Categorias
Direto da Fonte

Clube realiza exposição do ex-jogador Julinho Botelho

 
Crédito: Departamento de História e Arquivo Site Palestrinos

Na foto 2, Julinho é o terceiro da esquerda para a direita, em
atuação pelo Palmeiras representando a seleção brasileira contra o
Uruguai, em 1965.

O departamento de história do Palmeiras inicia a partir desta quarta-
feira (13) a “Mostra Júlio Botelho”, exposição que vai reviver e
contar a história de um dos maiores craques do Palmeiras e futebol
brasileiro.

A exposição vai acontecer até o dia 31 de maio no Salão de Troféus
do estádio Palestra Itália, de terça a sexta-feira, das 14h30 às
20h, e aos sábados e domingos, das 10h30 às 18h. Quem não for
associado do clube, deve solicitar a visita através do email
historia.palmeiras@gmail.com. A entrada é franca.

A “Mostra” do ex-ponta é uma homenagem aos 50 anos do dia em que o
estádio do Maracanã ‘parou’ para aplaudir Julinho. No dia 13 de maio
de 1959, ele foi anunciado como titular pelo técnico Vicente Feola
na partida amistosa entre Brasil e Inglaterra. 120 mil pessoas que
lotaram o ‘templo’ carioca se curvaram e vaiaram a escalação, já que
queriam ver Garrincha na equipe principal.

Mas Julinho calou os críticos como num golpe de mágica. Além de um
gol, marcado logo aos 3 minutos do primeiro tempo, o ex-craque
palmeirense fez uma linda jogada que resultou no segundo gol, feito
por Henrique. Ao final da partida, todo o estádio do Maracanã
aplaudiu de pé o ponta, que havia acabado de deixar a Fiorentina-ITA
para atuar pelo Palmeiras.

De acordo com o historiador do clube, Jota Roberto Christianini, a
Mostra é uma homenagem a um dos principais atletas que o Brasil já
teve.

“O Julinho era um jogador formidável, e sua trajetória nos mais
diferentes clubes comprova isso. Ficamos honrados em fazer essa
exposição, que contou com a ajuda preciosa da família dele. Foi
cedido ao Palmeiras parte do acervo histórico do Julinho, que conta
com fotos, camisas originais, reportagens e troféus conquistados por
ele ao longo da carreira”, revelou.

Dono da camisa 7 na seleção e no Palmeiras, Julinho Botelho iniciou
a carreira no Juventus, mas explodiu anos mais tarde, na Portuguesa.
Foi um dos primeiros atletas a ser negociado com o futebol europeu,
então para a Fiorentina-ITA, onde foi campeão italiano em 1956 e até
hoje é reverenciado no clube.

O Palmeiras foi buscá-lo no final da década de 60, e Julinho fez
parte do super time campeão Paulista de 1959, em cima do Santos, na
Academia formada por Filpo Nuñes. Para coroar sua passagem pelo
clube, representou o Verdão com a camisa da seleção brasileira, na
vitória de 3×0 sobre o Uruguai, em 1965, no estádio do Mineirão.

Com a camisa palmeirense [entre 1958 e 1965, e depois em 1967],
Julinho participou de 269 jogos e marcou 81 gols. Conquistou o
Campeonato Paulista de 1959 e 1963, a Taça Brasil de 1960 e o
Torneio Rio-São Paulo de 1965.

Julinho faleceu aos 73 anos de idade, no dia 11 de janeiro de 2003,
vítima de problemas cardíacos.


Crédito: Departamento de História e Arquivo Site Palestrinos

4 respostas em “Clube realiza exposição do ex-jogador Julinho Botelho”

Eu vou estar lá !!
Se Deus assim permitir !!
Valeu Julinho !

Valeu Julinho !!
Tenho certeza que tudo o que vc representou no palestra será lembrado nesse acervo !!

Mesmo morando fora de São Paulo, planejarei uma ida até a Exposição.

Os comentários estão desativados.