Categorias
Futebol com Números

As dívidas dos clubes (espanhóis) de futebol

Por Luís Fernando Tredinnick Divulgação autorizada mediante explícita citação do autor e do blog Terceira Via Verdão

Pois é pessoal, finalmente vamos poder ter uma comparação entre os clubes brasileiros e os clubes espanhóis.

Nada melhor do que fatos e dados para poder rebater uma série de argumentos enganosos que nós Palmeirenses cansamos de ver no noticiário esportivo.

Mas lembre-se sempre: dívidas em si não são um mau negócio. A dívida é boa ou ruim dependendo do seu uso e do custo para o clube.

AS DÍVIDAS DOS CLUBES ESPANHÓIS

Observem no gráfico abaixo a dívida de 17 clubes espanhóis. Aparentemente os clubes Sevilha, Almeria e Recreativo Huelva não têm dívidas, o que eu vou verificar. Impressionante pensar que o total chega a mais de 2 bilhões de Euros. Os dados são do jornal “Diário de Mallorca” (clique no quadro para ver melhor).

 

 
Como a dívida apresentada do Barcelona é a dívida líquida que o clube reconhece no seu balanço anual (e que vimos no Desvendando o Barcelona – 6) , podemos crer que os jornalistas fizeram a sua lição de casa e que os valores são exatos!

ENTÃO OS CLUBES SÃO INSOLVENTES?

Bom, possivelmente o Valencia, Atlético Madrid, La Coruna e Villareal estão em uma situação parecida com a do Flamengo, Botafogo e Portuguesa: não há como gerar caixa suficiente para pagar as dívidas.

Clubes como o Real Madrid e o Barça possivelmente conseguiriam saldar suas dívidas se fizessem um esforço muito grande para isso.

Os demais clubes parecem ter dívidas dentro de parâmetros controláveis.

E O GOVERNO?

A maior parte da dívida dos clubes é de impostos e de seguridade social. Alguém aí vê que é a MESMA situação dos clubes brasileiros?

Para tornar a coisa ainda mais parecida, existe uma Ley Concursal, em que o Estado auxilia os clubes devedores, estabelecendo um plano de pagamento das suas dívidas.

Quem sabe devemos exportar para a Espanha o nosso conhecimento para a realização de uma loteria destinada a ajudar os clubes?

ENTÃO?

Então, quanto mais analisamos, mais vemos que os clubes brasileiros estão próximos daquilo que é chamado comumente de “administração moderna de futebol”. Afinal, nós temos clubes endividados e apresentando prejuízos por anos seguidos exatamente como os clubes europeus.

Não é interessante pensar que, infelizmente, essa é a mais pura verdade?

Saudações AlviVerdes

*Luís Fernando Tredinnick escreve todas as sextas-feiras no 3VV, explicando a quem conhece e também a quem não conhece os números no futebol

9 respostas em “As dívidas dos clubes (espanhóis) de futebol”

Pois é Tredinnick, nossa situação não é das piores. Eu não sou expert no assunto, mas pelo que acompanho pela mídia em geral e principalmente aqui no 3vv nas suas colunas o Palmeiras é um dos clubes brasileiros com menos dívidas. E com o Beluzzo na presidência tenho certeza que vamos pelo caminho certo de uma vez.
Parabéns pelo trabalho.

Cunio,

O pessoal da Europa também usa as táticas suicidas dos clubes brasileiros. Eles se endividam hoje para conseguir lucros futuros. Só que nem sempre eles conseguem esse lucro no futuro.

Como já disse várias vezes por aqui, as dívidas tem que ser proporcionais ao lucro do clube. O Barça está em uma situação sob controle. Já o Valencia está em uma situação próxima ‘a da Portuguesa e do Flamengo: não há como pagar essa dívida!

Lembrando que o Real Madrid vendeu seu campo de treinamento para o GOVERNO para poder comprar o passe do Beckham. Pois é, maracutai com o governo não acontece só aqui.

Aliás, pelas informações que eu consegui levanter, o Real Madrid também tem prejuízo…

Como eu disse, no fundo são todos iguais!

Rodrigo, até onde eu levantei NENHUM clube com dívida superior a 100 milhões de euros é capaz de pagar essa dívida. Em uma situação assim, parece que nós no Palmeiras estamos sob controle, não?

Saudações AlviVerdes

Esse Barbagallo é uma comédia mesmo…rsrsrs. Mas concordo com o Rodrigo Pereira no seu primeiro parágrafo e questiono uma coisa que para mim ainda é inexplicável: como podem jogadores na Europa serem comerciaizados por cifras extratosféricas, mesmo nós sabendo que aqui eles seriam banco de clubes grandes? O dia em que eu tiver esta explicação, sem que seja assumido que é lavagem de dinheiro e picaretagem, acho que ficarei aliviado. As dívidas, para mim, são proporcionais a estas cifras. Se eu ganho um salário mínimo, minha dívida será uma prestação nas Casas Bahia. Se eu vendo o Messi por um trilhão de euros, minha dívida será na mesma proporção. Luis, sei que parecesse tosca ao extremo minha linha de raciocínio, mas também não sou economista, porém racional.

“Não é interessante pensar que, infelizmente, essa é a mais pura verdade?”

haha!
Não tinha parado pra pensar assim. Infelizmente!

Olha, eu não entendo absolutamente nada de economia, portanto só posso dizer que prá mim, a diferença é que lá os caras são picaretas, ajudados pelo Governo e encobertos pela imprensa…
Aqui, os caras são picaretas, são MAIS OU MENOS ajudados pelo Governo e SÓ ALGUNS CLUBES são encobertos pela imprensa…
Resumindo: o futebol é um esporte falido mundialmente… MEU DEUS!!!!!!

Acho que a diferença entre nós e eles é o fato de que os europeus têm uma capacidade maior de gerar receitas, seja por patrocínios, ou pelo poder de compra das torcidas, como camisas por exemplo, etc.
Mas os números são surpreendentes mesmo, e mostram que os mais endividados são os maiores times, que disputam a champions league e brigam pelas primeiras colocações do campeonato espanhol. Talvez esses times tenham essa “dívida boa” que o Tredinnick citou, e paguem um preço alto para terem times competitivos e se destacarem como forças do futebol espanhol. A questão é: com exeção do Barça e do Real que são as maiores potências, quais desses times com dívidas de mais de 100 milhões de euros têm condições de gerar receita para se equilibrarem financeiramente?

todo mundo tem divida, uma baita dor de cabeça pra todos os clubes do mundo

Achei que só aqui se administrasse “bem” os clubes. Pelo jeito, há uma “epidemia” mundial em andamento…

Os comentários estão desativados.