Pré Jogo Palmeiras x Colo Colo: vitória simples já basta

Palmeiras e Colo Colo abrem a segunda rodada do Grupo 1 da Libertadores. Os dois times perderam na estreia.

A aposta em Keirrison e Cleiton Xavier é grande.

Para o Palmeiras os Palmeirenses, só a vitória cabe nos prognósticos.


O ADVERSÁRIO

O Colo Colo, time onde Jorge Valdívia jogava antes de vir para o Palmeiras, não tem aspirações nessa Libertadores. Com um elenco dividido, em crise com o técnico argentino Marcelo Barticciotto.

Há também um início de crise entre a torcida organizada do Colo Colo e os jogadores, entre eles o volante Melendez, que teria dito no último fim de semana que o grupo não aceitaria pressões dos torcedores. Arrumou confusão e agora a torcida cobra um resultado positivo no Palestra Itália.

Em meio à crise entre jogadores, técnico e torcedores, o Presidente do Colo Colo Gabriel Ruiz Tagle está em São Paulo e, de acordo com o jornal El Mercúrio, está fechando um acordo de colaboração com o Presidente Luiz G. Belluzzo. Ajuda nisso a negociação anterior entre Palmeiras e Colo Colo (Valdívia) e também o interesse do Verdão em Gonzalo Fierro, hoje no Flamengo. De acordo com o periódico, o dirigente do Colo Colo afirma que o jogador está perdo do Palestra Itália.

Por outro lado o técnico do Colo Colo, M. Barticciotto foi enfático em dizer que o time não vai jogar na defesa:

“No nos vamos a defender, lo peor es meterse
atrás. Ellos tienen buenos pateadores y si retrocedemos mucho y no
presionamos te meten un zapatazo al ángulo”, detalló.
Leia mais na edição eletrônica do El Mercúrio.

Portanto daqui nós esperamos um “zapataza al ángulo”. Será de Cleiton Xavier?

O PALMEIRAS

Sem Armero, suspenso, e com Marcos praticamente fora, o Palmeiras vem tinindo para o jogo.

O time treinou no domingo e na segunda, e não deve ter novidades em relação ao time que vem jogando. Marcão entrará na ala esquerda e Bruno deve começar jogando.

O time portanto deve ser: Marcos (ou Bruno); Danilo, Edmílson e Maurício Ramos; Capixaba, Pierre, Cleiton Xavier, Diego Souza e Marcão; Keirrison e Willians.

Esperamos que Keirrison e Cleiton Xavier estejam naqueles dias. Se for asim, a vitória virá sem sustos.

HISTÓRICO DOS CONFRONTOS

Em toda a história, o Palmeiras já jogou 16 vezes contra times do Chile. Foram 11 vitórias, 2 empates e 3 derrotas. A equipe marcou 30 gols e sofreu 12.

Desses 16 jogos, 10 foram disputados no Chile. Como visitante, o Verdão obteve 6 vitórias, 1 empate e 3 derrotas. A equipe marcou 16 gols e sofreu 9.

Jogando na nossa cidade, foram 6 partidas [5 no estádio Palestra Itália 1 e no Pacaembu]. O Verdão venceu 5 e empatou 1, marcando 14 gols e sofrendo apenas 3.

Ainda do total dos confrontos, 4 foram válidos pela Copa Libertadores [4 vitórias; 9 gols pró, 3 gols contra].

Já contra o Colo Colo, em toda a história, só aconteceu apenas um jogo: a partida aconteceu pelo Torneio Internacional do Chile, em 15 de fevereiro de 1961, e o Colo Colo venceu por 2×1, atuando no estádio Nacional de Santiago.

ARBITRAGEM

Trio de arbitragem argentino.

Árbitro: Sergio Pezzota
Auxiliares: Hernám Maidana e Ariel Bustos.

O árbitro tem 41 anos, e já se meteu em algumas confusões. Por exemplo, o jornal La Republica, do Uruguai, noticiou que a Federação Uruguaia de Futebol AUF teria contratado uma prostituta para que o árbitro influenciasse no resultado do jogo entre as seleções do Uruguais e Chile (clique no link http://www.larepublica.com.uy/deportes/306344-auf-contrato-prostituta-para-sobornar-a-sergio-pezzotta).

ENTÃO VAMOS PRO JOGO

Jogo de Libertadores é muito diferente de Paulistão ou Brasileiro. Não tem moleza, a tensão é grande e dificilmente veremos uma goleada.

A torcida tem que ter paciência porque alguns jogos que parecem fácil se tornam difíceis, seja pela tensão do jogo, seja pela superação do adversário, seja por uma interpretação da arbitragem, bem diferente da brasileira (deixa o jogo correr, não aplica faltas à toa, é mais conivente com a violência).

Apesar do Colo Colo ser considerado por muitos como o saco de pancada do Grupo, ele irá tirar pontos dos concorrentes, tenho certeza. Então o que importa é o 1×0 pro Verdão. E aí pensar nos pernambucanos, que já começaram a falar besteira (mas isso é assunto prá daqui a um mês).

O 3VV em peso estará lá. Exceto pelo Jota (por motivos pessoais) e o Carmine (preguiçoso, não quis pegar um vôo da Itália prá São Paulo) estaremos todos lá. No Setor Visa, Setor 7, fileira O.

Nos vemos lá…

Saudações Alviverdes!

Crédito das imagens são:
Fabio Menotti, La Republica, El Mercurio/PHOTOSPORT

Posts antigos, Por Onde Anda, e Links Patrocinados