Categorias
Direto da Fonte

Mozart assina com o Palmeiras e já deve começar a treinar

O Palmeiras acertou nesta sexta-feira (24) a contratação do volante
Mozart, que vinha atuando pelo Spartak Moscou. O jogador de 29 anos
assinou contrato até dezembro de 2010 e chega sem custos ao clube.
Caso aconteça alguma transferência, o Palmeiras vai ficar com 60% dos
direitos econômicos.

“Temos uma base de dados com o nome de centenas de atletas que atuam
fora do país, e o Mozart surgiu como uma ótima opção. Está com uma
idade boa e acumula uma vasta experiência, já que vinha atuando há um
bom tempo na Europa”, afirmou o gerente de futebol, Toninho
Cecílio. “Tínhamos que agir com rapidez e inteligência, pois perdemos
dois atletas importantes para essa função”, comentou, citando as
lesões de Edmílson e Sandro Silva, que vão ficar três meses afastados
dos gramados.

Mozart esteve na Academia de Futebol pela manhã, quando já realizou a
primeira avaliação com os médicos palmeirenses. Ele vai passar por
exames no HCor e deve iniciar os treinos já na tarde deste sábado
(25), com o restante do grupo. A apresentação do atleta deverá
acontecer apenas após a partida contra o Colo Colo, na próxima quarta-
feira (29).

Revelado em 1997 pelo Paraná, Mozart foi negociado já na sua segunda
temporada com o Bordeaux, da França, quando atuou em 1998 e 1999.
Retornou ao Brasil para atuar pelo Coritiba, quando foi novamente
destaque: chegou à seleção brasileira, justamente sob o comando do
técnico Vanderlei Luxemburgo, e foi negociado mais uma vez para fora
do país, desta vez para o Spartak Moscou.

No exterior, Mozart atuou entre 2000 e 2005 pelo Reggina, da Itália,
e nos últimos quatro anos vinha atuando pelo Spartak Moscou. Confira
o bate bola feito com exclusividade com o jogador.

Assessoria de Imprensa – Era um desejo seu retornar ao Brasil?
Mozart – Estava há muito tempo na Europa, praticamente 10 anos, e
acho que estava na hora de voltar. O que mais pesou foi o aspecto
familiar. Minha filha, de sete anos, estava com alguns problemas em
Moscou e eu necessitava retornar.

E quais os motivos de você ter optado pelo Palmeiras?
Mozart – Surgiram alguns clubes interessados, mas desde o início o
Palmeiras surgiu como a primeira opção. Era uma vontade atuar em São
Paulo e num clube como o Palmeiras. E também o fato do Vanderlei
[Luxemburgo] estar aqui. Trabalhamos juntos na seleção brasileira, em
2000, quando conquistamos o Torneio Pré-Olímpico. Foi um período
muito legal da minha vida que espero reeditar com ele aqui.

Qual função você vinha desempenhando no Spartak Moscou?
Mozart – Há um bom tempo venho atuando como primeiro volante. Mas já
fiz muitas vezes a função de segundo homem do meio. Estou acostumado.
Sou um atleta que marco bastante e aperfeiçoei isso na Europa, mas
também gosto de sair para o jogo. Vou chegar para ajudar.

Quais lições você traz após ficar tanto tempo na Europa?
Mozart – Aprendi muito lá fora. Você aprende como homem e
profissional. Foi difícil a adaptação, mas eu me dei muito bem. No
Spartak, estávamos sempre brigando por títulos. Acredito que minha
experiência poderá ser importante para o grupo, tanto se o time
avançar na Libertadores quanto na Campeonato Brasileiro.

E os seus objetivos no Palmeiras, quais são?
Mozart – Primeiro, que estou muito feliz de retornar ao Brasil e
ainda mais para uma grande equipe que é o Palmeiras. Como todo clube
grande, que possui uma história cheia de glórias, quero ganhar
títulos e ser campeão. Não dá para não pensar em outra coisa. Quero
escrever minha página na vida do clube, e isso não vai acontecer só
jogando. É necessário sempre mais, como títulos e conquistas.

E como está sua situação física?
Mozart – Estou bem. Fiz alguns jogos esse ano e fisicamente estou
perfeito. Preciso apenas pegar um pouco mais de ritmo de jogo. Começo
a treinar desde já e espero ficar à disposição caso o Palmeiras
avance na Copa Libertadores.

Deixe uma mensagem para a torcida do Palmeiras.
Mozart – Quero dizer que o Palmeiras contratou um atleta bastante
determinado e que honra os compromissos do clube, dentro e fora de
campo. Chego cheio de vontade e espero trazer ainda mais alegrias. Ao
lado dos meus companheiros, espero conquistar algum título ainda esse
ano.

Nome completo: Mozart Santos Batista Júnior
Idade: 29 anos [08/11/1979]
Natural de: Curtiba-PR
Altura: 1m80, 78kg

Clubes: Paraná [1997-98], Bordeaux [1998-99], Coritiba [1999],
Spartak Moscou [2000], Flamengo [2000], Reggina [2000-2005] e Spartak
Moscou [2005-2009].

Títulos: Campeão Carioca com o Flamengo, em 2000, e do Torneio Pré-
Olímpico com a seleção brasileira, em 2000.
 


Crédito: Fabio Menotti

2 respostas em “Mozart assina com o Palmeiras e já deve começar a treinar”

Ma che cazzo de bandeira é essa? Nossa bandeira tem uma faix na diagonal…

Os comentários estão desativados.