Categorias
Corneta do Cunio

A Corneta do Cunio – Paralelas e Reversas

Por Alberto Cunio

Procissão alviverde (que é mais o que parecia a saída do Palestra Itália
quarta-feira), hoje vou utilizar de recursos da geometria espacial para
acalentar os milhões de esmeraldinos que, como bem disse Criscio no pós-jogo,
estão certamente frustrados.

A despeito de nosso infindável otimismo, que mesmo diante do turvo e
opaco consegue enxergar o cristalino e reluzente, faço aqui uma distinção
metafórica do que são retas paralelas e reversas com as nossas equipes de hoje
e de saudosos tempos. 

Retas paralelas, todos sabem, não se cruzam jamais. Porém, pertencem a
um mesmo plano e seguem uma mesma direção. Já as retas reversas, apesar de
também não se cruzarem jamais, pertencem a planos DIFERENTES e seguem direções DIFERENTES.

Acabada a breve explanação Euclidiana, vamos relembrar a EQUIPE (elenco,
comissão técnica, etc.) que nos conduziu ao memorável título da  Copa Libertadores de 1999 e a atual equipe (em
minúsculo mesmo), que pena para ir à segunda fase da mesma.

Marcos (Velloso ou Sergio), Arce (Tiago Silva), Júnior Baiano (Rivarola),
Roque Júnior (Cléber) e Júnior (Rubens Júnior); César Sampaio, Rogério
(Galeano), Alex (Jackson) e Zinho; Oséias (Evair) e Paulo Nunes (Euller).
Técnico: L.F. Scolari.

Marcos (Bruno ou Deola), Fabinho Capixaba (Wendell), Danilo (Jéci),
Maurício Ramos (Maurício) e Pablo Armero (Jefferson ou Marcão); Pierre (Jumar
ou Souza), Edmilson (Sandro Silva ou Paulo Miranda), Diego Souza (
Marquinhos) e
CX-10 (
Evandro); K-9 (Ortigoza ou Lenny) e Williams (Lenny ou Ortigoza).
Técnico: V.L.

Pois bem, todos (exceção feita aos muito jovens) se lembram o sufoco que
foi em 1999: depois da fase de grupos, eliminamos Vasco (Campeão do ano
anterior) nas oitavas e dentro de São Januário, Corinthians nas quartas NOS
PÊNALTIS, River Plate com duas atuações soberbas, lá (mesmo perdendo) e aqui,
além da final contra o D. Cali, nos pênaltis, DE VIRADA. Ou seja, passamos,
como diriam os cariocas, um “perrengue” danado para levantar este caneco,
contando com MUITA SORTE (que parece ter-nos abandonado há algum tempo) e com
uma EQUIPE como a descrita acima.

Deixo para vocês mesmos analisarem os dois grupos e refletirem: posição
por posição e, se quiserem depois, os adversários da época e a sorte (ou falta
dela). Excluindo Marcos, único remanescente e que, mesmo 10 anos depois ainda
podemos considerar apto à tarefa, vou apenas dar uma pincelada: Arce x Capixaba
(Quem ???); Zaga (ambos de seleção em 99 e hoje…?); Pierre (no máximo um
grande desarmador) x C. Sampaio (covardia… Alguém imagina o Pierre arrancando
do meio de campo contra o SPFC, driblando todo mundo e entrando com bola e
tudo?); Alex x CX-10 (só pode ser brincadeira de mau gosto…); K-9 (promessa
que não ganhou nada ainda) x Oséias (não vou comparar com Evair porque seria
leviano). A comissão técnica eu deixo de lado para não gerar mais polêmica.
Fiquem à vontade para compará-las, lembrando apenas que em 1999 tínhamos o
Pracidelli, Paulo Paixão…

Então, caros amigos palestrinos, serão estas equipes PARALELAS (que
apesar de não se cruzarem, seguem a mesma direção), ou REVERSAS? Pensem bem. E
se consolem.

Para não fazer injustiças ou criar caso, deixo esta semana minha CORNETA
na orelha dos responsáveis da Outplan, que herdaram da horrorosa BWA a confecção
e distribuição de ingressos dos jogos do Palmeiras e conseguiu a proeza de
fazer tal baderna que milhares morreram nas mãos de cambistas ou esquecidos nas
gavetas das lojas TIM, ao invés de ajudarem a lotar ainda mais nossas
arquibancadas na quarta-feira.

29 respostas em “A Corneta do Cunio – Paralelas e Reversas”

Boa Noite Alberto, tudo bem ?
Cara, to de saco cheio do nosso time….
Vamos aos fatos:
1. O profexo é mesmo especialista em ganhar Camp. Paulista, em montar time com seus protegidos e em deixar o time no buraco depois da sua saída (vide Palestra em 2002, Santos em 2007, etc)
2. Custo da comissão tecnica do especialista por mes = R$ 620 mil x 12 meses = R$ 7.440 milhoes x 2 anos de contrato = 14.880 milhoes de reais gastos com o profexo e sua equipe
3. Minha grande duvida: Com todo este valor, de qse 15 milhoes (pagos pela SEP), não seria possivel e melhor construir uma Academia de Futebol decente e de qualidade (a ex. Cruzeiro e Internacional), e revelar por ano 15 Capixabas, 10 Mauricio Ramos, 20 Lennys, 15 Marquinhos, etc ???
4. Quantos jogadores o Luxa revelou em 1,5 ano e quantos tem no forno para jogar na equipe principal ? Resposta = NENHUM
5. Pode jogar na SEP Mauricio Ramos, Capixaba, Lenny, Marquinhos, Ortigoza, Evandro, Marcão Zagueiro, Sandro Silva, Jumar…..um monte de perna de pau, e ao mesmo tempo, diversos moleques por este Brasil a fora com vontade de jogar bola e ser alguém na vida ? Não é possivel que o Palmeiras nao consiga revelar 15 destes ai por ano….
6. Traffic – Contrata meia duzia de jogador, do interesse dela e obriga a SEP e o Profexo a escalar estes jogadores….Depois de 6 meses – 1 ano, vende os mesmos, ganha o dinheiro e o Palmeiras fica a ver navios…Esta certo? Será que nao temos competencia de mudar a historia e revelar um Cleiton Xavier, um Keirrison (q tropeça na bola), um Marquinhos (que nao aguenta um tranco de futebol), etc…?
7. Chega de Cippulo, Genaro Marino e Cia…..são qse 3 anos que o futebol esta com estes incompetentes, e ganhamos apenas um Paulistinha…..Chega !!!
8. Manda embora o Luxemburro, pega estes 15 milhoes, constroe uma Academia de Formação de Jogadores com toda a Infra Estrutura, e contrata um tecnico qualquer….Pq para ganhar Paulista e chegar entre o 5 do Brasileiro e disputar a Pre Libertadores….qualquer um é capaz.
9. Do elenco atual presta: Marcos Goleiro, Diego S., Armero, Pierre e SÓ !!!
Corneta mais o Luxa ai Cunio….
Abs

Bucciolli, imagina só a corneta de sexta que vem… Não sei nem por onde começar. Esperemos o jogo de terça para ver se ainda respiramos por aparelhos ou se desligamos os aparelhos.

Cunio, eu venho me esforçando pra não cornetar o time, tentando ter paciência, mas depois do jogo de ontem não tem como. Pra mim não tem comparação entre esse time e o de 99, em nenhuma posição dá pra se comparar. Eu até acho que o time de hoje jogando completo é bom, tem chances de ir longe. Mas é só faltar uma peça e pronto, a casa cai.
Uma das diferenças entre o time de hoje e o de 99, e talvez seja a que mais irrite a nós Palestrinos, é um fato muito bem dito acima pelo Cássio: o time de 99 tinha culhão, coisa que esse time, com algumas exceções não tem.

Se o Luxa não teve o orçamento que esperava,pior ainda,pq com o que tinha escolheu as peças erradas.
O São Paulo acertou um time mas não com o mesmo técnico.Quem mudou a cara do SP foi o presidente deles que faleceu a pouco tempo atrás.O Portugal Gouvea.Ele contratou o Cuca,este montou um bom time,depois veio o Leão,o Autuori e o Muricy.Eles mantiveram a estrutura,mas trocaram de técnico também.E em geral pegaram técnicos que se destacam mais por serem boleiros,ou estudiosos do futebol do que por serem marqueteiros de si mesmo,ou caríssimos,ou ocupados demais para serem técnicos 24 horas por dia.

Alberto,

Você quer matar a gente de tanta saudade né.rsrs.

César Sampaio,Alex,Zinho e Evair.Meu Deus, e eu vi esses caras todos jogararem com o manto alviverde ao vivo.Nunca vou me esquecer disso.Mazinho,Cafu,Roberto Carlos,Edmundo,Djalminha,o monstro Rivaldo e etc.
Nunca vou esquecer da final do brasileiro de 94.Assisti aos dois jogos finais no Pacaembu,ver o Rivaldo aposentar o Branco de vez,o Edmundo humilhar o Viola no segundo jogo.E depois do gol do Rivaldo sair fazendo sinal para os gayviões da fiel irem embora que o título já era nosso.

Ah que saudade!!!!!!!!!!!

Saudações alviverdes e vamos lá com o que temos.Força Palestra.

Valdir Castaldelli Jr , o técnico do Palmeiras naqueles jogos contra o Grêmio em 95 não era o Luxa.Ele puxou o carro depois do título brasileiro de 94 só pra variar.Tomamos de 5×0 lá,e ganhamos de 5×1 aqui.O técnico naqueles dois jogos era o Carlos Alberto Silva.Aquele time tinha culhão, coisa que time do Luxa raramente tem.Foi aquele jogo como vc disse,e a força da nossa massa que impressionaram o Felipão.Lembro dele impressionado dizendo na coletiva depois do jogo que ficava rezando pro jogo acabar logo pq sabia que a gente ia meter uns 7 e reverter a vantagem.O Luxa foi para o Flamengo onde perdeu o carioca de 95 para o Fluminense com um gol de barriga do Renato Gaúcho no finzinho do jogo.Depois disso,o Romário, que mandava no Flamengo na época, o “demitiu”.Aí ele foi para o Paraná e voltou para o Palmeiras no fim de 95 para montar aquele time espetacular de seis meses em 96.

Saudações Alviverdes.

O time de hoje não se compara nem com o time do ano passado… imagina com o de 99… pega leve com eles, Alberto! hahaha

Boa sorte pra nós amanhã.

Jean,

Parabens pelos dados dos jogos contra grandes clubes,ganhamos apenas 5 pontos….é isso que penso também empurrar bêbado na ladeira não conta,o que ficou na memória do ano passado a final contra a Ponte ou a semi contra as Bibas,alí sim lavou a alma do PALMEIRENSE de verdade.

Alberto,

Voce tem razão sobre isso e acho que foi a única coisa sensata que o Luxemburgo disse nos ultimos meses,tem que disputar todo ano e uma hora voce belisca,também concordo que o time foi todo remodelado e perdemos um ano de trabalho com todas as dispensas do ano passado,mas amanhã vamos que vamos….Palmeiras minha vida é voce!!!!!

Galera, antes de mais nada queria externar minha imensa alegria de ver o comentário de um membro nobre da família (só um pouquinho fanática…rs) Frugis. Sé, fico feliz pelo prestígio.

Raul, meu intuito não é comparar os dois times dizendo: olha que timaço tínhamos e olha que caca temos. Na realidade, tracei esta comparação para mostrar que aquela base, com muitos reservas bons e um time titular excelente, penou para ganhar a Libertadores. Ou seja, mesmo levando-se em conta que o nível caiu demais entre os participantes, ainda temos pelo menos um ou dois anos de preparo para montar equipe similar.

Quanto a ter fé… Sempre teremos. Somos palmeirenses, fanáticos, não desistimos nunca.

Ví o comentário do Conrado e discordo de algumas coisas,temos quantos jogadores que a torcida aprova em 70%,ou seja em cada 10 torcedores 7 gostam..Marcos,Armero,Pierre,Diego Souza,Clayton Xavier e Keirrison,temos 6 jogadores acima da média o resto é resto,como no ano passado a torcida não é burra,passional,emocional,toda a torcida queria apenas que ficasse o Marcos,Pierre e Kleber.Vou em vários jogos do Palmeiras,fui quarta,vou amanhã,vou terça,mas não sou de opinião em cima de resultado,Evandro e Jumar amanhã podem ser os melhores em campo,torço e muito por eles,mas são fracos tecnicamente.Lenny pra mim é um jogador fraquinho,não mudei minha opinião por que fez gol na Ponte,Ituano,etc……como disse depois do jogo de Recife o Palmeiras faz jogos daquele espírito de meses em meses,anos e anos.

Eu li o artigo João, cai como uma luva na nossa torcida… Talvez por isso que torcer para o Palmeiras é uma grande aventura ao desconhecido da mente humana… caramba agora me superei hehehe…`
É por estes textos que considero a Midia Palestrina insuperável,indispensável e indescritível…

Sábado e Terça estarei na bancada do Palestra e espero que o amigo Jean Carlos esteja bem errado!!!
Abraços a todos!!

Perfeitos, Cunio, seu artigo e sua cornetada.

Não consigo botar fé nesse time. Quando eu falo ou escrevo isso, logo vem um mais afoito e diz: “Oh! Você não acredita? Então não é Palmeirense de verdade!”
Opa, peralá, ser fiel ao Palmeiras é uma coisa; fechar os olhos para as claras deficiências da comissão técnica e do time é outra, bem diferente.
A comissão técnica parece perdida, principalmente o sr. Luxemburgo.
Sejamos francos, o Toninho Cecílio não tem os colhões – ou a liberdade, ou a capacidade – de chamar o Madureira num canto e dar uma chamada nele.
O time parece sofrer de um amarelão crônico. Disputamos 7 partidas importantes este ano:
– Contra os maloqueiros, empatamos, depois de ter a vitória nas mãos;
– Contra as bichonas, perdemos;
– Contra as sardinhas, perdemos no jogo que importava;
– Contra a LDU, perdemos;
– Contra o Colo-Colo, perdemos;
– Contra o “Isporte”, empatamos em casa;
Ou seja, em 21 pontos disputados, ganhamos 5.
CINCO!!!
Isso não diz alguma coisa?
Penso o seguinte:
Por agora, se conquistarmos o Paulistão – que é um campeonato importante, sim, Juquinha Qui-Furo – está ótimo (mas não espero muita coisa). Quanto à Libertadores, não crio expectativa alguma.
A diretoria deve, desde já, começar a pensar no longuissímo, interminável e chatissímo, porém importante, Campeonato Brasileiro que se avizinha.
E dar uma bela chamada no Luxemburgo; trazer o Pracidelli de volta; chutar para bem longe do Palestra Itália os grotescos Fabinho Capixaba, Jéci, Danilo, Mauricio Ramos, Marcão, Jefferson, Jumar e Evandro; contratar urgente um lateral-direito, dois bons zagueiros e um meia com experiência, que saiba usar a 10 sem sentir o peso dela.
Mas, por agora, vamos torcer muito neste sábado.
Mas friso: eu sigo o Palmeiras, sou leal… Mas não acredito nesse time. Espero estar errado. Vou ser o errado mais feliz do mundo! Mas…
Um abraço!

Raul, Heitor, leiam o post recente do conrado parmerista os extremos da nossa torcida. Abraços.

Não quero ser pessimista, mas, alguém ai se lembra de algum jogo, contra time grande, apitado pelo Salvio que o verdão tenha saído vencedor? Não consigo me lembrar de nenhum. Foi ele que fez as manobras no jogo contra as bibas no palestra BR-08.

Em 1999 não passamos voando pela libertadores, mas, pra mim uma diferença crucial, em casa, excessão de dois empates, um na 1º fase e outro contra o vasco nas oitavas, fizemos valer o fator campo pra decidir.

Na final o time entrou nervoso, jogando bem, mas nervoso, fizemos o gol e quando o time deles estava desarrumado, o estabanado Júnior Baiano fez um pênalti imbecil! E o resto da história todo mundo já conhece.

Não será a derrota pra LDU no equador ou outro eventual fracasso no chile que nos eliminarão, será por causa de não fazermos valer o fator casa. Em seis pontos disputados no palestra ganhamos só um! Ainda dá, mesmo com o time não inspirando confiança e sem a sorte do nosso lado como em 1999. Afinal o Felipão era sortudo pacas, como se diz: “Ô nego largo sô!!!!” Vamos Palmeiras!!!

O pior de tudo foi ter perdido para o Colo-Colo.
Estou neste momento em Santiago do Chile. O time do Colo-Colo está na maior crise, naum se fala de outra coisa. A TV mostra os torcedores invadindo o treino para bater nos jogadores, o técnico foi demitido, eles estao muito mal no campeonato Nacional.
Os chilenos, e em especial os torcedores do Colo-Colo adoram o Palmeiras e a nossa camisa faz o maior suceso aqui!!! Muito por causa do nosso Mago Vadivia.
Nem eles acreditam que venceram o Palmeiras no Palestra…e estao pessimistas quanto ao jogo do dia 29/04…ou seja, mesmo estando em primeiro lugar eles acham admitem que será normal perder para o Palmeiras.
Concluindo…tomamos de 3 x 1 em casa…com um a mais de um time que segundo os próprios torcedores é horrível e só se salva por tere o Barrios no elenco!!!!
Realmente precisamos melhorar!!!

Saudacoes Palestrinas!!!

sem falar que chego ao Palestra e achava que a troca do ingresso da promoção seria na turiassu,entrada principal não tive que me deslocar para a Matarazzo.
não tem como comparar essas equipes,mas é o que venho dizendo a algum tempo melhorar o elenco. esse time tinha no banco as vezes Euller,Galeano,Klebão,Evair, hoje temos Lenny,Jeci,Marcão,Jefferson,Evandro,Jumar, tá difícil.

Alberto, meu amigo, estou lendo todas as suas colunas e muito feliz por sua participação nesse excelente site!!! Vale apenas lembrar que se você pegar o Corinthians, o Vasco, talvez até o próprio River de 99 e comparar com o de hoje, perceberá que nosso time atual é o que “menos piorou” na comparação… Acredito na classificação ainda… e como decidiremos provavalmente sempre fora de casa, creio que para esse elenco essa será uma vantagem! E amanhã venceremos o Santos graças ao medo do Mancini!
Quanto a corneta, vou dar a minha também: Keirrisson, artilheiro, bom menino, mas por favor, precisa de mais CONCENTRAÇÃO e RAÇA!!! Está errando passes de 2 metros… Abração a todos e vamos torcer, rezar, acreditar!!! rsrsrsrs

A cornetada do CUNIO e os comentários foram excelentes.

Ainda acredito na classificação do Palmeiras. Não consigo imaginar nosso time sendo eliminado na primeira fase. Na terça a LDU virá com uma proposta de “vida ou morte” a exemplo do Palmeiras. E a vitória será obtida rumo à classificação.

Já amanhã…. 1 a 0 tá ótimo!

Sem comentários!!! Assino em baixo tudo dito pelo Raul Ricardi..
Abraço a Todos!!!!

Lojas o que? Onde eh q estao vendendo nossos ingressos?

Bom, talvez eu nao seja o unico q nao sabia…

Heitor, você foi perfeito, não queria usar as bambis como exemplo, mas a comparação é justa, elas jogam uma coisa que parece futebol, mas tem como ponto principal a eficiência e como você bem disse mantiveram a base e foram vendendo e reforçando conforme o necessário, mas o técnico, continua o mesmo a 3 anos.

Mas torcemos para o Palmeiras de alma italiana, passional e apaixonante, contudo vejo nos homens que dirigem hoje nosso time de coração, pessoas que não se deixarão levar por esta alma passional, e darão continuidade ao trabalho.

Abraços!!

Alvaro,sinceramente não tenho certeza se ele teve esta liberdade toda que vc afirma para contratar, já que com a crise o dinheiro da Traffic encolheu.Ele tentou mesclar com a contratação do Edmilson, o Marcos que continua no elenco, Diego Souza que já chegou a disputar uma final de Libertadores com o Gremio em 2007, Danilo(fraco técnicamente)mas disputou também final de Libertadores no Atletico do Parana em 2005.

Quanto a montagem do elenco do ano passado, ele trouxe o Kleber, que parece ter sido uma boa contratação,Roque Jr não gostei, Jeci ruinzinho, Gladstone ruinzinho,Jeferson ruim, Fabinho C. ruinzinho, no mais eram jogadores que já estavam no elenco do Caio Jr, Leandro, Martinez, Alex Mineiro que já estava contratado etc…

Sou um dos que mais defende a permanência do Luxa no Verdão, apesar de ver que ele tem falhas, mas como frisei no meu comentário, penso que o melhor a ser feito é deixar para pensar em troca de técnico no fim do contrato, fazer um balanço com a cabea fria e não agora pois não vejo nomes de expressão que possam chegar e pegar este rabo de foguete que é treinar o Palmeiras com esta torcida tão exigente, com razão, já que somos o Campeão do século 20 e estamos acostumados a grandes times.

Abraço!!

Raul, concordo com você. Os Bambis ficaram dez anos sem jogar a Libertadores, até que acertaram um time que joga um futebol horroroso e eficiente e o mantiveram até hoje. Nós, a torcida, não podemos oscilar tanto. Não podemos um dia achar que o time é maravilhoso e no outro que é sofrível. Não há, no futebol brasileiro de hoje, times muito superiores aos outros. E é aí que a participação da torcida e a manutenção do grupo e do comando faz a diferença. Nossa alma italiana é corneteira, mas precisamos olhar os pontos positivos. Ano passado ganhamos o Paulista e nos classificamos à Libertadores depois de um bom tempo. O time está evoluindo. Vamos confiar que ganharemos o bi do Paulista e passaremos de fase na Libertadores.

Raul, o Luxemburgo teve toda a liberdade pra trazer quem ele quisesse e já está no Palmeiras há quase um ano e meio.

A equipe é inexperiente? Sim. Mas de quem seria a responsabilidade de mesclar jogadores mais experientes junto com a molecada?

A equipe foi reformulada no final do ano? Sim, e isso foi necessário por causa de falhas na montagem da equipe no ano passado.

Isso dito, concordo plenamente que a base desse time tem que ser mantida e reforçada agora no meio do ano, sem desmanche.

Caro alberto, na minha visão a comparação é injusta pois aquele grupo estava sendo formado desde 1997 com a chegada do Felipão e este de hoje foi quase que totalmente formado este ano.

Lembro que em 1998 chegaram o Arce, Paulo Nunes e Arilson e em 1999, o Cesar Sampaio, Evair eo Rivarola, ou seja, um tempo bem grande para se formar um grupo capaz de vencer uma Libertadores e assim mesmo, como vc frisou no texto, num sufoco enorme.

O grupo deste ano, além de ser menos experiente, com vários jogadores que nunca jogaram uma Libertadores, foi desmontado ano passado e reformado este ano. Por isso que defendo sempre um trabalho de longo prazo, sem pressa e principalmente sem pressão de títulos imediatos.

Se este grupo deste ano for mantido e reforçado para as competições futuras, creio que teremos muitas alegrias, pois vejo qualidade nos jogadores e na comissão técnica.

Abraço!!

Sabe Cunio, você num sabe a SAUDADE que eu tenho de jogos como aquele Palmeiras e Grêmio de 1995. E quem era o tecnico do palmeiras? Senhor Vanderlei e do gremio? Senhor Luiz Felipe Scollari…

Fomos eliminados da Libertadores naquele jogo, no palestra, mas a torcida cantava feliz ao final do jogo, e quem conseguiu a vaga mal acreditava que tinha conseguido daquela maneria, acho que ALI o coração do Felipão ficou mais ALVI-VERDE

Enfim, que jogo Fantástico!

Não podemos nos esquecer que temos hoje o Toninho Cecílio como diretor. Perdemos Gladiador, Henrique, Valdívia, Gustavo. Por quê? Em relação ao Mago em virtude de herança maldita (dívida da antiga diretoria mustafiana); Gladiador, Henrique (por causa dessa nova diretoria e do Kid Madureira) e Gustavo (graças ao Kid Madureira). Falar mais o quê???Abraços.

Os comentários estão desativados.