Categorias
Direto da Fonte

Pós Jogo Palmeiras 2×0 Sport: elenco vê espírito de Libertadores

O elenco palmeirense deixou o estádio da Ilha do Retiro com três
pontos considerados fundamentais para a continuidade do time na briga
por uma das vagas da 1a. Fase da Copa Libertadores. Mais do que isso,
os jogadores exaltaram a raça e perseverança que o time teve durante
os últimos dias.

“Nós acreditávamos no nosso potencial e sabíamos que poderíamos
vencer. Respiramos esse jogos há muito tempo e nos preparamos
bastante para vir em Recife e vencer. Mas, mais do que isso, o time
incorporou o verdadeira espírito da Libertadores. Jogamos com raça e
demos a vida para sair com a vitória”, explicou o meia Diego Souza,
mais uma vez um dos destaques da equipe.

Para o experiente volante Edmílson, o Palmeiras soube controlar o
jogo nos momentos de maior dificuldade.

“Nós jogamos dentro daquilo que o Vanderlei [Luxemburgo] pediu
durante toda a semana. Anulamos as principais jogadas do adversário e
fomos objetivos quando chegamos ao ataque. A nossa principal arma foi
a tranquilidade e a certeza de que estávamos fazendo as coisas
certas”.

O goleiro Marcos seguiu a mesma linha e disse que o Verdão só venceu
porque incorporou o espírito da competição sul-americana.

“Nosso time é muito técnico e naturalmente a gente joga mais bonito.
Mas em Libertadores não pode ser assim. Nesse jogo, dividimos, demos
carrinho e travamos o jogo quando necessário. E atuamos dentro da
nossa proposta, que era ganhar nos contra-ataques. O time está de
parabéns pela raça.”