Categorias
Direto da Fonte

Keirrison: “sempre me mantive tranquilo”


Crédito: Fabio Menotti

A entrevista coletiva de Keirrison logo após a vitória de 2×1 sobre
o Coritiba foi em tom de desabafo. O atacante negou que estivesse se
sentindo pressionado com o fato de não fazer gol há quatro partidas,
e enalteceu o seu histórico na temporada.

“São 20 gols em 26 partidas. Será que essa média é baixa? Sei que às
vezes rendi um pouco menos que o esperado, mas jamais deixei de
brigar ou lutar. Além disso, não ‘tirei um peso nas costas’, nem
estava pressionado. As pessoas criam coisas que não existem.”

O camisa 9 palmeirense afirmou que o período em que ele ficou sem
marcar serviu como aprendizado. “Sempre me mantive tranquilo. Eu sou
assim desde que comecei no Coritiba. Atacante vive de gols e eu
estava precisando marcar. Mas nunca me senti afobado ou perturbado
com isso”, esclareceu.

Keirrison voltou a marcar exatamente contra sua ex-equipe e falou da
felicidade em reencontrar o caminho do gol.

“É sempre muito prazeroso fazer gol, ainda mais no Palestra Itália.
Comemorei batendo palmas para a torcida, que incentivou o time do
primeiro ao último minuto. Estão de parabéns pelo apoio e pela
perseverança em confiar na equipe.”

O atacante do Verdão também destacou o crescimento do elenco nas
últimas partidas. “Estamos vindo de quatro vitórias consecutivas,
pois o time todo está se superando e acreditando. Estamos lutando
até o fim e marcando forte. O time cresceu porque todos estão se
doando ao máximo.”

2 respostas em “Keirrison: “sempre me mantive tranquilo””

Espero que ele continue marcando e principalmente agora no jogo de terça-feira que faça os gols que precisamos. E que o Sport não consiga fazer gols na gente precisamos demais sair classificados de lá

Apesar do K9 dizer que nao tirou nenhum peso das costas, na minha opiniao, ele tirou um baita de um peso sim, chega de bolas na trave e chances claras de gol perdido… espero que a partir de agora o K9 tenha paz e tranquilidade para fazer aquilo que ele faz de melhor… GOL.

Os comentários estão desativados.