Categorias
Notícias

Os números não mentem

Por Vicente Criscio

Esse blog já criticou bastante Vanderlei Luxemburgo, principalmente no último trimestre de 2008 e algumas vezes nesse 2009 da marolinha.

Mas também sabe elogiar. É na mão de Luxemburgo que o Palmeiras está voltando a mandar no futebol paulista.

POR QUÊ? 

A partir de 2005 o Campeonato Paulista deixou de ter as fases de grupos e passou a ter uma fase de turno único, com 20 clubes. Em 2005 e 2006 os times que faziam o maior número de pontos eram proclamados campeões.

A partir de 2007 foi incluída a fase do mata-mata. Os quatro melhores classificados disputam em melhor de dois jogos o direito de disputarem as finais.

Muito bem, nos últimos 5 anos (2005 a 2009) confira o desempenho dos Palmeiras no quadro abaixo:

DESEMPENHO DO PALMEIRAS NOS CAMPEONATOS PAULISTAS

 

Colocação

Pontos Ganhos

Aproveita/o

Vitórias

Gols Pró

Saldo de Gols

2005

25

44%

7

31

-1

2006

36

63%

11

37

9

2007

35

61%

10

39

14

2008

 (campeão)

40

70%

12

36

20

2009

44

77%

13

38

21

Como sabemos bem, o Palmeiras foi campeão em 2008 e está bem posicionado para ser campeão de 2009. Em 2007 ficou em 5o nas mãos de Caio Jr. Em 2006 o treinador era Emerson Leão, que levou o time ao 3o lugar. E em 2005, um sofrível 9o lugar com Candinho.

Ainda comparando entre os cinco grandes clubes paulistas, o Palmeiras demonstra que de 2008 e 2009 foram os melhores anos versus todos os seus concorrentes diretos:

COMPARATIVO DOS GRANDES NOS CAMPEONATOS PAULISTAS
– COLOCAÇÃO APÓS 19 RODADAS –

24 respostas em “Os números não mentem”

Raul,os erros do dia-a-dia do Luxa não precisam ser vistos in loco para percebê-los.Bastar ler os comentários aqui que em geral falam da mesma coisa.E junto com a maioria das pessoas que o crítica aqui,me julgo capaz sim,porque vejo o resultado disso dentro do campo.Quem faz o bastidor do clube é o técnico,e é ele que tem que cuidar para que isso não atrapalhe o time em campo.Ele escolhe com quem quer trabalhar.Segundo o Sr.Havilla ele tem carta branca pra isso.Os bastidores tem que ser devidamente controlados pela diretoria e pelo treinador.Todo clube tem seus problemas de bastidores,só que uns resolvem de forma mais inteligente.
O fato de postar minha opinião contrária ao Luxa,e quando digo isso,falo profissionalmente,pq não gostar dele não me impede ver seus defeitos e virtudes(vc vai ver que o elogio no post do pós jogo do Sport,se quiser ler é claro).
Apenas torcer é ótimo,tá tudo certo,mas eu, e pelo jeito muita gente aqui,não consegue deixar de opiniar e criticar o seu Luxa sim.E isso não afeta a gana com que torço pelo verdão.Criticar não é querer destruir ninguém ,nem muito menos seu trabalho.Seria uma burrice,seria torcer contra uma das coisas que mais amo na vida que é a Sociedade Esportiva Palmeiras,só porque não gosto do treinador.
Detalhe,não que seja seu caso,mas tá cheio de ex jogador que não entende bulhufas de futebol,assim como tá cheio de torcedor que por viver anos acompanhando,entende muito e muito mesmo.Não falo de mim.Mas conheço gente que é só torcedora que sabe muito mais de tática que muito ex jogador que está por aí comentando.

Também não concordo com troca de técnico no meio da temporada,mas acho que ele tem que ser cobrado sim pela diretoria.E se continuar cometendo os mesmo erros que comete desde julho do ano passado,algo está errado.Ou ele se recicla,ou em dezembro tem que ser substituído.

Pra deixar bem claro,o último grande trabalho do Luxa foi no Cruzeiro em 2003.Táticamente,poucos no mundo sabem fazer um time jogar futebol como elel.Mas seu ego e vaidade comprometem seu desempenho.Quem sabe ele não acorda e percebe que ele será reconhecido pelo que faz no campo,não pelas entrevistas que dá,ou pelo IWL,ou por ser empresário.Pra mim,treineiro,tem que ser boleiro.Vicidado em futebol.
Se o próprio presidente Beluzzo declara que vê futebol até da série A3,por que o técnico tem que ser diferente?É assim que o Sr.Milton Cruz leva muito jogador para o São Paulo.O Muricy idem.Vê tudo,sabe tudo.Será que o nosso faz isso.?
Já disse não gosto da pessoa,mas potencialmente ele tem capacidade para ser um monstro de técnico,mas será que o ego vai permitir?
Será um prazer discutir e tentarmos achar pontos convergentes em relação ao futebol do verdão.
Abraços.

Pois é Cassio, cá estamos nós de novo divergindo… Acho esta discussão altamente saudável, mas hoje me parece, não ser o dia ideal para divergências, hoje é dia de união, como vc mesmo disse o Luxa é o técnico e temos que torcer para tudo dar certo.

Infelizmente não concordo com nada que vc escreveu, me desculpe, mas não vc não tem condições de apontar os erros do Luxa, já que acompanha o dia a dia do clube pela midia e não sabe o que acontece nos bastidores.

Você mesmo já disse várias vezes que não gosta dele pois acha que ele abandonou o Palmeiras em 2002 e está levando este caso para o lado pessoal.

O que eu sei é que muito fácil destruir, apontar erros que sua opinião são dele, eu prefiro ficar na minha, só torcer, não me formei treinador de futebol, sou ex atleta,mas não me julgo na condição de analisar pseudoerros dele, deixo isso para vc, que me parece bem “preparado” para esta função.

Espero um dia continuar este papo com mais tempo, para que possamos desenvolver melhor os raciocínios e talvez concordar em alguma coisa com você. Só quero deixar bem claro que acho um erro trocar de treinador,seja ele quem for, no meio da temporada.

Abraços !!

Alberto estou 100% de acordo com vc.Apesar de enxergarmos os erros do nosso treineiro.É ele o técnico e é com ele que vamos.O sucesso dele,significa o sucesso do clube que amamos.
Seja quem for o treinador, sou acima de tudo Palmeiras.

Abraço.

Raul Ricardi,acho que você tem lido outros comentários.A maioria das pessoas que comenta aqui ,aponta os erros do time e do Luxa.Ganhando ou perdendo.São raríssimos os comentários aqui idolatrando o Luxa depois de uma vitória.Ele criou sobre ele mesmo,uma aura de antipatia por causa de seu ego enorme e de seu “possifissionalismo”.
Ganhar do Sport parece que virou a mesma coisa que ganhar do Barcelona no Camp Nou com 90 mil pessoas.Não esqueçamos, é só o Sport.Muito motivado,mas continua sendo o Sport Recife e só.
Não vamos esquecer que o Sport é recheado de refugos.Paulo Bayer,Fumagalli,Dutra,Magrão, o goleiro do “milésimo”gol do Romário e o principal, Nelsinho Batista.O cara que em 91 ou 92 conseguiu afastar o Evair que viria a ser um dos maiores ídolos do Palmeiras,e cansou de perder para o Luxa quando tava no curintia ou no novorizontino,e dois anos atrás nos deus uma grande alegria rebaixando os gambás.Os comentários aqui em 99,9% são de muito bom senso.
Se perder(e não vai acontecer pq confio na superação e na raça dos jogadores e na força gigante que tem o Palmeiras)vai perder sim,fruto de muitos equívocos do sr.Luxa e do seu super ego.Se ganhar,ele vai ter seu mérito também,mas vai ganhar do Sport.E o Sport, com todo respeito aos seus torcedores é só o Sport.
Pra mim não será nenhum gênio,terá sua parte reconhecida,mas nem gênio,nem ídolo.Pra mim ele tá longe disso.E isso por culpa exclusivamente dele.

nos ultimos 3 brasileiros o aproveitamento dos times dele é sofrível, desculpe faltou dizer “FORA DE CASA”.

nos ultimos 3 brasileiros o aproveitamento dos times dele é sofrível, desculpe faltou dizer “FORA DE CASA”.

nos ultimos 3 brasileiros o aproveitamento dos times dele é sofrível, desculpe faltou dizer “FORA DE CASA”.

Vou entrar nesse debate de alto nível,acho que tem que ter equilíbrio e analisar os fatos,muito poder pro técnico ele põe os pés pelas mãos,analise isso no Santos ele trouxe medalhões Reinaldo,Léo Lima,Maldonado e Zé Roberto ganhando 500 mil,em compensação trouxe Fabiano,jonas,tabata,manzur,magnum,geilson,luciano henrique,heleno,de nigris,gilmar,neto,ronaldo guiaro,andré belezinha,wellington paulista,leandro,andré luiz,paulo,hudson,alessandro,baiano,petkovic,vitor junior…a lista é grande sem falar na comissão técnica…nos ultimos 3 brasileiros o aproveitamento dos times dele é sofrível…não o julgo por um jogo e sim pelos ultimos 3 anos onde ele consegue montar um time bom,mas um elenco mediano…e o campeonato nacional hoje se resume em uma disputa muito longa onde o elenco de qualidade é fundamental.

Vou entrar nesse debate de alto nível,acho que tem que ter equilíbrio e analisar os fatos,muito poder pro técnico ele põe os pés pelas mãos,analise isso no Santos ele trouxe medalhões Reinaldo,Léo Lima,Maldonado e Zé Roberto ganhando 500 mil,em compensação trouxe Fabiano,jonas,tabata,manzur,magnum,geilson,luciano henrique,heleno,de nigris,gilmar,neto,ronaldo guiaro,andré belezinha,wellington paulista,leandro,andré luiz,paulo,hudson,alessandro,baiano,petkovic,vitor junior…a lista é grande sem falar na comissão técnica…nos ultimos 3 brasileiros o aproveitamento dos times dele é sofrível…não o julgo por um jogo e sim pelos ultimos 3 anos onde ele consegue montar um time bom,mas um elenco mediano…e o campeonato nacional hoje se resume em uma disputa muito longa onde o elenco de qualidade é fundamental.

Vou entrar nesse debate de alto nível,acho que tem que ter equilíbrio e analisar os fatos,muito poder pro técnico ele põe os pés pelas mãos,analise isso no Santos ele trouxe medalhões Reinaldo,Léo Lima,Maldonado e Zé Roberto ganhando 500 mil,em compensação trouxe Fabiano,jonas,tabata,manzur,magnum,geilson,luciano henrique,heleno,de nigris,gilmar,neto,ronaldo guiaro,andré belezinha,wellington paulista,leandro,andré luiz,paulo,hudson,alessandro,baiano,petkovic,vitor junior…a lista é grande sem falar na comissão técnica…nos ultimos 3 brasileiros o aproveitamento dos times dele é sofrível…não o julgo por um jogo e sim pelos ultimos 3 anos onde ele consegue montar um time bom,mas um elenco mediano…e o campeonato nacional hoje se resume em uma disputa muito longa onde o elenco de qualidade é fundamental.

Amigo Alberto! Longe mim a intenção de me tornar “polêmico”. Só que quando me manifesto neste site( o 3vv é o único que escrevo na midia palestrina, pois considero o melhor site, disparado,nos outro leio mas ñ opino), sempre escrevo a favor do técnico que está “no poder”, por considerar técnico cargo de confiança da diretoria e quando se detona o treinador, indiretamente se esta detonando a diretoria que confiou e confia no Luxa.

Penso que treinador tem que se esquecer, deixar o cara trabalhar e não ficar cobrando como se faz aqui, penso que cobrança deve vir da Diretoria, mas vivemos no Brasil, terra que tem 190 milhões de técnicos e óbviamente 14 milhões destes são “técnicos palmeirenses”.

Apenas considero o trabalho de qualquer treinador de futebol, não tão importante assim, afinal ele não entra em campo,mas não irei fazer mais “polêmica” sobre este assunto.

Vou guardar minhas energias para o jogo de 4ª e as semis que começam neste final de semana.

Abraços!!

Acho que só mandariamos no futebol paulista, se nao fosse outro paulista mandando no futebol nacional. Enquanto nao vencermos o nacional, nao podemos nos gabar sobre elas.

Cássio, naturalmente o artigo do Mauro é brilhante. Em todos os sentidos. O VL é um técnico de primeiríssimo nível, realmente daqueles que colocam a mão na equipe e fazem a coisa mudar da água para o vinho em minutos. Mas esta forma de “isenção” que ele trabalha, sem ter um envolvimento mais emocional com o clube que defende, causa uma certa desconfiança para os torcedores de que ele poderia estar fazendo e dizendo o mesmo para SCCP, SPFC ou qualquer outro clube. Coisa que não víamos no Felipão, que defende o clube que ele atua como se fosse um filho em briga de rua. Veja um paralelo que eu faço: Paulo Autuori, mesmo tendo herdado no SPFC uma equipe praticamente montada, foi campeão da Libertadores e Mundial. Já questionei N simpatizantes do time Leonor e nenhum deles demonstra a menor saudades dele. Por que será? Empatia, paixão. Agora, meu caro e “polêmico” Raul Ricardi: ninguém que se preze neste site será hipócrita de passar a idolatrar VL se ele vencer o Sport e nos classificar para a segunda fase da Libertadores. Sou um crítico dele em diversas atitudes que ele toma, mas jamais cuspirei no prato que comi. VL foi responsável por inúmeras e inesquecíveis alegrias minhas como palmeirense. E sei que ele tem competência e capacidade suficiente para ganhar qualquer jogo casca grossa, quem dirá do Sport em Recife (que para mim está longe de ser um Manchester United em Old Trafford). Ou seja, se ele ganhar, não será surpresa e ele terá nossos parabéns. Se perder, também não será nenhuma surpresa, pois ele terá colhido os frutos de um início desastroso de competição, causado por erros já discutidos exaustivamente por nós aqui. É isso, meu amigo! Aqui somos todos Palestra! E se VL é nosso treinador, sou VL até a morte enquanto ele estiver no comando!

Vicente na minha opinião o Luxa erra assim como os outros, mas o cara é bom e sinceramente não entendo porque tanta critica pra um cara que ta fazendo um excelente campeonato.

Embora os numeros comprovem que o Palmeiras, no Paulista, está em boa fase, tenho medo da atitude dessa equipe.
Contra o Santos acredito que o Verdão não encontrará dificuldades, mas na final acho que vai ser bem complicado. Tem que mudar, não o jeito de jogar ou trocar jogadores, mas mudar a atitude nos jogos mais dificeis. Pipoca é no panetone, não no Palestra.

A única coisa que me atrevo a dizer, é que se o Palmeiras perder do barueri do nordeste o Luxa será mais uma vez, arrasado aqui no 3vv pelos “técnicos” de plantão.

Agora se o Palmeiras ganhar o Luxa vai virar um gênio !!!! Só rindo mesmo !!!

nossa depois dos comentarios acima… eu so assino embaixo…

abracos…

Vicente & Cia….

Bela análise sobre os números e também belo o texto do Mauro Beting.

No campeonato regional o Palmeiras mostrou neste último ano e no atual que voltou com força. Precisamos crescer no Nacional.

E pensar que o time do ano passado tinha tudo para ganhar o Brasileiro! Chegou na fase final e se perdeu!

Não é só ele amigo. É merito de nossa diretoria ter afastado o maldito gambá Musgambá Contursi.

Vicente,mandar no futebol paulista é muito bom.Mas é só um começo.Temos que reconhecer o mérito do Luxa,mas temos que reconhecer também,que ele contrata quem quer,dispensa quem quer,o próprio parceiro já disse isso.
E para um cara que tem essa autonomia só o Paulista é pouco ou quase nada.Embora não goste dele atualmente como treinador,reconheço o mérito dele dentro do nosso Estado.Entendo o que vc quis dizer.Mas,ao longo do tempo, temos que estar no grupo que tem a hegemonia nacional e internacional.E sei que vc e a maioria do palestrinos também pensa assim.
Ainda acho que como o negócio futebol está cada vez mais profissional,restarão poucos clubes grandes e vencedores de verdade.Temos que nos preparar para estarmos entre eles.
Vejamos o caso do Internacional-RS, a poucos anos atrás era conhecido por ser um time tricampeão brasileiro a 30 anos atrás, e que depois disso virou um time regional .Hoje é o time mais forte e estruturado do país.E o principal,multicampeão.E não é só pelos técnicos,mas sim pela estrutura que ele montou.O treinador é uma peça importante,mas só mais uma peça que se encaixa na estrutura fantástica que eles tem.

Espero queimar minha língua,mas não acho que seja com o Luxa que vamos entrar nesse grupo restrito de campeões nacionais e internacionais.Não porque ele não seja competente.Seria burrice dizer que ele não é.Mas ele precisa deixar o ego de lado,a vaidade, e se reciclar.Delegar poderes às pessoas competentes que comandam o futebol do verdão hoje.O futebol hoje é muito mais competição do que futebol bonito.Se der pra aliar os dois ótimo,mas na maioria das vezes, ganha o que joga uma bola ná área faz um gol de cabeça e segura o resultado sem se expor a contra-ataques só porque quer jogar bonitinho e pra frente.
Pra mim o melhor time do mundo hoje é Liverpool.Porque tem um técnico que é obcecado pela parte tática.Estuda cada adversário ao máximo,e monta as peças em campo de forma que ele possa anular o adversário e ganhar no erro deles.Todo mundo marca, até as estrelas do time(Fernando Torres e o Gerrard,que pra mim é craque de bola).

Que os nossos jogadores entrem nessa quarta com esse espírito.De time inteligente,e com uma disciplina tática que irrita e desnorteia qualquer adversário.Isso é o princípio para conquistarmos uma grande vitória.

Desculpa o longo texto,mas o Luxa é muito polêmico.Uns amam,outros odeiam,eu estou no meio do caminho.Acho que ele tem rever seus conceitos, desinflar o ego e pensar mais na Sociedade Esportiva Palmeiras e nos seus 15 milhões de torcedores.Se fizer isso vira um dos melhores do mundo de novo.

Saudações Alviverdes e peço desculpas aos amigos.Vou tentar ficar pelo menos uma semana sem cornetar e comentar.

Abraços.
Cássio Andrade.

VICENTE E GALERA,
VEJAM A COLUNA DO MAURO BETING SOBRE O LUXA QUANDO ELE COMPLETOU 350 JOGOS PELO VERDÃO. ACHO QUE ELA EXPLICA O PORQUE ELE NÃO É IDOLATRADO PELO PALMEIRENSE COMO O FELIPÃO É ,OU COMO O MARCOS É.SE ELE DEIXASSE UM POUQUINHO DO EGO DE LADO E DEMONSTRASSE UM POUCO MAIS DE AMOR E GRATIDÃO AO CLUBE,NÃO PRECISA SER A DIRIGENTES,MAS AO CLUBE,ELE TERIA TUDO PARA SER TÃO IDOLATRADO QUANTO O FELIPÃO É.

04/04/2009/ – “Luxa: 350 jogos de alegrias e confitos no Verdão
Mauro Beting analisa história do treinador no clube

Apesar dos títulos, Luxa vive relação conturbada com a torcida.
Mauro Beting
SÃO PAULO

Osvaldo Brandão foi jogador (medíocre) e campeão brilhante no banco de reservas verde, desde o primeiro título (1947) até o caneco do Paulistão de 74. Também ganhou títulos por Corinthians e São Paulo. Mas não se contesta o nome dele no panteão palestrino. Como Felipão, que chegou pisando duro e em ovos pelo passado vitorioso gremista; saiu em três anos carregado de títulos, amigos e de uma paixão avassaladora correspondida da torcida – também por ter virado o jogo, ter virado palmeirense de bombacha, ter defendido o clube contra tudo e contra todos, e jamais ter trabalhado em um rival.

Luxemburgo já saiu xingado de mercenário quando iniciou a campanha que chegaria à segunda dos infernos, em 2002. Desde 2008, é vaiado por uma torcida organizada até quando goleia. É cornetado além da conta por amendoins e pizzaiolos da Água Branca. É elogiado além da fatura por fãs que não se fartam de ver times que vencem e convencem. Que tiram da fila de títulos um clube entrevado por 16 anos de jejum, em 1993. Que fazem a melhor campanha da história do profissionalismo, em 1996. Que encerram 11 anos sem títulos superando a asa tricolor são-paulina, em 2008. Que fazem do Corinthians freguês contumaz (93 e 94).
Ele sabe mexer no moral do time como Brandão. Ele sabe mexer no time sem moral dentro de campo como Felipão. Ele enxerga o jogo melhor que os dois mitos. Ele desmonta e remonta equipes com facilidade. Mas ele se perde (ou é derrotado) em atos e palavras. O discutível passado fora de campo acaba contando mais que o indiscutível passado brilhante na sala de troféus. Qualquer deslize é cobrado sem dó. Qualquer vitória é descontada pelo conjunto da obra.
O palmeirense já berrou “au, au, au, Luxemburgo é genial” até 1996. Desde 2002, as rimas não são publicáveis. Ganhando, empatando ou perdendo. O técnico do Verdão está acima dos resultados. Para o bem e para o mal.”

Eu penso exatamente como o Mauro Beting.Ele escolheu o caminho do “POFISSIONALISMO”.O Felipão é tão ou mais profissional do que ele.Mas não se pode esquecer que o futebol é paixão.Sem torcida e respeito a ela,não existe “pofissionalismo”que sustente ninguém.
Ainda dá tempo dele fazer com que os palmeirenses o considerem um dos maiores ídolos da sua história.Basta pra isso que ele seja mais humilde e volte a ser treineiro de campo mesmo.Não manager,empresário,dono de faculdade,comentarista e etc.E o principal, demonstre sinceridade quando fala no carinho que tem pelo Palmeiras.O Luxa de hoje ninguém nunca sabe quanto tempo vai ficar em um clube.É profissional demais,mas o profissionalismo no futebol tem que ser diferente.Não pode ser como os outros,quem tem olhar todos os lados,principalmente o lado coração do torcedor..É isso que faz um grande ídolo.Ainda mais pra ele que tem dinheiro para se aposentar amanhã se quiser

Saudações Alviverdes.

Vicente,

o Luxa é o “cara!”

pena que ele, aparentemente, quer ser mais do que isso…

verdaços.

Os comentários estão desativados.