Categorias
Notícias

Fim dos regionais, vamos ao que interessa!

Por Vicente Criscio

Não, não estou variando. Os principais regionais do país – exceção feita ao campeonato carioca e paranaense – se encerraram neste fim de semana. Então agora é hora de pensarmos no Brasileirão. Antes temos uma viagem para Santiago com um pequeno estresse e – se os astros nos ajudarem – a qualificação para a próxima fase da Libertadores.

Mas antes vamos fazer um balanço geral dos principais campeonatos estaduais do país.

PAULISTÃO 2009 (INFELIZMENTE) JÁ TEM DONO 


Crédito: Marcos Ríboli/GloboEsporte.com; http://3vv.com.br/wp-content/uploads/2009/04/0,,20478105-EXH,00.jpg

Parecia que o bi-campeonato para o Verdão estava no papo. Melhor campanha na primeira fase – 77% dos pontos disputados, melhor ataque, melhor saldo de gols, maior número de vitórias – parecia que nada tiraria o Palmeiras de uma final contra o Corinthians.

Até porque o Santos, o adversário das semi-finais, tinha se classificado com as calças na mão, contra a Ponte Preta, em um jogo onde até os 30 e tantos do 2o tempo o time perdia por 2×1. Mas como do outro lado era a Portuguesa…

E o Palmeiras jogou contra um time que aparentemente entrou mais motivado, mais focado, e assim o verdão tomou duas entubadas. Uma na Vila Belmiro – quando o time até jogou bem mas não conseguiu fazer os gols necessários para sair de lá pelo menos com um empate – e depois no Palestra.

O Corinthians passou pelo São Paulo e hoje venceu o Santos por 3×1. E mostrou que Vagner Mancini é técnico para time pequeno. Pois não é que quando até eu me animava com o Santos preparando o empate, jogando melhor, ele tira Kleber Pereira e depois Paulo Henrique (muito bom jogador esse aí!)? Em seguinda o tal Rony, provavelmente só é mais alto que Madson no time (e muito menos técnico) teve três bolas alçadas na área para ele cabecear. Fosse Kléber (que já tinha perdido dois gols feitos, mas atacante que perde gol, uma hora bota prá dentro) e o jogo teria outro resultado.

Fabio Costa falhou no primeiro gol e estava adiantado no terceiro e hoje não bateu no peito. E assim o título vai para a Marginal sem número… O próximo jogo é apenas um amistoso.

CAMPEONATO DE UM TIME


Crédito para a foto: http://3vv.com.br/wp-content/uploads/2009/04/0,,20560217-DP,00.jpg

Em Belo Horizonte deu a lógica. O Cruzeiro venceu com gol de ex-palmeirenses (Kléber K30 e Leonardo Silva), enfiou 5×0 no Atlético e agora jogará a próxima partida também para cumprir tabela.

Ok, ok, alguém poderá dizer que o Atlético fez mais pontos que o Cruzeiro na primeira fase. Peço desculpas de forma antecipada mas em campeonato que precisa classificar 4 para as finais, terminar a primeira fase em primeiro não quer dizer absolutamente nada.

E nessas e noutras o Cruzeiro mostrou que o Atlético-MG é um dos candidatos à extinção nos próximos 10 anos. Pode escrever e me cobrar sobre isso.

RIO GRANDE DO SUL: SE OS AZUIS NÃO SE MEXEREM… 


Crédito: http://3vv.com.br/wp-content/uploads/2009/04/0,,20485925-EX,00.jpg

Ok, aqui meus gremistas podem ficar bravos comigo, mas o Inter venceu o primeiro e o segundo turno e despachou o Grêmio.

Grêmio que está bem na Libertadores por causa de Celso Roth (que já não está mais por lá). E a diferença de gestão entre o Inter e o Grêmio é tão grande, mas tão grande, que se esses meus amigos que me lêem aqui e têm alguma influência na política gremista não derem um jeito lá, vão ficar muitos anos atrás do Inter.

Podem me cobrar essa também.


CARIOCA: CUCA VAI OU NÃO VAI?


Crédito para imagem: http://3vv.com.br/wp-content/uploads/2009/04/0,,20560267-DP,00.jpg

Botafogo e Flamengo iniciaram a final do Campeonato Carioca 2009. E a primeira partida deu 2×2.

Os dois times voltam a jogar no próximo domingo às 16 horas. Se empatarem, o campeão sairá de uma disputa da marca do pênalti.

Aqui o negócio está indefinico. Os mais críticos dizem que é a disputa do “azar” do Botafogo contra a “má sorte” de Cuca.

Eu já acho que isso não existe. Tudo é uma questão de competência e inteligência.

No que diz respeito à competência, os dois ténicos são do ramo. Cuca é um excelente técnico mas acredito que falte (ainda) aquele título que o fará reconhecido como um bom técnico. E também dará a ele a confiança e a crença de que ele é melhor do que pensa que é.

Ney Franco é um excelente técnico, trabalha com sobriedade, e acho que é questão de tempo para ter o devido destaque no futebol nacional.
 
Mas o problema no campeonato carioca é a falta de inteligência (e profissionalismo) dos dirigentes. À parte os problemas financeiros dos clubes do Rio, principalmente do Flamengo, muito me surpreendeu a decisão dos dirigentes do time alvi-negro. O Botafogo gasta uma fortuna na manutenção do Engenhão e aceita jogar a 1a partida da final (com seu mando de campo) no Maracanã.

Ou seja, o amadorismo continua reinando na terra maravilhosa.


OUTROS ESTADOS


Crédito para a imagem: http://3vv.com.br/wp-content/uploads/2009/04/0,,20560334-DP,00.jpg

No Paraná a coisa está embolada. O Coritiba – que contratou o competentíssimo e pouco reconhecido Renê Simões – ganhou hoje do Atlético PR por 4×2 e se mantém na briga. Agora a coisa está assim:
Atlético PR – 14 pontos
Coritiba – 14 pontos
J. Malucelli – 13 pontos

Os três times jogam na última rodada na semana que vem em condições de se tornarem campeões. Bela disputa.

Na Bahia o Vitória ganhou do Bahia e pôs uma mão na taça. Jogará pelo empate na próxima partida. Em Recife o Sport já é campeão, para tristeza nossa e do Timbu. Em Santa Catarina o Chapecoense venceu o Avaí (3×1) e agora joga por um empate no jogo de volta. Se perder pro Avaí, terá prorrogação e aí o Avaí jogará pelo empate.

 
E AGORA?

Estamos no aguardo da Libertadores. Mas daqui a duas semanas começa o Brasileiro.

Hora de começar a refletir: um time destes que citamos aí em cima tem as maiores chances de ser o campeão brasileiro 2009. Nosso coração estará certamente com o Palmeiras. E a razão: também?

Saudações Alviverdes!

18 respostas em “Fim dos regionais, vamos ao que interessa!”

Outra coisa que acho importante.

O FIM DOS ESTADUAIS, e a VOLTA DOS REGIONAIS.

Deixando espaço para os clubes grandes disputarem Libertadores e Copa do Brasil. Enquanto os clubes menores, alguns inclusos nos regionais. O restante disputa um estadual com uma formula parecida a do carioca, classificando os finalistas ou semifinalistas para os regionais.

Logicamente, com um calendário ajustado. BR (começando em agosto e terminando em maio e com jogos aos domingos) E intervalo em janeiro.

Enquanto a Libertadores no primeiro semestre nos meios de semana. Junto a Copa do Brasil tbm nos meios de semana.

E no segundo semestre, Sul-Americana e Regionais, variando de semana e semana para os clubes que estiverem nos dois disputarem tranquilamente.

Assim, o foco seria mensurado. Tornando cada campeonato bem disputado.

Apesar de eu ter posto a Copa do Brasil no 1º semestre no meu “calendário ideal”.
O meu sonho é vê-la durante o ano inteiro, com os clubes da Libertadores tbm.
Porém, esbarra nas competições da Conmebol, que dão preferência aos clubes argentinos, chilenos, etc. Por terem nacionais com um turno em cada ano e não terem tantos campeonatos pra disputar como os brasileiros. Assim, creio eu, divide a Libertadores e Sul-Americana durante o ano, para que eles tenham a oportunidade de disputarem os dois durante uma temporada.

Abs

Tenho discutido com amigos. Pro Brasileirão podemos esperar 5 times disputando até o fim.

Internacional (esse é certeza). Faz décadas que não vence o BR e está no ano de seu centenário.

Cruzeiro, chegará forte se não perder muito jogador ou se desgastar demais na Libertadores, assim perdendo pontos importantes no início.

Palmeiras. Espero que nossa zaga, lateral direita e o banco pro meio campo sejam revigorados. E queira ou não, o Madureira apesar dos pesares sabe disputar um pontos corridos. O problema é que os outros tbm aprenderam.

Madame, essa sempre leva perigo.

Todos os citados acima, na minha opinião têm chances de levar o caneco. Com exceção do Corinthians. Pelo fato do Mano Menezes adorar um empate. E esse resultado em pts corridos é andar na esteira.

A razão me diz que falta MUITO, mas MUITO pro Palmeiras entrar como favorito.

Não tem elenco. Mal tem time. Cadê o lateral direito? Porque aquilo que joga ali na lateral direita não é jogador mas nem…

E precisamos de um lateral esquerdo reserva, porque o Armero vai pra seleção e eventualmente pode ocorrer alguma suspensão ou lesão. E Jefferson também não dá! Realizem o time jogando com Jefferson de um lado e Fabinho do outro. Contra um Cruzeiro ou um Inter…

Faltam meias também! Caros colegas palmeirenses, imaginem ficar sem Diego Souza. Ou Cleiton Xavier. Ou os dois! Vai entrar quem, pelo amor de Deus?

Convenhamos também que o Maurício Ramos não é o zagueiro do sonhos de ninguém.

Pra mim, pensando com a razão, não temos elenco. Temos 95% de um time, que precisa de uns retoques (e de um lateral direito), e que poderia ser campeão se tivesse reposição à altura. Ou se contratasse jogadores melhores para os titulares e pudesse ter boas peças do atual time no banco.

Infelizmente, quem usar a cabeça não pode sequer contestar as afirmações acima.

E, na boa, com essas afirmações, pra mim, fica difícil buscar o caneco.

Abraços.

Acredito que dos campeões ou pelo menos dos finalistas dos estaduais, acredito que temos favoritos sim… Internacional, Cruzeiro e um pouco por forao Botafogo… o Flamengo acho que nem na libertadores chega, é um time muito regional. No paraná, como estamos acostumados, se derem sorte um pode chegar a libertadores, mas acredito que o mais provável seja uma sulamericana mesmo. Já em são paulo, os favoritos são Palmeiras e São Paulo, Santos nem vai brigar por libertadores e o Corinthians, se acabar a proteção ao Ronaldo e os zagueiros adversários enfrenta-lo como o Fabão (apenas ele no Santos), não chega nem na libertadores também. Embora o Grêmio tenha ficado no caminho no estadual, é muito forte, pelo menos na busca por outra libertadores… então temos 5 ou 6 disputando, na minha opinião a vaga para libertadores e consequentemente o título.

Sei não, sei não … estou pessimista, sobretudo com o Profexô. Nâo vemos padrão tático, dedicação e afinco do Profexô, que tá sempre com a cabeça em outro lugar.

E AGORA??

No meu conceito, o time do Palmeiras está entre os favoritos do Brasileirão, tem muita gente que acha o contrário, mas confio muito no elenco( que será e já esta sendo reforçado) e comissão técnica.

Cruzeiro, Inter, Bambis e até os gambás se o Gordo não se contundir, farão um bom campeonato, mas repito, confio no Verdão!!!

QUEM VIVER VERÁ!!!!!

ABRAÇOS A TODOS!!!

Precisamos ganhar algo este ano e Brasileirão é mais que obrigação.

Concordo plenamente.
Para o Brasileiro, Cruzeiro e Inter começam muito à frente.
Bambis pela base (alôooooo seu luxa! 01 ano e maio e ainda não temos sequer alicerce… parece obra pública!!!)
E Grêmio correm por fora.
Tenho menos esperanças esse ano que tinha ano passado… admito com tristeza.

Considerando todo tópico e falando sobre Palmeiras, acho que a eliminação na quarta vem a calhar. O elenco é fraco, inexperiente, e se ganhar quarta vamos nos enganar mais uma vez, vamos achar que o time é bom e ficar em pé até a próxima queda. Analisando o time com o Edmilson machucado fica pior ainda. Todos os zagueiros do elenco são fraquíssimos. A lateral direita é carente, e a pressão no Capixaba é muito forte, sem chance pro muleque… O nosso ataque é uma piada, o Lenny é piada de mal gosto, sacanagem da grossa, e tem muita gente que acha que com ele tá bom, isso me desanima cada vez mais…
O Keirrison sozinho, isolado, num joga nem nos EUA…
Em tempo o Palmeiras precisa de no mínimo 6 atletas pra disputar o Brasileiro
Dois zagueiros (no mínimo), um lateral direito, um meia e mais dois atacantes, pra começar…
Não nos enganemos, a realidade é esta…
Um time com a estrutura do Palmeiras, e com a nossa torcida, vide que somos a torcida que paga o ingresso mais caro do Brasil, portanto, faz lógica termos o elenco mais valioso do campeonato.
E não é isso que acontece… Temos uma folha cara e um time barato…

Sobre os adversários dos outros estados e a perspectiva pro Brasileiro… Somos a quarta força de SP, o Inter, Cruzeiro também estarão fortes, as incógnitas são os do Rio, se o Fluminense entrar determinado, com Conca, Fred, Neves etc… no papel eles são fortes tb… o Botafogo tá arrumadinho e tem bom técnico, o Grêmio tb cresce de vez em quando… Dos famosos, só o Atlético-Mg e Flamengo que não assusta e dos outros estados tb não… Resumindo, hoje, tá todo no nível um pouco mais alto que a gente…

Precisamos com urgência de um lateral-direito, um volante que saiba sair para o jogo (não sei se o Mozar pode fazê-lo) e um atacante, ou para servir o Keirrison ou que seja raçudo e bom para resolver sozinho quando o Keirrison está “ausente” do jogo.

E uma cornetada no jogo das sardinhas: também não gostei da saída do tal do Ganso, que parecia ter voltado pro jogo (acho que deveria ter saído o Madson, que tava correndo, mas não acertava um passe no 2o. tempo), mas o Kléber Pereira não deveria nem ter entrado jogando. Ou ficava impedido ou perdia o gol. Essa foi a diferença. O Ducho pegou 3 bolas de frente pro gol e meteu 2.

Vicente, vc não acha que o Souza merecia mais oportunidades nesse time do Palmeiras?

Quanto ao Brasileiro, precisamos de, no mínimo, um lateral direito (bom!!!), um zagueiro (de Edu Dracena pra cima), um bom meia para jogar com o Cleiton, e mais um atacante matador…do contrário disputaremos novamente a quarta colocação na última rodada!!

Será que não rola uma troca com o Cruzeiro…agente manda um pacote com Capixaba, Maurício Ramos, Jumar, Sandro Silva, Edmilson (aquele cabeção que ainda recebe salário do Palmeiras), Jeferson, Evandro, Saconi, e mais o Max de brinde pelo Kleber de volta?

Andre, que saia justa (rsrsrs).

Se o Grêmio é nota 2 e o Inter é nota 8 somos ainda nota 5. Estamos há pelo menos 3-4 anos atrás da gestão dos colorados.

Abs,

Para o Bresileiro temos que trazer, no mínimo dois ótimos zagueiros (que saibam lançar, hehehe) e um lateral direito, fechando assim o elenco. Ai sim seremos mais forte e chegando na briga pelo título com força e respeito dos demais times. Diria ao nível do Inter, por exemplo

Outra coisa, que saudades do Kleber, hein! Bem que a diretoria poderia ir busca-lo, é dificil eu sei, mas no jogo contra o Santos, com ele a coisa seria diferente. Vale um comentário: seriam dois batendo naquele zagueiro covarde (rsrsrs).

Vicente,

Só uma questão como voce classifica nossa Administração nesse abismo que voce mencionou entre Gremio e Inter.
Mais uma coisa concordo com seu comentário sobre o Ney Franco acho um bom treinador,sério,e não sei se isso é qualidade,mas ele é calado fala na hora certa.
Ano passado estava super confiante para o BR08,nosso time era bom,foi campeão e experiente,mas refugou…..nesse se não vir de 4 a 6 atletas para pegar a camisa e jogar…..não boto fé!
Um abraço!!!!

Ainda tenho esperanças na libertadores..se conseguirmos a vaga daremos muito trabalho…agora eu fico p#%$ da vida…como o Palmeiras conseguiu perder a vaga para o fraquíssimo time do Santos?…é muito ridículo esse time e só um milagre tira o título dos gambás…

É…

Não boto fé nenhuma nos times cariocas.
O Cruzeiro tem uma defesa horrível (e um técnico que substitui mal os jogadores desse setor), o que é bom para nós.
O Inter terá pelo menos 2 grandes jogadores vendidos no meio da temporada. Faz parte da política do time: vender 3 e revelar 3 todo ano, pra manter o caixa no azul. Pode parecer ameaçador agora, mas dependendo das vendas vai desmontar. E a defesa também é mais-ou-menos (fora os goleiros… se escalarem o Clemer então, estamos feitos).
Coritiba e Atlético Paranaense não contam como candidatos ao título. Times de meio de tabela, vão brincar de franco-atirador e arrancar pontos de um monte de gente. Tomemos cuidado.

Se as previsões de Luxemburgo se confirmarem, esse time engrena no segundo semestre (faz algum sentido: pegam mais entrosamento, mais malandragem… o time é ingênuo), aí tem sérias chances de levar o Brasileiro. Mas não sem reforços.

POR FIM, sobre o Corinthians: se eles realmente levarem o caneco, a imprensa vai definir como “o título de Ronaldo” (mesmo que o mérito dos outros seja maior). Eu aposto num racha no elenco. Depois venham me cobrar.

Os comentários estão desativados.