Se perdemos
uma partida onde tínhamos obrigação de ganhar, somos o cocô do cavalo do bandido. Depois de dois anos escrevendo aqui pré e pós jogo, ainda não aprendi direito isso.

Mas uma coisa aprendi nas últimas duas semanas – primeiro na derrota contra a LDU e agora nessa horrorosa partida que nosso time teve contra o Colo Colo:

Campeonato
Paulista
? Copa Libertadores.

Óbvio
né? Todo mundo fala isso, ainda mais no dia de hoje, depois desse 1×3 contra os chilenos, onde o Palmeiras jogou apenas 10 minutos, durante o segundo tempo, quando poderia até ter empatado (lembra da bola na trave?) mas depois tomou um gol de contra-ataque digno dos anos 80.

Mas voltando, por que a Libertadores é tão diferente do Paulista? Aí vai a percepção de um blogueiro que não tem salário de técnico de futebol:

 

PAULISTA

LIBERTADORES

Time pequeno está aí para empresário vender jogador; logo time
pequeno quer jogar;

Time pequeno (se é que isso existe) joga
para não perder e depois para vencer; muita marcação onde cada dividida vale
um prato de comida;;

Juiz de futebol apita até ombrada;e quando não apita e sai um gol
a imprensa cai de pau;

Juiz de futebol considera o tranco no corpo como parte
integrante do futebol;

Defesa (principalmente de time pequeno) joga por zona;

Defesa joga marcando o atleta; quando a
bola chega eles vão primeiro no corpo (lembra? não é falta);

O jogador do Campeonato Paulista é leve;

Biotipo do jogador da Libertadores é: alto e forte;

Gol no Paulista acontece com linha de passe, onde o atacante
aparece na cara do goleiro;

Gol na Libertadores acontece de
chuveirinho, de chute de fora da área, ou de contra-ataque;

Não
há aqui intenção em desmerecer o Campeonato Paulista. Apenas são fatos que um
mero admirador do futebol percebe.

Nem
estou aqui dizendo que Luxemburgo não sabe ganhar Libertadores, como sugeriu a Mancha Alviverde ao final do jogo. Muricy Ramalho
nunca ganhou uma também.

O
meu ponto é: ou o Palmeiras joga a Libertadores como ela deve ser jogada ou
ficaremos assistindo o torneio pela televisão.

Ainda não estamos eliminados da Copa Santander. Bastam três vitórias e um
empate. Não é fácil mas não é impossível. Agora, vai ter que mudar o jeito de jogar. Caso contrário não vai chegar lá.
Ainda
bem que temos mais de um mês até a próxima rodada.

Vamos
esfriar a cabeça… e alguém conhece um bom remédio prá resolver dor no fígado?

Saudações
Alviverdes!

50 respostas em “Pós Jogo Palmeiras 1×3 Colo Colo: Paulista vs. Libertadores”

Caramba, quando o Palmeiras perde até o formato do 3VV leva pancada (rsrsrs). Rodollfo, já foi solicitada a mudança. Como o 3VV paga essas mudanças todas, fazemos isso de forma que caiba no orçamento dos “investidores” do blog (ou seja, eu!). Abraços, logo logo vai estar legal.

opa só agora li alguns comentarios do pessoal, percebo uma coisa chata na nossa torcida, qua ndo ganhamos somos melhores temos o melhor tecnico, melhor atacante, melhor meio campo, bla bla bla bla …. quando perdemos os caras desenterram até o chinesinho…. Não é bem por ai, o time é bom, porem ontem não jogou nada, foi muito ansioso e pois a libertadores em risco. Esse é o preço que se paga pelo time ser jovem …. não adianta chorar o leite derramado, faltam 4 partidas na Liertadores e ainda somos os primeiros no Paulista ( que na minha opnião vale muito) perguntem ao Cezar maluco se ele não gostava de ganhar o Paulista, perguntem ao Rivelino se ele não gostaria de ter ganho um com os gambas?
Abraços …e CORNETEM COM MODERAÇÂO ainal o time não é otimo nem pessimo !

Sabe Aquele dia de ressaca brava?????
Olhos mareados, boca seca, a sensação de ter feito algo vergonhoso(ressaca moral), vontade de não sair de casa nunca mais. Agora é juntar os cacos, saber que temos um bom time (ao meu ver o melhor do grupo um), e finalmente estreiar na libertadores dia 8/4…..SE JOGAREM BOLA VOCES CHEGAM LÁ !!!!!!!!!!!!….. embora realmente ficou complicadissimo!
Abraços

Mesmo alguns achando burrice,eu não considero o Luxa técnico para o Palmeiras.Ele é fraco,marqueteiro de si mesmo,e não respeita o Palmeiras.Está ultrapassado.
Ou ele se recicla ou vai ficar ganhando Paulista e Brasileiro somente em times que dão grandes jogadores pra ele.
Acho que se o time está tentando se livrar de anos de péssima administração,também precisa se livrar de um treinador que não tem nada a ver com o Palmeiras.Ele é previsível.
Agora,vamos ficar um mês goleando as babas do paulista e voltar a nos empolgar excessivamente com um time que engana.Não falo pelo elenco,este é muito bom.Só precisa de um treinador moderno.Não um que tem cara de moderno,mas não é.

Espero muito mesmo queimar a língua,mas o Luxa, e sua comissão técnica caríssima são um um entrave para o modernização do Palmeiras.

Não sou radical apenas acho que insistir com ele é um erro.Ele não conseguiu acertar o time o ano passado e não vai conseguir esse ano.Não está focado no trabalho de técnico de campo,quer abraçar o mundo e quem sai prejudicado é o Palmeiras.
Podem me chamar de burro,radical,mas eu não gosto de traidor mesmo.Para mim não importa esta história de que ele é ou foi bom.Ou de que ele é um mau necessário.Não acredito nesta história de que os fins justificam os meios.
E tem mais,acho que a diretoria já percebeu isso,e não agora,mas em um futuro breve vai tomar as rédeas da coisa e colocá-lo sutilmente no olho da rua.
Torço para estar completamente errado e o Palmeiras vença a libertadores,brasileiro e o Paulista.Mas não acredito,não pelo time que é bom,mas pelo técnico.
Sds.

Rodolfo, embora esteja ruim a formatação do texto, li seu comentário e realmente é isso. De todos os comentário, o que mais chegou perto do que penso a respeito de um time de futebol. Mas na minha opinião, não isento o K9 não. Atacante além de fazer gols, tem de se movimentar, cansar os zagueiros quando estiver sem bola e quando for recebe-la, tem de saber usar o corpo para proteje-la, pois ele perdeu todas as disputas. É na libertadores que ele tem que mostrar seu futebol, no paulistinha é fácil dividir com zagueiros juvenas dos times do interior.

Independentemente do resultado, o papel desempenhado pela MV foi novamente ridículo e claramente político. Foi vaiada por uma parte da torcida. É uma torcida que a cada dia avança mais além dos seus limites. Vergonha. Não são palmeirenses. Enquanto as outras torcidas incondicionalmente apoiam os seus times, essa acintosamente torce contra. Que passem a se dedicar exclusivamente ao Carnaval; para o bem do Palmeiras.

Vicente a formatação dos comentários tá muito ruim…

Ninguém vai ler meu texto acima.. tá impossível, tá uma pasta de palavras igual um purê de batata… eu fiz com vários “enter”s e talz…

Abs

Uma das coisas que mais sse critica no torcedor palmeirense é o fato de ele ser o “imediatista”, o “amendoim”, o “derrotista” e etc.

Existem jogos, independente do resultado, que tiram o palmeirense do sério sem razão.

Mas existem outros que merecem tal raiva.

Ontem foi um desses.

O Palmeiras proporcionou um vexame internacional em sua própria casa. Perder para o LDU por 3×2, em jogo apertado, na casa dos caras é aceitável.

Perder para o Colo Colo em casa por 3×1, com um time apático, sonolento, que não conseguiu trabalhar a bola na entrada da área adversária (exceto por 10 minutos extraterrestres no 2º tempo, quando o Palmeiras pareceu Palmeiras), abusou de errar passes, abusou de deixar atacante aproveitar avenida nas costas dos laterais.

Marcão foi fraco no ataque e falho na defesa, assim como os três zagueiros de função, que ficaram perdidos (poderíamos ter tomado mais gols ainda, não fosse a falta de pontaria dos atacantes aversários).

Se existe algo a ser crucificado do jogo de ontem (além de uns 8 ou 9 jogadores do time) é a INFANTILIDADE com que o palmeiras jogou.

Parecia um time sub-15 jogando contra uma seleção da Alemanha. O time foi imbecil, pueril, fraco, besta. O Colo Colo catimbava demais e a gente caía. Não trabalhávamos a bola.

Nossos meis SUMIRAM do jogo e NÃO TOCARAM A BOLA PARA O KEIRRISON!!!!

Essa minha última constatação foi o pior de todos os erros ontem.

No desespero de um time pueril, não soube ficar atrás do placar (como soube contra o LDU), todos tentavam resolver sozinhos, como o Fabinho capixaba que fez uma excelente jogada no meio do campo, avançou e na entrada da área tinha umas 4 opções contra 3 marcadores e escolheu chutar pro gol de maneira bizonha.

Como foi também Diego Souza em vários lances com Keirrison na cara do gol que ele prendia a bola e perdia.

Como foi também Cleiton Xavier no lance em que diego souza deu para ele de cabeça na entrada da área e ele virou chutando, quando o K9 estava do seu lado com o gol aberto para ele pedindo pra que a bola entrasse.

Foi tenebroso.

Keirrison não tocou na bola, porque ela mal chegou a ele e, quando chegava, levava falta.

.

As únicas exceções que se faz ao jogo de ontem são: Pierre, Willians e Bruno.

O primeiro foi um leão na marcação, mas ficava para armar o jogo algumas vezes: não é a dele. Cadê nosso 10 ou o 7?

O segundo foi um leão no ataque. Criou inúmeras jogadas pela ponta e deixa cada vez – se é que isso é possivel – o palmeirense com menos saudades de Kléber. É uma excelente promessa, para mim maior que o CX10, porque não se apagou na Libertadores.

O terceiro não teve culpa alguma nos gols, mas em outros lances foi seguro. Foi bem.

Enfim.

Uma derrota para NÃO se esquecer.

Espero que antes de cada jogo da Libertadores o Luxa mostre esse vídeo para os jogadores e mostre o que NÃO deve acontecer.

Domingo devemos ganhar. Mas independente do resultado de domingo eu acho que teremos um mês de ilusões de time bom, com vitórias no paulistinha, para dia 8 de abril voltarmos à realidade.

Abraços

Vicente, vi você na Matarazzo. Queria te cumprimentar pelo excelente blog e por ter sido convidado a ajudar o Palmeiras (nunca nos falamos antes),mas você estava com pressa e eu já na fila.
Uma dúvida: vi errado ou o Keirrison foi tirar satisfação com parte da torcida após o gol? Por quê? Aconteceu algo?( onde eu estava, na última porção da arquibancada, antes das numeradas e da famigerada turma do amendoim, o xingaram pacas)
No fim, parte da mesma turma ( sempre eles) vaiaram o Edmílson. Claro que ele foi mal, mas vaiar um só jogador numa derrota é torcer para o adversário! Saudações, de cabeça beeem inchada.

Vicente, muito boa a análise, principalmente o quadro que serve para fundamentar sua crítica equilibrada ao Luxemburgo.
Acredito que os dois insucessos vão amadurecer técnico e jogadores para os confrontos seguintes. Não tenham dúvidas de que haverá uma mudança de postura na equipe e o time tem potencial para conseguir a classificação.
Pedir a saída do Luxemburgo é uma tremenda burrice, acredito.

Os comentários estão desativados.